Brasil

Brasileiros rumo a Berlim concorrem com projetos de impacto ambiental e social

Posted on Updated on

Um paraense e um amazonense irão representar o Brasil na etapa final do concurso Falling Walls Lab (FWL) em Berlim em novembro, ambos apresentando projetos com alternativas sustentáveis, como um cimento de menor impacto ambiental e o reaproveitamento de moléculas encontradas em plantas para a produção de materiais biodegradáveis. As etapas classificatórias em Fortaleza e Belo Horizonte destacaram-se pela diversidade científica, por muitas novidades e por dar oportunidades a novos cientistas e pesquisadores brasileiros também fora do eixo Rio-São Paulo

Em meio a muitas ideias transformadoras e de diversas áreas do conhecimento aconteceram em Fortaleza em 20 de setembro, na Universidade Federal do Ceará (UFC), e em Belo Horizonte em 23 de setembro, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), as etapas brasileiras classificatórias do Falling Wall Lab (FWL) 2019. Muitas novidades, surpresas e prêmios extras marcaram a quinta edição do concurso com atuação do Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH São Paulo), organizador do Falling Walls Lab Belo Horizonte e parceiro do DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico) no Falling Walls Lab Fortaleza.

Em comum, os projetos vencedores em cada classificatória focam em alternativas sustentáveis que impactam a vida das pessoas e do meio ambiente, reaproveitando materiais já existentes. Outra semelhança: o Norte do Brasil foi destaque e um paraense e um amazonense foram os grandes vitoriosos e irão representar o Brasil disputando a final mundial na Alemanha, além de participar da Falling Walls Conference, em Berlim, nos dias 8 e 9 de novembro. O programa de viagem dos ganhadores será complementado com outras atividades, como visitas a instituições de pesquisa e atividades de empreendorismo.

O escolhido pelo júri como o vencedor do FWL Fortaleza foi Micael da Silva, estudante de graduação de engenharia civil do Instituto de Tecnologia da Universidade Federal do Pará (UFPA), que apresentou um projeto com o objetivo de desenvolver um cimento de menor impacto ambiental, evitando as grandes emissões de CO2 pela indústria do cimento. Seguindo pelo foco da sustentabilidade, o amazonense Victor Freitas, professor da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), em Minas Gerais, venceu o FWL Belo Horizonte propondo o reaproveitamento de moléculas encontradas em plantas para a produção de materiais biodegradáveis que vão desde remédios a carros, diminuindo a dependência do petróleo.

“Tenho grande admiração pela Alemanha, em especial por sua cultura, valorização da educação e avanço científico. É uma sensação gratificante e de grande responsabilidade ter o projeto escolhido para ser um dos representantes do Brasil na etapa final do FWL em Berlim”, declarou o paraense Micael da Silva, que aproveitou para explicar seu projeto que busca uma solução ambientalmente amigável e que pensa no futuro: “Vou representar nosso país colocando em pauta estratégias para reduzir os impactos do aquecimento global, poupando recursos naturais na produção de cimento e mitigando os impactos da indústria de mineração. Minha proposta é o desenvolvimento de um cimento sustentável que utiliza um resíduo do processo de beneficiamento do Caulim, que é uma argila branca formada essencialmente por materiais sílico-aluminosos. Este material é amplamente utilizado pela indústria do papel, indústria cerâmica, pigmentos em tintas e refratários, entretanto, o processo gera resíduos (como o lodo de caulim) que são depositados em barragens ou lagoas de decantação na Amazônia, gerando impactos ambientais. Desse modo, a partir do tratamento térmico do lodo de caulim é possível produzir um material com propriedades reativas que o tornam adequado para produzir cimentos com características tão boas quanto o cimento disponível no mercado.”

Segundo o professor Vitor Freitas, que já vem desenvolvendo sua pesquisa há um bom tempo, esse reconhecimento dá forças para continuar em prol da sustentabilidade do Brasil e do mundo. “Essas moléculas encontram ampla aplicação no nosso dia a dia como em cosméticos, medicamentos, produtos de limpeza, plásticos etc. O objetivo é diminuir nossa dependência do petróleo, que é a principal origem dessas moléculas atualmente, em busca de um futuro com produtos ambientalmente corretos”, explicou o vencedor de Belo Horizonte.

