Profissionais de saúde mental se destacam em desafio e investem em formato digital de atendimento na pandemia

A pandemia de covid-19 potencializou a necessidade de cuidados com a saúde mental e os profissionais da área relatam um aumento significativo na procura por atendimento. Para atender a demanda e garantir a segurança no período de distanciamento social, três empreendedores desenvolveram aplicativos e plataformas digitais para psicólogos e venceram o Desafio de Inovação da Serasa Experian. Cada um deles recebeu R$ 25 mil para investir nos projetos voltados para o bem-estar dos brasileiros, dois em São Paulo e uma em Minas Gerais.

Esta mudança do ambiente físico para o online foi necessária em diversos segmentos, uma vez que uma recente pesquisada Serasa Experian mostra que 73,4% dos empreendedores brasileiros tiveram que se adaptar às adversidades da pandemia e migraram seus negócios. “Diante do cenário inesperado causado pela pandemia, aqueles que trabalham com saúde mental especialmente tiveram que passar por um processo rápido de digitalização para continuarem com seus atendimentos. Mais do que uma oportunidade de negócio, as iniciativas ganhadoras mostram que é possível inovar trazendo um cuidado social importantíssimo para atender a demanda da sociedade nesse momento sensível que estamos vivendo”, comenta o vice-presidente de Pequenas e Médias Empresas e Identidade Digital da Serasa Experian, Cleber Genero.

Yuri Busin foi um deles: o psicólogo que atendia presencialmente e viu seu faturamento cair mais de 20% no início da pandemia. Foi então que decidiu deixar o sonho da clínica própria de lado para empreender no meio digital. Criou uma plataforma de atendimento que ia além da sala virtual para consulta: seu projeto contempla espaço para troca de mensagens entre paciente e psicólogo e atividades extras. Além disso, há o diferencial de uma área de troca e suporte entre os profissionais. “A nossa profissão é muito solitária, então quis elaborar uma plataforma que permitisse a interação entre os profissionais, além de fornecer treinamentos, supervisão e acompanhamento caso a caso de uma equipe liderada por mim”, comenta Busin. O piloto da plataforma já está em funcionamento e houve um crescimento de 50% nos atendimentos.

Outro projeto vencedor também pretende auxiliar os psicólogos. Carlos Costa, da C7 Negócios Digitais, desenvolveu uma plataforma que ajuda no agendamento e pagamento das consultas, possibilita a inclusão de prontuário e arquivos sobre cada um dos pacientes e conta com salas virtuais seguras. Já Rafaela Moreira, da Laktim Consultoria em Psicomarketing, deseja levar ao mercado um aplicativo que usa gameficação para ajudar empresas a oferecerem ferramentas para os funcionários cuidarem de sua saúde mental, por meio da redução no tempo de exposição a telas, motivação e conquista de pontos enquanto atingem as metas propostas.

Os projetos vencedores foram selecionados por uma comissão formada por executivos de companhias parceiras e por executivos do Sebrae. O Desafio de Inovação distribuiu R$ 500 mil em prêmios entre 20 ganhadores, que além da premiação, receberam o auxílio de especialistas voluntários da Serasa Experian para construírem seu projeto, além de terem acesso a um curso gratuito de educação financeira. As etapas foram revisadas e asseguradas pela EY e o Sebrae é o parceiro de divulgação. Você pode conferir os demais projetos selecionados aqui.

Deixe uma resposta