Prêmio Fundação BB de Tecnologia Social 2021 tem inscrições abertas até 28 de maio

Iniciativas inovadoras e que buscam resolver problemas socioambientais podem se se inscrever no Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2021. As instituições interessadas têm até o dia 28 de maio (sexta-feira) para se cadastrarem, exclusivamente pelo site transforma.fbb.org.br/premios. Os resultados de cada etapa do Prêmio – certificadas e finalistas – serão divulgados no portal de notícias da Fundação BB e na Plataforma Transforma!

Podem participar entidades sem fins lucrativos, como instituições de ensino e de pesquisa, fundações, cooperativas, organizações da sociedade civil e órgãos governamentais de direito público ou privado, legalmente constituídas no Brasil.

Categorias
Neste ano, o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social tem as seguintes categorias: “Cidades Sustentáveis”, “Educação para o Futuro”, “Inovação Digital”, “Meio Ambiente e Renda” e uma categoria denominada “Especial 20 anos”, destinada ao reconhecimento de Tecnologias Sociais já certificadas e cadastradas na plataforma Transforma!, e vale exclusivamente para iniciativas desenvolvidas no Brasil. Todas as categorias são relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Parceiros e apoiadores
Nesta edição, o evento conta com a parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); BB Gestão de Recursos (BBDTVM); BB Tecnologia e Serviços (BBTS); Ativos S.A. e com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco); Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO); Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD); Escola Nacional de Administração Pública (Enap); Pátria Voluntária; Casa Civil; Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações; Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Além dos recursos referentes aos prêmios: R$ 14,6 milhões desde 2001, a Fundação Banco do Brasil, em conjunto com seus parceiros, investiu cerca de R$ 1 bilhão na reaplicação das Tecnologias Sociais certificadas.

Deixe uma resposta