A Coluna do Roberto Maciel (terça, 6.7): Bolsonaro dispara na frente e tem rejeição recorde entre todos os presidentes do País

  • Sondagem do Instituto MDA Pesquisa, bancada pela Confederação Nacional de Transportes (CNT), revela que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem conseguido deixar na poeira nomes como Jânio Quadros, Costa e Silva, Emílio Médici, José Sarney, Fernando Collor de Melo, Fernando Henrique Cardoso e Michel Temer. Bolsonaro obtém desaprovação recorde. Superou até a rejeição de si mesmo, o que torna o “feito” mais memorável. O derretimento do governo de Bolsonaro disparou nos últimos quatro meses meses, chegando a 48,2% em julho. E pegará até mal se o presidente e seus aliados xingarem a entidade que encomendou o estudo. Afinal, a CNT foi uma das bases bolsonaristas que ajudou a eleger o atual ocupante do Planalto em 2018.
Airton Faleiro Twitterren: "Pesquisa DataFolha confirma o que a VoxPopuli  apontou na sua última sondagem: Bolsonaro está igual a gelo sob o sol de  verão, derrete feito lesma ao sal. Já é

Projeção
Já a desaprovação pessoal de Jair Bolsonaro chegou a 62,5% – inchando 12,5 pontos percentuais desde a pesquisa anterior da CNT, em fevereiro. Para quem se deleita em imaginar cenários na política, uma informação importantíssima: o instituto apurou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vence Bolsonaro nas simulações de primeiro e segundo turnos para 2022. E de lavada. Lula tem 41,3% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro padece com 26,6% no primeiro confronto. Isso encerraria a disputa aí. Mas é de se considerar que num segundo turno Lula teria 52,6% contra 33,3% do ex-capitão.

Fogo alto
Quem analisa a cena pode, legitimamente, considerar que Bolsonaro está pagando caro – e pode pagar mais caro ainda – pela política que adotou na crise sanitária da covid-19. Além dos cerca de 525 mil mortos pela doença, denúncias recentes de propina no Ministério da Saúde e áudios da ex-cunhada do presidente da República, dando conta de “rachadinha” no gabinete que o servia quando deputado federal, atiçam mais ainda a fogueira em que arde lenta e inapelavelmente o governo do “mito”.

Acelerou
Uma empresa privada faz, mensalmente, o que o governo federal não faz: mostrar o quanto os cidadãos pagam pelo combustível que abastece seus carros e caminhões e, de resto, sua economia. O Índice de Preços Ticket Log aponta o preço médio da gasolina, do diesel e do etanol nos postos brasileiros. Pois bem: apurou-se que o preço da gasolina acelerou 25% quando comparado ao de dezembro do ano passado. No primeiro semestre deste ano, o etanol foi mais além e apresentou aumento de 36,3%. Não fossem os brasileiros donos de patrimônios naturais e industriais únicos, poderia nem causar estranheza (mais) essa situação escorchante da gestão de Jair Bolsonaro.

Mercado de caminhões avança 33% em 2019 – AutoIndústria

Cifras e percentuais
Fala de Douglas Pina, que comanda a área de Mercado Urbano da Edenred Brasil – dona da Ticket Log: “Após o fechamento de junho, a gasolina foi comercializada nos postos a R$ 5,872 o litro, valor 1,28% acima do registrado no mês anterior. Já o etanol foi encontrado a R$ 5,032, que representa alta de 4,35%”.

De ponta a ponta
A gasolina e o etanol tiveram aumento de preços em todas as regiões do País. O impulso mais significativo para ambos os itens foi verificado no Nordeste, de 2,11% para a gasolina, e 5,54% para o etanol – que nos postos nordestinos foi encontrado pelo maior preço médio do País, a R$ 5,163. A gasolina mais cara foi comercializada no Sudeste e no Centro-Oeste, a R$ 5,966. Os estudos do IPTL são feitos com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log. A frota vinculada tem 1 milhão de veículos, com média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Intercâmbio
A Assembleia Legislativa do Estado está analisando possibilidades de parcerias com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e secretarias do Poder Executivo. O próprio presidente da Casa, deputado Evandro Leitão (PDT), está cuidando das articulações. O deputado Acrísio Sena (PT), vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia, também está engajado nas tratativas.

Construção
“Estamos construindo propostas que envolvem economia do mar ou economia azul; tecnologias de informação e comunicação, como a questão da smart city, e a aplicação dessas tecnologias no mundo agro; aplicações integradas ao ensino, à pesquisa e à extensão; políticas para mulheres e para pessoas com deficiência, notadamente no que diz respeito à inclusão no mercado de trabalho, entre outras ideias”, diz o reitor do IFCE, professor José Wally Mendonça Menezes (foto abaixo).

Reitor Wally Menezes fala no IFCE no Ar — Instituto Federal de Educação,  Ciência e Tecnologia do Ceará IFCE

Seguro
Foi esticado até 18 de julho o ponto facultativo para os servidores da Assembleia do Ceará. A medida via a garantir o distanciamento social indispensável à luta contra o coronavírus, do combate à prevenção. Setores como o Programa de Atenção ao Consumidor; o Escritório de Direitos Humanos e Assessoria Jurídica Popular Frei Tito de Alencar; o Comitê de Prevenção e Combate à Violência; e o Centro Inclusivo para Atendimento Desenvolvimento Infantil está trabalhando de forma híbrida.

Em áudio
Estamos no ar com o podcast da Coluna da Hora. O mais recente episódio traz conversa com o professor Evaldo Lima, secretário-executivo de Cultura de Fortaleza. Ex-vereador do PCdoB, Evaldo aborda os desafios da gestão pública, da defesa e da promoção cultural em tempos de pandemia. As entrevistas da Coluna da Hora estão nas principais plataformas de áudio.

Você pode escolher conteúdos e plataformas:

BREAKER https://www.breaker.audio/coluna-da-hora-roberto-maciel

GOOGLE https://www.google.com/podcasts?feed=aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy81Nzk0NGNlMC9wb2RjYXN0L3Jzcw==

RADIOPUBLIC https://radiopublic.com/coluna-da-hora-roberto-maciel-G4OwnD

SPOTIFY https://open.spotify.com/show/7K2jicVkzRVoePNumXUTIw

Opine
Os leitores deste portal têm canais abertos com nossa redação. O e-mail é portalinvestne@gmail.com e o número de WhatsApp é +55 85 99855 9789.

Deixe uma resposta