Anguilla isenta turistas vacinados de pagarem taxa de US$ 300

A ilha de Anguilla, no Caribe, anunciou que os turistas totalmente vacinados, sejam com as duas doses das vacinas que requerem duas aplicações ou as de dose única ao menos três semanas antes da chegada no destino, não precisarão mais pagar a taxa de 300 dólares (em torno de R$ 1.510 na cotação atual) para entrarem no país a partir de 1º de julho.

A taxa havia sido estipulada pelo governo de Anguilla durante a pior fase da covid-19. Assim como a reabertura das fronteiras no mês passado, a isenção no pagamento adicional para quem está totalmente vacinado é mais um marco na retomada do turismo no destino.

A ilha continua a exigir um teste rt-PCR (reação em cadeia da polimerase de transcrição reversa) negativo feito até 5 dias antes da chegada. Este é o único teste aceito. Além disso, também continua sendo necessário fazer o cadastro prévio no site oficial do Turismo de Anguilla para viajar ao país.

Também a partir de 1º de julho, todas as restrições na movimentação de turistas totalmente vacinados na ilha serão extintas, o que deve dar mais autonomia para os viajantes que buscam curtir as férias em Anguilla.

Veja, no detalhe, como estão os protocolos de segurança em Anguilla:

DE 25 DE MAIO A 30 DE JUNHO DE 2021: Visitantes vacinados e não vacinados

Se você já estiver vacinado, sua permanência preventiva na bolha está reduzida para 7 dias (antes, eram 14 dias).
Solicite a aprovação de entrada no site oficial.
Se você estiver vacinado(a)*, não será mais necessário comprovante de seguro saúde.
Os viajantes vacinados e não vacinados devem submeter-se a um teste rt-PCR (reação em cadeia da polimerase de transcrição reversa) para covid-19 feito de 3 a 5 dias antes da data de chegada, ser testado na chegada e no final da sua estadia de precaução.
Famílias e grupos multigeracionais com viajantes não vacinados e vacinados permanecerão instalados no meio de hospedagem por 10 ou 14 dias usando apenas serviços de curta duração aprovados.
Grupos de dez ou mais pessoas planejando realizar reuniões, como conferências ou casamentos, devem estar totalmente vacinados para entrar em Anguilla.
Visitantes de curta duração agora podem usar os serviços de Spa, Fitness Center e Cosmetologia se ambas as partes estiverem totalmente vacinadas.
O teste de Antígeno Rápido COVID-19 não pode ser usado para entrar em Anguilla ou sair da quarentena.
As taxas de inscrição serão de US$ 300 para o primeiro viajante e US$ 200 para cada viajante adicional.

A PARTIR DE 1 ° DE JULHO DE 2021 | Visitantes vacinados

Se você for elegível para receber uma vacina de COVID-19, deve estar vacinado ao entrar em Anguilla.
Viajantes vacinados poderão circular livremente por toda a ilha, a todo momento.
Viajantes vacinados não serão testados na chegada.
Viajantes vacinados não precisarão mais apresentar comprovante de seguro.
Viajantes vacinados não precisarão mais pagar taxas de entrada.
Todos ainda devem solicitar permissão de entrada no site oficial.
Viajantes devem apresentar um teste rt-PCR (reação em cadeia da polimerase de transcrição reversa) para COVID-19 negativo feito de 3 a 5 dias antes da chegada.
Viajantes devem apresentar comprovante de vacinação no momento da chegada.
Famílias multigeracionais ou grupos com indivíduos que não são elegíveis para a vacina poderão circular livremente por toda a ilha, a todo momento. Todos no grupo precisarão de um teste rt-PCR (reação em cadeia da polimerase de transcrição reversa) negativo feito de 3 a 5 dias antes da chegada e podem ser testados na chegada e, posteriormente, durante sua estadia.**

Deixe uma resposta