Praticidade de atendimento ao cliente via WhatsApp conquista consumidores

Cômodo e dinâmico, o WhatsApp é o aplicativo mais utilizado pelos brasileiros, e acabou se tornando ferramenta para empresas que buscam acompanhar as mudanças tecnológicas do mercado. Segundo a própria plataforma, seu serviço corporativo, o WhatsApp Business, conta com 5 milhões de usuários no Brasil. Já de acordo com dados do mercado, o uso do WhatsApp para relacionamento com organizações cresceu 500% com a pandemia. A fim de acompanhar as exigências do consumidor 4.0, agora totalmente conectado e demandando um atendimento humanizado, rápido e eficiente, essas instituições encontraram no Sistema de Atendimento WhatsApp a solução para conquistar e fidelizar seus clientes. 

Para Anna Moreira Bianchi, CEO da empresa de tecnologia NeoAssist, por meio dos serviços automatizados do WhatsApp, torna-se possível responder às dúvidas mais frequentes e fornecer as informações necessárias ao cliente em uma única conversa. Enquanto isso, as questões mais complexas podem ser resolvidas pelos operadores de atendimento.

“Com a resolução de um problema em poucos minutos, o atendimento via WhatsApp se moldou tanto às necessidades dos clientes quanto das grandes marcas, que cada vez mais estão conhecendo seu público-alvo e estudando suas reais necessidades. Para uma empresa, é importante proporcionar um atendimento de qualidade e entregar serviços efetivos, pois são práticas necessárias para alcançar o sucesso no mercado. Ainda, um consumidor satisfeito se torna fiel e pode atrair muitos outros clientes para dentro do negócio” afirma a executiva.

O Sistema de Atendimento WhatsApp permite o envio e o recebimento de informações de diferentes sistemas, além de diversas mensagens simultâneas e a possibilidade de salvar mensagens comuns como dúvidas frequentes. Desse modo, as empresas podem criar perfis comerciais e disponibilizar aos clientes suas principais informações. Mensagens como “olá” ou que a empresa não está em horário de funcionamento são alguns exemplos. Além disso, o aplicativo não permite que as marcas direcionem muitas mensagens seguidas aos clientes. Portanto, são eles que escolhem se querem ou não recebê-las, girando em torno da boa experiência e da satisfação do consumidor. 

Deixe uma resposta