O que profissionais mais aprenderam online em julho – no Brasil e em outros três países

Udemy Business, o braço de treinamento corporativo da plataforma de aprendizado e ensino online Udemy, acaba de publicar o seu relatório mensal Workplace Learning Trends, sobre os seus cursos online que mais cresceram em consumo em julho.

Quem faz os cursos online da Udemy Business são os funcionários dos milhares de clientes corporativos da empresa – e, ao analisar que temas de cursos tiveram maior crescimento em consumo, a Udemy Business identifica as tendências de aprendizado para o mundo corporativo no mês em questão.

Em julho, a soft skill (como são chamadas as habilidades comportamentais) que mais cresceu em consumo na plataforma no mundo todo foi coaching, com um aumento de 252%. Já a habilidade técnica que mais cresceu em consumo globalmente foi (dicas para) entrevista para design de sistema, com um aumento de 1.670%.

As tendências também aparecem separadas por país. Veja a seguir as habilidades que mais cresceram em consumo em julho para o Brasil, o México, a Índia e os Estados Unidos:

Brasil

Ciência de dados: +164%

Aprendizado de máquina: +155%

Git (sistema usado para desenvolvimento de softwares): +136%

México

ASP .NET Core (framework para criação de aplicações): +241%

SQL Server (sistema gerenciador de bancos de dados relacionais): +148%

Comunicação: +88%

Índia

GRE (teste de admissão em mestrados e doutorados): +795%

Rede de telefonia celular: +265%

Google Cloud Pro Architect (certificação de TI): +264%

Estados Unidos

Entrevista para design de sistema: +2.004%

Databricks (plataforma de análise de dados): +381% 

Java Collections Framework (coleções Java para desenvolvimento de aplicações): +284%

Raphael Spinelli, diretor regional para a América Latina da Udemy, analisa a predominância de cursos relacionados à tecnologia. “A tecnologia e as habilidades tecnológicas exigidas dos profissionais mudam muito rapidamente. Na Udemy, o conteúdo é atualizado a todo momento, graças aos nossos mais de 56.000 instrutores no mundo todo, para que os alunos consigam estar à frente das tendências e usar as suas novas habilidades imediatamente”, afirma ele.

Para dados de outros países e mais informações, acesse o relatório Workplace Learning Trends aqui.

Deixe uma resposta