Sophos Cloud Optix agora está disponível no AWS Marketplace

Posted on Updated on

Sophos (LSE: SOPH), líder global em segurança de rede e endpoint, anunciou a disponibilidade do Sophos Cloud Optix no marketplace da Amazon Web Services (AWS). Como uma nova oferta de software como serviço (SaaS) sem agentes, o Cloud Optix descobre automaticamente recursos de nuvem, detecta vulnerabilidades e má-configurações de segurança e oferece resposta a ameaças para clientes da AWS.

Reconhecida como uma líder channel-first e channel-best na oferta de soluções inovadoras como o Cloud Optix, a Sophos também foi nomeada a Parceira de Tecnologia do ano da AWS Partner Network (APN). Ela lidera a lista de parceiros da APN pela dedicação em ajudar os clientes da AWS a construírem, comercializarem e crescerem como negócios na nuvem bem-sucedidos.

“Uma pesquisa da Sophos mostra que os cibercriminosos estão tentando incansavelmente atacar servidores na nuvem, usando automação para fazer varreduras buscando fraquezas, como buckets abertos na nuvem, e lançando ataques minutos antes dos recursos entrarem no ar na nuvem”, afirmou  Dan Schiappa, diretor de produtos na Sophos. “As empresas estão em risco de quebras na segurança se elas não podem ver ou proteger apropriadamente o que estão colocando na nuvem. O Cloud Optix monitora continuamente recursos na nuvem, configurações e padrões de tráfego na rede para prevenir o provisionamento de uma infraestrutura vulnerável.”

Mais de 200.000 clientes ativos do AWS Marketplace podem agora acessar facilmente e configurar o Cloud Optix em um modelo por hospedagem e por hora para escalação flexível, sem período mínimo de contrato. Descobrindo recursos na nuvem automaticamente em minutos, o Cloud Optix oferece uma visão topológica completa da infraestrutura de nuvem, aplica inteligência artificial para destacar e mitigar a exposição a ameaças, e se integra com APIs nativas da AWS. Ele oferece aos times uma visão única da postura de segurança em múltiplos ambientes de nuvem, incluindo a AWS, e permite que as organizações visualizem e assegurem precisamente a infraestrutura de nuvem, continuamente e com confiança.

O Cloud Optix está disponível agora no AWS Marketplace. Visite Sophos.com para saber mais sobre a segurança da Sophos para AWS. Parceiros podem também usar o Cloud Optix no AWS Marketplace através do programa Consulting Partner Private Offers.

Encripta levará conteúdo nacional da Daza Filmes para plataformas digitais

Posted on Updated on

A Encripta, empresa brasileira de tecnologia, passará a fazer a distribuição digital do conteúdo da produtora Daza Filmes. São cinco filmes que estarão disponíveis em breve em algumas das principais plataformas digitais de streaming do país, como NOW, Looke, Google Play, iTunes, Vivo Play, Microsoft Store e Sky Play.

Criada em 2010 por Carol Benjamin, Leandra Leal e Rita Toledo, a Daza Filmes realiza projetos culturais inovadores, capazes de promover a reflexão acerca do mundo contemporâneo e atuar de forma diferenciada na economia da cultura do Brasil. 

