Startup de saúde aposta em gestão de cuidado

A Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade indica que cerca de 80% dos problemas de saúde da população podem ser resolvidos no atendimento primário. Isso porque existe modelo de acompanhamento no qual o médico já entende o estilo de vida, hábitos e saúde familiar daquele paciente. Esse método difere dos demais que tratam de problemas pontuais, sem nenhuma avaliação integral do paciente.

Há três anos os planos de saúde e empresas privadas iniciaram uma aposta na medicina da família como uma forma de reduzir custos, controlar o absenteísmo e também para evitar problemas de saúde ocupacional, mas seus benefícios vão além dessas questões, pois também há melhora na produtividade e evita a visita aos demais especialistas e idas ao pronto atendimento, que nem sempre são necessários, principalmente no momento atual com os hospitais lotados.

O Dr. José Carlos Rezende, médico com mais de 40 anos de experiência, que participou da implantação do Programa Médico de Família em Niterói, o primeiro do Brasil explica “A especialidade tem um olhar voltado para o paciente, e isso inclui o contexto social, psicológico e comportamentais daquela pessoa, o Médico de Família cuida pessoalmente e integralmente deste paciente. Como o próprio nome já sugere, o médico é capaz de cuidar de toda a família, desde seu nascimento até a melhor idade com tratamento mais humanizado e eficiente. O principal objetivo é a prevenção de doenças e promoção da saúde, reduzindo assim as internações e encaminhamentos a especialistas, atuando de forma preventiva”.

O especialista também é criador da startup Cuida Mais, que desde 2017 oferece as companhias um serviço em que pagam um valor por funcionário e tem à disposição um médico presencial, especialistas e uma rede credenciada para os exames. “Nosso objetivo, desde que iniciamos, é evitar o adoecimento das pessoas, prevenir possíveis complicações, trabalhar em uma recuperação eficaz e, consequentemente, reduzir os custos com rotatividade e absenteísmo, melhorando a produtividade e oferecendo um tratamento assertivo”, conclui. A Cuida Mais também oferece planos individuais e familiares.

A startup conta com supervisão integrada realizada por um médico, com experiência docente e prática, que acompanha todo o atendimento do médico de família através da telemedicina e também por atendimento presencial. A supervisão no programa funciona para garantir apoio clínico, de gestão do cuidado e de saúde coletiva, e também como referência junto ao médico para dúvidas, reflexões e interação com outras estruturas cotidianas. A supervisão é um diferencial da startup pois garante que as metas para assistência e prevenção sejam realizadas na periodicidade correta, garantindo a saúde preventiva dos grupos.

Deixe uma resposta