Como ser feliz no trabalho por meio de técnicas de atenção plena?

A Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova) e a Secretaria Municipal da Gestão Regional (Seger), da Prefeitura de Fortaleza, entregaram o projeto-piloto do Ponto do Entregador. No cruzamento entre as ruas Coronel Jucá e República do Líbano, é o primeiro dos dois pontos a serem instalados no Polo Gastronômico da Varjota e tem estrutura com bancos para descanso, wi-fi, câmera de videomonitoramento, tomadas para a recarga de celulares, calçada ampliada, melhoria da iluminação própria e estacionamento para motos e bicicletas.

“Esse é mais um compromisso de campanha que eu tenho a alegria de entregar para Fortaleza. Este é o primeiro Ponto do Entregador e vamos melhorar com as sugestões desses trabalhadores que, agora na pandemia, fizeram e ainda fazem um serviço fundamental, que beneficia muita gente”, destacou o prefeito José Sarto (PDT).

O presidente da Citinova, Luiz Alberto Sabóia, explicou que as obras do segundo ponto, que será instalado na rua Professor Dias da Rocha próximo à rua Canuto de Aguiar, iniciam em setembro. Os equipamentos deverão contar com banheiros e espaço para pequenos lanches.

“O que se busca fazer aqui, de forma inovadora, é criar um conceito público, reconhecendo a importância desses trabalhadores, e tentando oferecer condições melhores de trabalho naquilo que eles nos comunicaram como sendo de grande necessidade para ele, como abrigo e também segurança”, afirmou.

Além disso, Sabóia enfatizou que essa política tem chamado atenção de grandes empresas de entrega e que os autônomos também podem usar o espaço. O equipamento traz, ainda, o conceito de uma cidade inteligente e inovadora que busca contribuir e melhorar a qualidade de vida de seus trabalhadores. “Brevemente devemos iniciar um processo de credenciamento de empresas que, uma vez aprovadas pela Prefeitura, queiram instalar mais Pontos do Entregador pela cidade”, disse.

As obras de ordenamento urbano foram executadas pela Seger. O secretário adjunto da pasta, Arcelino Lima, detalha que o projeto foi implantado em menos de 40 dias, mas realizado também ao longo do primeiro semestre deste ano, em conjunto com os trabalhadores e os moradores do entorno em audiências públicas. “A Seger vai continuar contribuindo com essa política pública, expandindo esses equipamentos para todos os bairros de Fortaleza, principalmente para aqueles que concentram muitos restaurantes”, ressaltou.

Conforto e facilidade

entregador posa para a foto
“Achei uma ótima atitude da Prefeitura em lembrar do entregador”, disse Sérgio Fernandes

Sérgio Fernandes trabalha com entregas há cerca de dois anos. Ele contou que, com a nova estrutura, não precisará mais aguardar nas calçadas, nas portas de restaurantes ou de condomínios. Além disso, o estacionamento de motos regularizado e o paraciclo facilitaram também a rotina de entregas. “Achei uma ótima atitude da Prefeitura em lembrar do entregador. Foi um reconhecimento do nosso trabalho. O videomonitoramento traz mais segurança para nós, além do conforto da sombra e de ter onde carregar o celular”, destacou.

Já Leandro Alves, que realiza o mesmo serviço de delivery há três anos, considera o ponto onde foi colocado o equipamento estratégico, pois é onde costuma pegar muitas corridas. “Será ótimo quando expandir para outros cantos da cidade, pois costumamos ficar na rua e corremos riscos. Aqui podemos esperar os pedidos, podemos sentar, descansar e carregar o celular, algo que às vezes não temos tempo”, completou.

Segurança viária

Além da melhoria nas condições de trabalho dos entregadores, o projeto Ponto do Entregador vai atuar na segurança viária, em parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania, com ações de educação e realização do curso de pilotagem segura, com aulas teóricas e práticas no Centro de Treinamento da AMC.

O Ponto do Entregador também conta com a parceria da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec) e da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP).

Deixe uma resposta