Empresas fazem parceria para suprir demanda por governança corporativa estruturada

A Grant Thornton, empresa de consultoria e auditoria, firmou parceria com a BR Rating, agência de classificação de risco e avaliação dos sistemas de governança corporativa no Brasil. O objetivo é ampliar a oferta de soluções relacionadas à governança, aplicáveis em todos os setores produtivos.

O acordo estabelece ação complementar da BR Rating e da Grant Thornton nas análises sobre o nível de maturidade da governança corporativa das empresas, auxiliando na transformação e garantindo a integridade dos negócios. Nesse sentido, a transparência das ações dos executivos, alinhadas com os interesses dos stakeholders e objetivos estratégicos da organização, é um ponto fundamental para atingir os resultados esperados.

Essas análises começam a partir da avaliação e qualificação da estrutura organizacional, a fim de traçar um diagnóstico em relação às práticas de governança, além de orientar no desenvolvimento do planejamento estratégico das organizações. O intuito é levar as corporações aos mais elevados níveis de conformidade com as melhores práticas existentes no mundo corporativo.

A ideia é mostrar que as boas práticas de governança estão diretamente ligadas ao valor de mercado das empresas. Por isso, a união das experiências profissionais dessas áreas complementares pode agilizar o processo de transformação e evolução das empresas.

“Cada vez mais, o mercado cobra, além de uma postura ética, transparência na administração das organizações, com práticas capazes de conquistar a confiança tanto dos investidores, acionistas, fornecedores e colaboradores quanto do consumidor ou usuário. Ou seja, a forma de gerir e controlar os negócios reflete diretamente nos resultados financeiros e, consequentemente, na valorização da organização”, afirma Adriana Moura, sócia líder de GRC da Grant Thornton.

O sócio fundador da BR Rating, Marcos Rodrigues, explica que a análise desenvolvida pela agência envolve a identificação dos aspectos positivos e pontos de melhorias no sistema de governança corporativa. Segundo ele, alguns pontos essenciais envolvem a  avaliação do grau de transparência em uma empresa e a compreensão sobre como a administração está promovendo os interesses dos acionistas.

“Ao obter o rating de governança, a empresa fornece a seus investidores um melhor suporte de decisão, o que no médio prazo leva a um maior valor de mercado, amplia seu acesso ao crédito em geral e atrai conselheiros e executivos, pois muitos talentos buscam empresas de sucesso e com boa reputação. A parceria com a Grant Thornton agrega a credibilidade de uma marca global fortemente associada à eficiência e às melhores práticas e amplia as possibilidades de apoiarmos um número cada vez maior de corporações em suas jornadas em busca da excelência em governança”, completa.

Deixe uma resposta