Confira os títulos que chegarão ao streaming:

  • As Mil Mulheres (Documentário): Parte de um dispositivo de interação: artistas feministas criam obras de arte inspiradas por histórias de outras mulheres. Ao acompanhar o processo de trabalho de quatro artistas selecionadas por meio de uma chamada online – Ana Luisa Santos (Brasil), Bia Ferreira (Brasil), Florencia Duran (Uruguai) and Lena Chen (EUA) o filme propõe uma reflexão sobre arte e ativismo a partir da expressão criativa de mulheres. / Direção, Roteiro e curadoria: Rita Toledo.
  • O Rio nos Pertence (Ficção): Depois de receber um estranho cartão postal, Marina, uma jovem de 30 anos, decide voltar ao Rio de Janeiro, sua cidade natal. Após uma ausência de 10 anos, Marina não sabe exatamente por que voltou e busca respostas para acontecimentos estranhos. O Rio de Janeiro parece estar sob um misterioso feitiço. / Direção e Roteiro: Ricardo Pretti / Elenco: Marina Ximenes, Leandra Leal e Jiddu Pinheiro.
  • O Fim de uma Era (Ficção): O que é essa coisa chamada amor? Esta coisa engraçada chamada amor? Quem poderá resolver seu mistério? Por que faz de mim um tolo? / Direção: Bruno Safadi e Ricardo Pretti / Elenco: Marina Ximenes, Leandra Leal e Jiddu Pinheiro.
  • O Uivo da Gaita (Ficção): Uma história de amor líquido entre Antonia, Luana e Pedro. / Direção e Roteiro: Bruno Safadi / Elenco: Marina Ximenes, Leandra Leal e Jiddu Pinheiro.
  • Capoeira, um Passo a Dois (Documentário híbrido): Ella (Isabél Zuaa) decide acompanhar seu mestre Jorge Itapuã em uma longa jornada para registrar a capoeira mundo afora. Juntos, o casal atravessa Europa, EUA, Israel, Índia, Japão e Indonésia. Enquanto Itapuã se apresenta e dá aulas, Ella filma cada passo dessa aventura. O encontro com diferentes culturas, porém, desperta em Ella o desejo de também ser reconhecida como capoeirista. À medida em que Ella sai detrás das câmeras, o relacionamento com seu mestre sofre fortes transformações. / Direção: Jorge Itapuã / Elenco: Isabél Zuaa e Nestor Capoeira.

Eletromídia amplia operações nos aeroportos de Fortaleza e de Porto Alegre

Posted on Updated on

Posicionada entre as duas maiores operações de mídia Out of Home do país, a Eletromidia fortalece ainda mais a sua vertical de negócios Aeroportos ao inaugurar o inventário de mídia digital em dois terminais aeroportuários operados pela companhia Fraport Brasil, por meio de concessão: no Fortaleza Airport, no Ceará, e no Porto Alegre Airport, no Rio Grande do Sul. Desde 2017 a Eletromidia atua com essa vertical de negócios no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro – o RIOgaleão – que é o segundo maior do Brasil para voos internacionais. Nos últimos meses essa divisão da empresa mais do que dobrou de tamanho, oferecendo para agências e anunciantes a oportunidade de anunciar em painéis digitais e estáticos, além das mais diferentes possibilidades de ativação.

Com a estratégia de modernização desses aeroportos promovida pela concessionária, a Eletromidia inaugura a sua operação digital com painéis de LED em grandes formatos e alta resolução e MUBs digitais com telas que suportam resolução em 4K espalhados estrategicamente nas principais áreas de embarque, desembarque, acesso, espera e restituição de bagagens. Além disso, tanto no aeroporto cearense quanto no gaúcho a empresa também disponibiliza ao mercado telas de publicidade associadas aos FIDs – Flight Information Display Systems.

“Os aeroportos de Fortaleza e de Porto Alegre são duas operações importantes em que a Eletromidia passa a oferecer ativos digitais de última geração e altíssima resolução aos seus clientes. Assim como no RIOgaleão, eles poderão usar a mídia OOH para experiências únicas de ativação, a fim de alcançar o público brasileiro e também levar suas mensagens aos visitantes estrangeiros, aumentando a visibilidade das marcas”, afirma Daniel Simões, CEO da Eletromidia.

Para ele, a experiência da Eletromidia com o RIOgaleão foi crucial para o estabelecimento da parceria com a Fraport Brasil em Fortaleza e em Porto Alegre. “Desenvolvemos forte expertise no setor e isso foi fundamental para as estratégias dessas duas operações. Com esses dois aeroportos a Eletromidia agora fala com 29,9 milhões de passageiros por ano”, considera.

