Fortaleza vacinou 49,2% da população com uma dose contra #covid19

As equipes de Saúde na campanha de vacinação contra a covid-19 em Fortaleza são responsáveis pela cobertura de 49,2% da população com uma dose da vacina, seja ela única ou primeira dose. A imunização completa foi aplicada em 17% dos fortalezenses. Os dados foram atualizados em live diária da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), nesta sexta-feira (16/07).

Ao todo, 1.296.642 pessoas tomaram a primeira dose da vacina, dentre as quais, 431.890 também receberam a segunda. A população imunizada com dose única soma 25.672.

Nesta sexta-feira, 1.294 pessoas estão agendadas para receber as últimas doses disponíveis para primeira aplicação, até esta data, no Município. Devido ao número reduzido de agendados, as vacinas estão sendo aplicadas apenas na Arena Castelão.

A titular da SMS, Ana Estela Leite, afirmou que há previsão de chegada de novo lote da vacina contra a Covid-19 ainda nesta sexta-feira (16/07). Porém, não há informação se será destinado à primeira ou segunda dose.

Segunda dose da AstraZeneca

Para quem perdeu o agendamento da segunda dose da vacina AstraZeneca, a SMS continua realizando, até 17h desta sexta, a repescagem dos faltosos. Para este público, a vacinação ocorre nos 100 postos de saúde destacados para a campanha.

É necessário levar a comprovação do agendamento anterior, documento de identidade com foto, CPF, Cartão Nacional de Saúde (CNS), comprovante de residência e o cartão de vacinação.

Saiba mais: Prefeitura de Fortaleza amplia acesso à 2ª dose da AstraZeneca

Repescagem

Sobre repescagem, a secretária da Saúde fez um apelo para a população priorizar a data agendada para a vacina.

“É importante que essa repescagem seja um evento ocasional, que a quantidade de pessoas que buscam repescagem seja mínima. Pra isso, o dia do agendamento tem que ser priorizado. Só perca esse agendamento em caso de doença que impossibilite, ou se estiver cumprindo o intervalo entre uma vacina e outra”, orientou.

De acordo com a secretária, em caso de doença ou internação que impeça de cumprir a data agendada, não é necessário aguardar pela repescagem.

“Com a devida comprovação de um exame pra Covid realizado naquele dia, uma internação ou do cumprimento do intervalo das vacinas, essa pessoa pode buscar qualquer centro de vacinação pra receber a primeira dose”, informou.

No momento, a SMS não tem previsão de repescagem para a D1, já que o lote disponível na Capital está chegando ao fim nesta sexta-feira.

“Conforme o Município vai tendo doses remanescentes é que há a possibilidade de realizar repescagem. Estamos aguardando novo lote de D1, mas, no momento, não temos data prevista”, complementou a secretária adjunta da Saúde, Aline Gouveia.

Ana Estela chamou atenção, ainda, para a conduta equivocada de pessoas que estão escolhendo qual vacina tomar.

“É muito importante que não haja escolha de vacinas. Todas as vacinas aplicadas no Brasil foram aprovadas pela Anvisa, um órgão extremamente criterioso e de muita confiabilidade. As quatro marcas com as quais trabalhamos foram aprovadas pela Anvisa. E a melhor vacina é a que chega pra você”, enfatizou.

Para conferir o agendamento da vacina é necessário acessar o Vacine Já  (https://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br/) ou o site Corinavírus Fortaleza  (https://coronavirus.fortaleza.ce.gov.br/).

Mutirão de cadastro

A Prefeitura de Fortaleza continua realizando mutirão de cadastramento das pessoas que não têm acesso à internet ou não conseguiram realizar o cadastro no Saúde Digital por outros motivos. O trabalho ocorre nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), nos Cucas e terminais de ônibus.

Campanha contra a gripe

A Prefeitura de Fortaleza também está em campanha de vacinação contra a gripe, em 116 postos de saúde da Capital, das 8h às 17h. Qualquer pessoas acima de 6 meses de idade pode tomar a vacina.

A vacina contra a gripe protege contra três tipos de vírus: Influenza A (H1N1), H3N2 e Influenza B. A gripe H1N1 foi declarada como pandemia em 2009 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e infectou mais de 70 países. Em 2010, a vacina contra o vírus foi incorporada à vacinação contra as outras influenzas, e o H1N1 circula hoje como uma influenza sazonal.

Crianças de 6 meses a 9 anos que nunca tomaram a vacina contra gripe vão receber duas doses.

No sábado e domingo (17 e 18/07), os postos de saúde Paulo Marcelo e Messejana vão funcionar para aplicação da vacina contra a gripe.

Quem já tomou a vacina contra a Covid-19 ou qualquer outra vacina deve aguardar um intervalo de 14 dias para receber a vacina contra a gripe, e vice-versa.

Deixe uma resposta