Centro Cultural Fetrans reabre para o público com capacidade ainda reduzida

O Centro Cultural da Federação dos Transportes (Fetrans) está novamente de portas abertas para o público, após atividades restritas devido à situação da pandemia em Fortaleza. Com a vacinação avançando e a liberação do funcionamento de museus e bibliotecas prevista no decreto estadual nº 34.103, de 12 junho, os espaços do Centro Cultural voltaram a receber visitantes, obedecendo ao limite de 50% da capacidade.

Na sala Eurico Galhardi, onde fica localizado o centro de pesquisa e o acervo documental, o limite é de até cinco pessoas. Os pesquisadores precisam realizar o agendamento prévio para ter acesso ao local e obedecer todos os protocolos sanitários.

Já as exposições de longa duração administradas pelo Centro Cultural e que ajudam a contar a trajetória do transporte coletivo no nosso estado estão limitadas a receber grupos de 15 pessoas por vez.. Escolas e instituições que queiram organizar visitas a esses espaços devem realizar agendamento prévio, por meio do Projeto “Pela Janela do Ônibus”. Dentro dessa atividade ocorrem ações educativas mediadas pela equipe do Centro Cultural. É solicitado aos visitantes o distanciamento de pelo menos 1,5 metros nos ambientes e o uso de máscara durante todo o tempo de permanência.

O Centro Cultural Fetrans reúne seis exposições de longa duração e um rico acervo de documentos como recortes de jornais, imagens e publicações. Todos eles são fontes valiosas da história do transporte coletivo no nosso estado. Além disso, o espaço ainda mantém diversas ações educativas e de incentivo à cultura. Um dos principais é o projeto de compartilhamento de livros Expresso Leitura, realizado desde 2017. O espaço funciona das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, na Rua Dona Leopoldina, 1050, Centro.

Deixe uma resposta