Retomada do trabalho em escritório eleva 135% vendas de cadeiras corporativas no País

O retorno gradual do trabalho presencial nos ambientes profissionais e empresariais brasileiras tem elevado o interesse por mudanças e reformas na mobília corporativa, o que tem aumentado o volume de comercialização de produtos de escritório no País.

Segundo levantamento do Grupo MVX, uma das maiores varejistas de produtos e equipamentos nos mais variados segmentos da tecnologia e itens residenciais no Brasil, as vendas de cadeiras corporativas cresceram 135% no último mês de maio em comparação com janeiro deste ano.

Entre os produtos mais vendidos pelo varejo especializado, estão as cadeiras de maior sofisticação, qualidade e conforto, como é o caso dos modelos de “presidente” da marca Prizi (6144 BR, OC 110-2 e Y – 707). De acordo com o levantamento do Grupo MVX, o crescimento das vendas desses itens de escritório é percebido em todas as regiões brasileiras, já que a organização fornece produtos para os varejistas espalhados no País.    

“Como há um avanço significativo no combate à pandemia no País e muitas empresas estão autorizadas a retomar suas atividades presenciais, o aumento das vendas de cadeira de escritório é um sinal claro da retomada da economia no Brasil”, comenta Vanessa Calvano, gerente comercial responsável pela unidade de negócio Prizi do Grupo MVX.

O Grupo MVX, que possui um portfólio bastante variado de produtos e equipamentos nas áreas automotiva, informática, mobiliário de escritório, telefonia, impressão e games, acaba de registrar um crescimento de 10% no faturamento do primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do exercício anterior.

Entre janeiro e maio deste ano, as vendas do grupo atingiram R$ 80 milhões. O crescimento dos negócios foi impulsionado sobretudo pelas vendas nos canais de ecommerce da organização e marketplace durante os 12 meses de pandemia no Brasil, com todos os números e balanços auditados.

Deixe uma resposta