A atuação da Eletromidia conta, além da vertical de negócios Aeroportos, com outras três operações: as verticais de negócios Transportes, Ruas e Shoppings. A vertical de negócios Transportes engloba as Linhas 4 – Amarela e 5 – Lilás do Metrô paulistano; todo o sistema de estações de trem da CPTM, em São Paulo; o sistema de trens metropolitanos da Supervia, no Rio de Janeiro; o MetrôRio e o VLT Carioca; o Metrô Bahia e os terminais de ônibus urbanos em Salvador, além da TV Minuto, embarcada nos trens de todas as linhas do Metrô de São Paulo. A vertical Ruas abrange circuito de mobiliário urbano digital e estático em bancas de jornais nas cidades de Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Guarulhos e Santos, além de mídia exterior (empenas, frontlights e painéis outdoor) em Salvador e Belo Horizonte. Por fim, a vertical Shoppings engloba quase 40 de centros de compras nas principais cidades do Brasil.

Os dois aeroportos da Fraport Brasil

O Fortaleza Airport, que segundo informações da Fraport Brasil recebeu 6,6 milhões de passageiros no ano de 2018, está localizado na quinta maior cidade do país e possui um grande fluxo de turistas brasileiros e estrangeiros. Com uma extensa variedade de hotéis na região o visitante tem como pontos turísticos o Beach Park, a Praia de Iracema, o Mercado Central de Fortaleza, o Parque Estadual do Cocó, a Catedral Metropolitana de Fortaleza, o Museu do Ceará, entre outras atrações. “Temos um calendário que concentra grandes ondas sazonais de turistas, tornando a publicidade aeroportuária estratégica para os anunciantes que desejam impactar seu público alvo”, explica Jued Andari, Diretor Comercial da Eletromidia responsável pelo aeroporto de Fortaleza.

Já o Porto Alegre Airport, que em 2018 recebeu 8,2 milhões de passageiros – também segundo informações da Fraport Brasil – está localizado em um dos mais importantes estados do país. O Rio Grande do Sul tem a terceira maior renda per capita do Brasil e é palco de grandes eventos como Oktoberfest gaúcha, Natal Luz, Festa da Uva e o Festival de Cinema de Gramado. Além disso, o Rio Grande do Sul concentra notáveis empresas nacionais e multinacionais, como Tramontina, Gerdau, Grendene, o Grupo Zaffari, a sede das Lojas Renner, entre outras corporações. “Nossa região é bastante privilegiada por concentrar empresas em um local que atrai turistas para visitar a região Sul do país. Temos a oportunidade de segmentação de mídia para turistas e executivos” aponta Gustavo Silva, Diretor Comercial da Eletromidia para o aeroporto de Porto Alegre.

60% dos lojistas virtuais buscam capacitação por meio de cursos na internet e webinários

Posted on Updated on

Outubro é considerado o mês do empreendedor e conta com diversas campanhas, ações e feiras sobre negócios e empreendedorismo. No dia 5 foi celebrado o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, também conhecido como “Dia do Empreendedor”, data criada para homenagear o Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte.

Segundo mapeamento da Loja Integrada – plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do brasil – só em 2018 cerca de 49% dos brasileiros  que abriram uma loja virtual eram funcionários CLTs e deixaram suas carreiras de lado para se tornar empreendedor digital. Só na plataforma foram criadas quase 500 mil lojas virtuais em 2018, uma média de 870 novas lojas abertas por dia em todo o Brasil.

Para Alfredo Soares, especialista em comércio eletrônico e autor do livro #BoraVender, a profissão vendedor digital está cada vez mais aprimorada. O vendedor do futuro é o cara que se planeja, que usa a tecnologia a favor e que faz acontecer. “Acreditamos que a nossa missão é democratizar o empreendedorismo digital no Brasil por meio de educação no e-commerce. Queremos, acima de tudo, levar acesso à educação de qualidade voltada para o e-commerce, de forma objetiva, didática e gratuita”, comenta.


