Empresas lançam fundos de criptoativos com investimento a partir de R$ 100

As companhias XP e a Rico começam a  comercializar no próximo dia primeiro de outubro cotas de dois fundos de ativos digitais, de cripto e bitcoin, voltados ao público geral, com investimento a partir de R$ 100. Os produtos já estão abertos para agendamento, têm taxa de administração de 0,5% ao ano, sem proteção cambial ou taxa de performance. 

“O mercado de cripto vem crescendo significativamente. Atualmente existem mais de 12 mil criptoativos totalizando um valor de mercado de US$ 1,9 trilhão – o dobro do que valem todas as empresas brasileiras listadas na B3. Democratizar o acesso a produtos que estão na vanguarda da tecnologia e inovação é oferecer aos investidores o que há de mais disruptivo neste segmento”, diz Danilo Gabriel, gestor de fundos indexados da XP Asset.

Ambos os fundos têm gestão passiva, mas contam com estratégias distintas. O Trend Cripto Dólar FIC FIM tem exposição total ao índice de cripto da Bolsa norte-americana Nasdaq, o Nasdaq Crypto Index (NCI) – que reúne diversos ativos digitais, como bitcoin, ethereum, litecoin, e somam cerca de 60% do mercado global de criptoativos. No último ano, a rentabilidade da classe de ativos que o fundo dá acesso foi perto de 377%. 

Já o Trend Bitcoin Dólar FIC FIM investe exclusivamente em bitcoin, o criptoativo mais popular e valioso do mundo, em um mercado estimado em mais de US$ 800 bilhões. No último ano, a valorização dos ativos que o fundo dá acesso foi de cerca de 316%. 

“São fundos que oferecem novas possibilidades ao investidor que quer ter exposição ao principal mercado de moedas digitais e outros criptoativos do mundo”, afirma Henrique Sana, estrategista de índices e ETFs da XP Inc. 

Além dos fundos recém-lançados, a XP, Rico e Clear oferecem em suas plataformas o acesso aos ETFs (fundo indexado listado em bosla) HASH11 que também segue o NCI da Nasdaq, e o BITH11 que referencia o Nasdaq Bitcoin Setlement Price (NQBTCS).

Deixe uma resposta