Como a rede social Autthentic ajuda a evitar as fakes news?

Artigo de Marcos Aurelio Cardoso, CEO da rede social Autthentic:

Apesar de uma série de controvérsias e alguns sentimentos relativamente negativos dos usuários, cerca de sete em cada dez brasileiros afirmam que usam as redes sociais. O ano de 2020 provocou significativas mudanças nos hábitos digitais das pessoas em todo o mundo. Com a pandemia de Covid-19, o consumo de informações – nos mais variados formatos – dentro das mídias sociais aumentou significativamente.

De acordo com o relatório de outubro de 2020 produzido em parceria por We Are Social e Hootsuite, os números mais recentes indicam que os brasileiros passam, em média, 3 horas e 31 minutos por dia conectados às redes sociais. Nesse quesito, perdíamos apenas das Filipinas, mas por poucos minutos. A tendência é que, no decorrer de 2020, esse tempo tenha sido ainda maior. Tivemos novidades no cenário, como o TikTok, que conquistou celebridades e jovens no país.

Vale lembrar que as redes sociais não são mais novidade, mas já existem há algum tempo. As primeiras surgiram no final dos anos 1990. Os usuários de longa data vão lembrar de sites como Six Degrees ou Friendster, e muitas pessoas de uma certa idade tiram sarro de suas contas antigas do MySpace e Orkut.

As plataformas mais usadas atualmente começaram a aparecer em meados dos anos 2000. O Facebook e o Twitter ganharam destaque em 2006, e o Youtube no ano anterior. Outras redes sociais com foco em fotos ou música como Flickr, Tumblr, Spotify e mais proliferaram na mesma época. Foi nesse período que o uso das redes sociais se afastou de algo que apenas os jovens usuários experientes da Internet podiam fazer – costuma-se dizer que o motivo pelo qual o Facebook em particular se consolidou online foi pelo fato de que usuários de várias gerações estavam conectados lá.

As fake news nas redes sociais

Mas com o aumento do uso, vem um aumento nas questões das falsas informações disseminadas nas plataformas sociais. As fake news não são novidade. Continuamente, acabamos nos deparando com notícias falsas em grupos, em compartilhamento de amigos e até em perfis de pessoas conhecidas.

O impacto dessas ações é bastante preocupante, principalmente quando elas envolvem candidatos e acabam influenciando no resultado das eleições, por exemplo. Por isso, as redes sociais mais usadas têm buscado minimizar os efeitos das fake news com diferentes ações, mas até o momento nenhuma muito efetiva.

São muitas as formas de se criar e divulgar fake news nas redes sociais. Uma simples publicação no seu perfil já pode acabar viralizando. Porém, a maioria das grandes notícias falsas são criadas por empresas especializadas.

Em geral, cria-se uma página na internet apenas com o intuito de criar e disseminar fake news. Essa página é aliada a um robô que será o responsável por espalhar o link da postagem da fake news nas redes sociais, disseminando-a em grupos, páginas e outros canais de forma maciça. Com isso, a informação acaba atingindo um grande número de pessoas, que passam a replicar cada vez mais a notícia falsa, atingindo proporções inimagináveis.

Autenticidade dos usuários

Com certeza, existe uma lacuna gigante quando o assunto é informações verídicas nas redes sociais, principalmente para o público que realmente quer conteúdo de qualidade e relevante. Basta entrar em qualquer rede social e não é difícil observar a necessidade de autenticidade dentro das plataformas. As notícias fakes influenciam diretamente a sociedade de forma negativa e, pensando em validar as informações sempre questiono os usuários nas redes sociais com aquela velha pergunta: “Você tem cadastro aqui”?

Por conta dessa validação, a Autthentic nasce como uma alternativa para a autenticidade das informações em uma rede social totalmente gratuita e responsável pelo conteúdo de cada usuário. Ao se cadastrar na rede social, o PIN, código de cadastro para cada usuário da rede social é validado dentro da plataforma.

De uma forma segura e técnica, a rede social Autthentic oferece a certeza por meio do PIN de quem é quem na rede social. Ou seja, você tem certeza que o usuário está cadastrado com dados reais, em outras redes sociais não existe essa possibilidade, pois as informações não são validadas, uma vez que qualquer pessoa pode criar um perfil fake e disseminar informações com dados falsos.

Uma nova forma para compartilhar conteúdo verídico

Usar de forma responsável e produzir conteúdo para mudar a vida das pessoas, essa é a proposta da Autthentic. Acredito que há muitas maneiras de se usar as redes sociais para o bem. Estamos num mundo em que um vídeo simples e fofo de um cachorrinho pulando pode viralizar, assim como danças e filtros estranhos, nada do trivial ao importante, mas devemos focar nas informações relevantes e verdadeiras, já que as redes sociais influenciam diretamente nossas opiniões. Disseminar fatos reais pode tornar o mundo um lugar melhor e igual para todos.

As redes sociais estão buscando eliminar fake news e usuários fakes, a Autthentic chegou para direcionar as pessoas na autenticidade das informações. Agora, convido você para ser verdadeiro e fazer parte dessa evolução em nossa plataforma!

Deixe uma resposta