Ainda de acordo com pesquisa, os empreendedores digitais buscam cada vez mais informações e novas formas de profissionalizar seus negócios: 18% frequentam palestras, cursos e workshops presenciais voltados diretamente para o comércio eletrônico; e 60% participam de cursos na internet sobre empreendedorismo.

A Escola Bora Vender (www.escolaboravender.com.br), por exemplo, é uma iniciativa que visa democratizar o acesso à educação voltada para o e-commerce, de forma objetiva, didática e gratuita. A plataforma já tem mais de 920 alunos digitais que acessaram os cursos e conteúdos da plataforma só este ano. 

Música, arte-educação e incremento da economia são metas do #CanoaBlues

Posted on Updated on

Canoa Quebrada, no Ceará, a praia mais famosa e cosmopolita do Brasil, será mais uma vez cenário para grandes nomes nacionais e internacionais do Blues. Em 15 e 16 de novembro próximo, sexta e sábado, a música ganha tons paradisíacos e faz do Festival Canoa Blues o melhor ponto de encontro para quem aprecia arte de alta qualidade.

Já na 12ª edição, o Festival Canoa Blues integra desde 2010 o Calendário Oficial de Eventos do Ceará e vem atraindo visitantes de outros estados e países, aquecendo o mercado turístico da referência mais charmosa do litoral cearense.

Este ano, o Canoa Blues antecipa novamente um dia de apresentação e trará a essência do Blues para Fortaleza.

Em 8 de novembro, sexta-feira, o Centro Cultural Banco do Nordeste vai receber show da cantora Marília Lima, a principal referência vocal feminina do Blues cearense.

Já em Canoa Quebrada, as atrações são o guitarrista Caíke Falcão e o gaitista e cantor Robson Fernandes, as bandas Blues Label, Gumbo Blues e Cyara Blues e o gaitista argentino César Valdomir (foto).

O Festival terá novamente a sessão Blues ao Por do Sol, no fim da tarde de sábado, 16.11, na Duna do Por do Sol, com músicos convidados.

A Jam Session, na madrugada de domingo, será comandada pelo guitarrista e cantor Gabriel Yang, no restaurante Café Havana.

No domingo, 17.11, o Teatro do Aracati vai abrir as portas, com show do gaitista André Reis a partir das 10h30min, também com acesso livre.

E o Canoa Blues, como nas edições anteriores, tem atenção especial para a responsabilidade social. Este ano, o Festival estimula novamente que o público faça doação de livros, que serão repassados ao Conselho Comunitário de
Canoa Quebrada. As doações serão recolhidas nos locais dos shows.

Os shows em Fortaleza e em Canoa Quebrada, assim como as atividades de arte-educação, são inteiramente gratuitos.

Sebrae, Banco do Nordeste, Governo do Estado do Ceará, Assembleia Legislativa e Prefeitura do Aracati apoiam a edição 2019 do Canoa Blues. O evento também conta com a participação do Portal Invest Nordeste, Associação dos Empreendedores de Canoa Quebrada e Cantina Pet.

São Paulo, Porto Alegre e Fortaleza são os principais destinos nacionais para o Réveillon 2020

Posted on Updated on

Uma pesquisa exclusiva feita pela agência virtual de turismo ViajaNet, aponta que 34% dos passageiros que pretendem viajar de avião para as festas de fim de ano se concentram em três destinos principais: São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e Fortaleza (CE), que são atualmente as cidades mais procuradas para o Réveillon 2020.  

Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE) e Porto Seguro (BA) também fazem parte das opções de destinos mais procurados para o Réveillon, e têm alto volume de procura, como mostra o ranking completo. 

A maior cidade do país, São Paulo, atrai os turistas pelas programações especiais de fim de ano, como os shows na famosa Avenida Paulista. Vale lembrar, ainda, que o aeroporto de Guarulhos é a principal porta de entrada no estado, possibilitando que visitantes de todo o país cheguem às cidades do interior e do litoral paulista.

