Shopping centers de Fortaleza participarão do Dia Livre de Impostos, da CDL Jovem

A CDL Jovem de Fortaleza organiza a maior edição do Dia Livre de Impostos (DLI) em 2021, no próximo dia 27 de maio, com a participação de quatro shoppings (Iguatemi, North Shopping Fortaleza, North Shopping Jockey e Eusébio) e lojas de rua, além das vendas online pelo site do DLI (www.dialivredeimpostos.com.br).

O DLI é uma campanha nacional e as CDLs Jovem de todo o País realizam essa ação com o objetivo conscientizar a população sobre a cobrança excessiva de impostos e o baixo retorno dos serviços prestados para a população, e também sobre os benefícios da reforma tributária.

De acordo com o presidente da CDL Jovem de Fortaleza, Roberto Leite Júnior, o Dia Livre de Impostos deve oferecer aos consumidores descontos de até 70% nos produtos, correspondente ao valor dos tributos. “Para bancar o desconto, todos os lojistas participantes isentam os produtos ou serviços dos impostos e eles mesmos pagam ao governo pelo valor descontado”, acrescenta.

O empresário explica ainda que, desta forma, é possível mostrar a população o real impacto dos impostos na vida dos brasileiros e como o poder de compra seria aumentado.

“A alta carga tributária impede que se consuma mais, se venda mais, o que geraria mais renda e empregos. Sem dúvidas, o grande número de impostos e as taxas de tributação altíssimas são um grande empecilho ao nosso crescimento. Não somos contra pagar impostos, mas é nosso grito de protesto pela cobrança excessiva”, afirma

As empresas interessadas em fazer parte da iniciativa ainda podem se cadastrar por meio do site do DLI ou pelo site da CDL Jovem de Fortaleza ou ainda pelo Instagram da entidade lojista.

Roberto Leite Júnior destaca ainda o motivo do DLI ser realizado no dia 27 de maio. “Essa data simboliza o tempo que gastamos no ano pagando impostos. De janeiro até o dia 27 de maio, trabalhamos basicamente para pagar impostos. São 153 dias só pagando impostos, seja como consumidor ou empreendedor. Depois disso é que trabalhamos para pagar nosso consumo.”

Deixe uma resposta