Startup oferece consórcio de imóveis para empregados e estagiários

Mais que fidelizar colaboradores, é importante auxiliá-los em sua independência. É isso o que pensa a Rupee, plataforma de tecnologia Kanban e inteligência artificial aplicada à contabilidade, gestão tributária e folha de pagamento. Este ano, a startup passou a oferecer o Consórcio com carta de crédito no valor de R$ 100 mil para ajudar seus funcionários a realizar o sonho da casa própria. Com o sucesso do programa e uma parceria fechada com a Rodobens, a startup estende o benefício aos seus estagiários, com crédito no valor de R$ 80 mil.

Todos os ágeis (nome dado aos colaboradores do Rupee) contratados em regime CLT são beneficiários desse consórcio, desde o início do ano. Por meio de um contrato de instrumento particular, o colaborador sinaliza o interesse e recebe a carta de crédito. Até maio, os estagiários estavam fora desse benefício, mas agora também podem conquistar o imóvel próprio.

“Ao longo da minha carreira, pude observar que, independentemente do cargo e do valor do salário, todo profissional quer se sentir valorizado e único para a empresa em que trabalha. No começo, até como um teste, deixamos os estagiários de fora desse consórcio. Agora queremos incluí-los. Queremos mostrar para esses jovens que também valorizamos o aprendizado e o serviço deles”, explica Guilherme Baumworcel, CEO e fundador do Rupee. Essa ação da startup é um reflexo de como o mercado vem encontrando soluções para reduzir os índices de rotatividade das empresas e uma estratégia transformadora de fidelizar colaboradores. “E é exatamente esse o compromisso que temos com os ágeis, queremos transformar suas vidas e dar um significado maior, que vai além do ambiente corporativo. Um consórcio contemplado leva ao sonho de todo brasileiro: a casa própria”, finaliza Baumworcel.

O colaborador também precisará seguir algumas regras, como: pode ser contemplado a qualquer momento, mas só pode dar lances se tiver um ano ou mais de empresa. Atualmente, todos os funcionários e estagiários da startup já aderiram ao benefício e aguardam a contemplação da carta de crédito. Hoje a Rupee conta com 22 ágeis, entre estagiários e colaboradores registrados, e está em processo de contratação, com expectativa de chegar a 30 até o fim de julho.

Expansão

Inserida em um mercado competitivo e inovador, a startup cresceu 335% em 2020, durante a pandemia, e adquiriu a empresa de software Wise It BPM. Também aumentou sua atuação pelo mundo, iniciando operações em Manchester, na Inglaterra, e nas Bahamas.

Em 2021, o Rupee pretende seguir com seu plano de expansão global e abrir escritórios na Argentina, no Canadá, Estados Unidos, México e Noruega.

Deixe uma resposta