Segundo o head of marketing do ViajaNet, Gustavo Mariotto, as viagens de fim de ano nacionais são motivadas por dois pontos principais: visitar familiares e curtir as férias. “Não é à toa que o número de viagens aumenta no Réveillon. É um período de festas e de encontro com a família. Programar viagens neste período já faz parte da cultura do brasileiro e integra o calendário de turismo das pessoas”, comenta o executivo. 

Oi avança na oferta de serviço de internet por fibra ótica e chega a 76 municípios

Posted on Updated on

A operadora de comunicações Oi avança na sua estratégia de ampliar o número de cidades com acesso à Oi Fibra, levando o seu serviço de internet de alta velocidade para quatro novas cidades no mês de outubro: Feira de Santana (BA), Jequie (BA), Ji-Paraná (RO) e Vitória da Conquista (BA) alcançando 76 municípios. Para atender à crescente demanda por internet de alta velocidade, a Oi vem direcionando investimentos para ampliar o número de cidades com acesso à Oi Fibra, que registrou em outubro 5% de expansão. Lançado em 2018, o serviço já conquistou quase 500 mil clientes.

A companhia lançou promoção que oferece a Oi Fibra por R$99,90 por mês com gratuidade na primeira mensalidade e gerou aumento de 50% no número de vendas nos dez primeiros dias. O benefício é válido para novos clientes que contratam o serviço pelos canais digitais da companhia até o dia 27 de outubro de 2019. A Oi Fibra tem velocidade de até 200 mega.

Outro diferencial do Oi Fibra é o Oi Play, plataforma digital exclusiva da operadora para assistir vídeo por streaming como conteúdo infantil, séries, filmes, entre outras programações. A plataforma tem interface intuitiva e fácil usabilidade, permitindo ao cliente conhecer os produtos a que é elegível. Além disso, o cliente pode alugar os filmes recém saídos do cinema e assistir a programação “ao vivo” mesmo sem possuir uma TV por assinatura. O serviço também apresenta a funcionalidade inédita “Pra trocar”, que permite ao usuário escolher a cada mês quais serviços de video on demand vai consumir. Os conteúdos que estão disponíveis para troca têm um valor em “Plays”, a moeda virtual da plataforma. Cada plano da Oi elegível a essa funcionalidade garante ao cliente uma determinada quantidade de “Plays” para fazer as transações. O plano Oi Total Play está disponível nas modalidades Smart (Oi Fibra + 5 Plays por R$ 99,90), Avançado (Oi Fibra + 35 Plays por R$ 119,90) e Top (Oi Fibra + 85 Plays por R$ 144,90). Assim, de acordo com seu interesse, ele escolhe os serviços de video on demand que quer usar no período e depois de 30 dias pode trocar por outras opções disponíveis no menu “Pra trocar”. São elegíveis à funcionalidade “Pra trocar” novos clientes de telefonia móvel pós-paga e de pacotes Oi Total Play e Oi Total Conectado. Já o conteúdo do Oi Play está disponível para todos os novos clientes da Oi de telefonia móvel pós-paga, TV por assinatura e banda larga.

Outra opção para os clientes é a Oi Fibra com o serviço de TV por internet (IPTV) com preços a partir de R$189,90. A TV de fibra da Oi tem uma nova interface mais moderna e com uma navegação intuitiva, além de ser possível alugar filmes recém saídos do cinema e assistir mais de 10 mil títulos gratuitamente. Além de oferecer alta qualidade de som e imagem, a TV por fibra da Oi tem diversas funcionalidades que aprimoram a experiência do cliente, como:

– Assinatura de Conteúdos (Pacotes e Compras) – assinatura de Add Ons (HBO, Telecine, Combate, Adulto, etc…) através do controle remoto;

– Gravação remota – agendar à distância a gravação de conteúdo da programação regular de TV através do Oi Play; 

– Multiroom – gravar e assistir conteúdo em qualquer ponto da casa;

– Outra Vez – assistir conteúdo até 8h para trás na programação regular de TV.

