Pesquisa com empreendedores das maiores favelas do país mostra realidade econômica em um ano de pandemia

O empreendedorismo está presente nas principais favelas do país. São mais 289 mil comércios registrados nas mais de 6 mil comunidades em todo o Brasil. Só no G10, bloco liderado pelas favelas com maior potencial econômico, são 125 mil empresas com CNPJ ativos, correspondendo a 43,5%.

O Outdoor Social Inteligência – instituto de pesquisa especialista na classe C -, realizou uma pesquisa comparativa, em 2020 e 2021, com os empreendedores presentes no G10, revelando o que mudou na economia durante um ano de pandemia e períodos de lockdown. Em 2020, 71% dos empresários entrevistados aderiram ao lockdown, este ano 52% aderiram às portas fechadas para cumprirem às normativas de prevenção da Covid-19, 16% ainda se mantêm fechados.

Quando perguntados se perderam dinheiro (faturamento) desde o início da pandemia, 88% dos empresários disseram que sim em 2020. Já em 2021, esse número caiu para 75%. Dos 25% que disseram não terem diminuído seu faturamento durante a pandemia, as soluções adotadas foram ampliação na variedade de produtos, com 51%; seguida de entregas à domicílio, com 47% e vendas e divulgações por meio das redes sociais com 45%. Infelizmente, 16% dos empreendimentos registraram perda total em 2020, enquanto em 2021, esse número caiu para 3%.

Mesmo com diminuições no faturamento de mais de 75% nos negócios, os empresários mantiveram o emprego dos funcionários: 89% não demitiu em 2020 e, este ano, o percentual ficou em 80%. De todos os empreendimentos entrevistados, 24% correspondem a CNPJ ativos há mais de 10 anos, 30% com 5 a 10 anos de atuação e 45% são novos empreendedores, com menos de 5 anos de atividade.

Metodologia: Pesquisa telefônica, realizada em junho de 2020 e abril de 2021, quantitativa por amostragem, tendo como base empreendedores na área do G10. Foram realizadas o equivalente a 400 entrevistas, sob o cálculo de uma margem de erro média de 5%, com 95% de nível de confiança.

Comunidades pesquisadas: Cidade de Deus (AM), Pirambu (CE), Sol Nascente (DF), Coroadinho (MA), Aglomerado da Serra (MG), Baixada da Estrada Nova Jurunas (PA), Baixada da Condor (PA), Casa Amarela (PE), Rocinha (RJ), Complexo do Alemão (RJ), Complexo Maré (RJ), Rio das Pedras (RJ), Paraisópolis (SP) e Heliópolis (SP).

Deixe uma resposta