Startup cria plataforma de vídeos da educação para TI

O setor de TI vem sendo crescentemente demandado pelas organizações ao redor de todo o mundo, como reflexo dos constantes avanços tecnológicos e investimentos em inovação. No Brasil, a quantidade de vagas abertas aumentou 63% em 2020, em relação ao ano anterior, segundo um levantamento do Banco Nacional de Empresas (BNE). Em meio a tantas oportunidades, a StarHire 365, startup do Grupo Educacional SEDA, está lançando uma Comunidade para os profissionais de TI com o intuito de gerar uma integração e troca de experiências entre os membros e ainda aproximá-los de vagas ofertadas nos principais hubs internacionais da área.

Com foco em capacitação e empregabilidade, a startup desenvolveu um programa que é dividido em três planos: Light, Platinum e Black. Em todos, os profissionais terão acesso aos conteúdos de hard skills, soft skills, além de conteúdos atuais e relevantes sobre o mercado de tecnologia – inclusive, os que serão disponibilizados futuramente. As principais diferenças estão nos encontros ao vivo com professores especialistas no plano Platinum e Mentoria Profissional com especialistas em recrutamento internacional no plano Black.

O consumo on demand, similar ao serviço da famosa plataforma de streaming Netflix, é um dos grandes diferenciais da StarHire no mercado. “Criamos uma Comunidade onde os candidatos poderão consumir os conteúdos de acordo com suas disponibilidades, rotina e vontade de evoluir”, explica Vanderlei Abrantes, cofundador da StarHire.

Para enriquecer ainda mais o aprendizado, os programas ofertados possibilitam um networking enorme com profissionais que já atuam na área, por meio de lives e vídeos gravados. Ainda, o espaço terá um mural de vagas, onde serão compartilhadas diversas oportunidades do mercado nacional e internacional na área de tecnologia da informação.

Ao invés de uma plataforma estática, com interação limitada, a Comunidade foi desenvolvida para que funcionasse como um ecossistema vivo, construído e mantido por todos. “Não basta ter um excelente conteúdo técnico, sem o conhecimento do que está sendo demandado pelo mercado e as experiências de quem trabalha na área. É importante ter um conjunto disso, tanto para quem está começando quanto para aqueles que já atuam no segmento”, ressalta.

Com lançamento previsto para 14 de outubro, as vagas serão limitadas. “Tudo o que construímos durante nossa carreira, contribui para que sejamos mais e melhores. Por isso, esperamos proporcionar uma interação rica entre os profissionais, recrutadores e as empresas, com mais chances de conquistar oportunidades de trabalho nos maiores hubs tecnológicos do mundo”, finaliza Abrantes.

Deixe uma resposta