A Oi conta com vantagens competitivas para ampliar a capilaridade do seu serviço FTTH (Fiber To The Home) por ter a maior rede de transporte de dados já instalada do país, com mais de 360 mil quilômetros de fibra em todo o Brasil, e adota desde o segundo semestre do ano passado uma estratégia de reuso da infraestrutura que garante mais agilidade e redução de custos para implantação da internet via fibra ótica até a casa do cliente.   

Municípios atendidos pela Oi Fibra 

ACRIO BRANCO
AMMANAUS
APMACAPA
BABARREIRAS
BAFEIRA DE SANTANA
BAJEQUIE
BAJUAZEIRO
BASALVADOR
BAVITÓRIA DA CONQUISTA
CEFORTALEZA
CEJUAZEIRO DO NORTE
DFBRASILIA
GOAPARECIDA DE GOIANIA
GOGOIANIA
MASAO LUIS
MGARAGUARI
MGBELO HORIZONTE
MGBETIM
MGCATAGUASES
MGDIVINOPOLIS
MGGOVERNADOR VALADARES
MGJUIZ DE FORA
MGLEOPOLDINA
MGMONTES CLAROS
MGNOVA LIMA
MGPATROCINIO
MGPOCOS DE CALDAS
MGPOUSO ALEGRE
MGRIBEIRAO DAS NEVES
MGSETE LAGOAS
MGUBA
MGVARGINHA
MGVESPASIANO
MSDOURADOS
MTRONDONOPOLIS
PAANANINDEUA
PABELEM
PECARUARU
PEOLINDA
PEPAULISTA
PERECIFE
PIPIRIPIRI
PITERESINA
PRALMIRANTE TAMANDARE
PRCOLOMBO
PRCURITIBA
PRSAO JOSE DOS PINHAIS
RJANGRA DOS REIS
RJARMACAO DOS BUZIOS
RJBARRA MANSA
RJCABO FRIO
RJCAMPOS DOS GOYTACAZES
RJDUQUE DE CAXIAS
RJMANGARATIBA
RJNILOPOLIS
RJNITEROI
RJNOVA IGUACU
RJPETROPOLIS
RJRIO DE JANEIRO
RJSAO GONCALO
RJSAO JOAO DE MERITI
RJTERESOPOLIS
RJVOLTA REDONDA
ROJI-PARANÁ
ROPORTO VELHO
RRBOA VISTA
RSALVORADA
RSCANOAS
RSCAXIAS DO SUL
RSNOVO HAMBURGO
RSPORTO ALEGRE
RSSAO LEOPOLDO
RSVIAMAO
SCBLUMENAU
SCRIO DO SUL
TOPALMAS

Bolsa em mil pontos. O que está por trás da estagnação?

Posted on Updated on

Recentemente, com grandes oscilações na economia, questiona-se como ficará a Bolsa de Valores daqui para a frente, se seguirá na mesma média, ou crescerá. Um dos pontos cruciais que está segurando os 100 mil pontos, com poucas evoluções, é a tensão entre EUA e China.

Após diversas reviravoltas, as duas potencias chegaram a um acordo parcial. Outro grande fator foi a tensão geopolítica entre Arábia Saudita e Irã após ataques à refinaria Aramco, o que afetou a produção mundial de petróleo. Atualmente, com a crise entre os dois países que lideram o mercado, há o medo de uma recessão global. Com as oscilações, o dólar fechou pela primeira vez, um mês inteiro acima dos R$ 4, apesar do crescimento da Bolsa quando se fala em aumento no número dos investidores e uma alta de 19% no Ibovespa, a mesma segue longe do esperado pelos analistas, operando atualmente na faixa dos 100 mil pontos, desde junho deste ano.

Com a Bolsa operando em leve baixa, questiona-se o que falta para que o crescimento seja alavancado. Para a Sócia-Diretora da FB Wealth, Daniela Casabona, é necessário que haja credibilidade por parte do governo, com intuito de atrair os investidores internacionais. Além disso, com a aprovação das reformas, a economia deve se mostrar forte e estável. “As reformas devem passar, para que a economia se mostre mais forte e estável. Apesar do mercado já dar como certa a reforma da previdência, sem a efetiva aprovação, outras reformas ficam em compasso de espera”, afirma. Casabona avalia que, atualmente, o mercado estrangeiro não tem interesse nos mercados emergentes, como o Brasil, já que é um investimento arriscado e de baixa rentabilidade. “Hoje, muitos estrangeiros não querem investir em países emergentes, como o Brasil, por exemplo, que demonstra alto risco e pouco retorno”, aponta.

Segundo a Sócia-Diretora da FB Wealth, falta constância no mercado para que a Bolsa, de fato, deslanche. “Para atrair estes investidores, falta constância. Essa ansiedade com os mercados globais, faz com que a bolsa brasileira não consiga sair desse patamar de 100 mil pontos”, explica. Para ela, a economia se baseia nas expectativas do mercado, logo, quanto mais inconstante, menos pessoas querem investir. “A economia é baseada em expectativas, quanto mais incerto é um determinado mercado, menos investidores querem entrar”, ressalta Daniela Casabona.

Marcas prometem grandes experiências na 25ª edição do Minas Trend

Posted on Updated on

A 25ª edição do Minas Trend acontece entre os dias 22 e 25 de outubro, no Expominas. Com o tema “Tecendo Futuros”, o evento, realizado pela Federação das Indústrias de Minas Gerais – FIEMG -, cria uma rede de oportunidades e experiências multiculturais que conectam as marcas apoiadoras ao grande público e impulsionam o lançamento de tendências.

A AngloGold Ashanti, patrocinadora master do evento, terá um espaço de exposição para apresentar aos visitantes sua história e joias. Além disso, a produtora de ouro promoverá, no dia 24, um desfile exclusivo para convidados em celebração aos 185 anos da empresa no Brasil. O evento contará com show de Elba Ramalho e Zeca Baleiro e apresentação da consultora de moda Glória Kalil e da modelo Isabella Fiorentino.

Já a Multiplan faz sua estreia como patrocinadora do Minas Trend em grande estilo. Seguindo a vocação natural de seus shoppings, entre eles os mineiros BH Shopping, Diamond Mall e Pátio Savassi, para o lançamento de tendências, a marca subirá à passarela em um desfile exclusivo para convidados. A ação apresentará produções com peças de seus lojistas, mostrando a face democrática e contemporânea da moda. Além disso, o grupo leva ao foyer do Expominas a exposição interativa “40 anos do BH Shopping”. A mostra fotográfica, aberta ao público, faz um paralelo entre a evolução do empreendimento e os principais fatos que marcaram a história de Belo Horizonte, nos segmentos da moda, dos esportes e da cultura.

As ativações das marcas apoiadoras acontecerão para além da passarela, alcançando o público em geral. O Sebrae, apoiador master do Minas Trend, preparou uma programação especial e variada para fomentar os negócios e levar conhecimento aos visitantes. O Sebrae Talks discutirá, diariamente, em bate-papos gratuitos temas que conectam a dinâmica do varejo ao contexto da moda. Já a Feira Gastrô Minas Fashion será uma plataforma para promover experiência e incentivar a valorização das cidades mineiras e do trabalho dos pequenos produtores do agronegócio e da gastronomia no Estado, por meio do Origem Minas.

Enquanto o SESIMINAS, apoiará a programação cultural do evento, com a promoção de espetáculos de dança, com o Grupo Primeiro Ato e a Companhia Cisne Negro, e do show Paraíso. O musical traz ao palco a Orquestra de Câmara do SESIMINAS, que convida o grupo de contrabaixos Do Contra e o músico mineiro Flávio Venturini, em uma releitura de clássicos da Música Popular Brasileira.

O Minas Trend conta ainda com apoio do Instituto Europeo di Design, do Consolato d’Italia em Belo Horizonte, Krug Bier, Zuur Gin e Mais.Previdência. Além de apoio institucional da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit) e do Instituto Estrada Real.