Brasil

Evento Conexão de Negócios chega à 20ª edição e terá palestras sobre marca e negócios

Posted on Updated on

Para começar 2020 com outra perspectiva sobre sua marca, o evento gratuito Conexão de Negócios vai falar sobre o tema: “Como tornar sua marca um ativo para seu negócio?” no Espaço Órbita no Centro do Rio de Janeiro no próximo dia 11 de dezembro, às 14h. Durante o evento, os inscritos vão entender sobre como valor, estratégia, design, marketing, anúncio, confiança, identidade e logo são importantes para melhorar a performance de uma marca profissional através de palestra e da já tradicional rodada conectada.

O público vai contar com a palestra “Os principais elementos de uma marca de sucesso” da jornalista, especialista em marketing digital e CEO da Agência Atalho, Bárbara Castro. A roda conectada será com os convidados: o coach financeiro e de resultados Bruno Avellada, o especialista em Inbound Marketing, Harley Correia e a consultora de Estilo e Imagem Pessoal e Corporativo, Eline Machado. A mediação do evento vai ser realizada pela idealizadora do Conexão de Negócios e coach de finanças Aline Soaper.

O evento ainda vai contar com pitch de vendas e muito networking entre os participantes e idealizadores. As vagas são limitadas e para participar gratuitamente é preciso fazer a inscrição previamente pelo Sympla.

São Paulo sedia principal festival de vendas B2B do Brasil

Posted on Updated on

Pelo segundo ano consecutivo, os empreendedores paulistanos terão a oportunidade de ter um dia de imersão sobre principais tendências e técnicas de vendas B2B, além de temas ligados às áreas de marketing, customer success, gestão de negócios e pessoas. O conteúdo será trazido por renomados especialistas do mercado, em cinco palcos diferentes, durante o Ramp Up Tour, que ocorre na próxima terça-feira, dia 10 de dezembro, no espaço Arca. 
 

De acordo com Ricardo Corrêa, CEO da Ramper e idealizador do Ramp Up Tour, o evento visa trazer o conhecimento de novas metodologias e tecnologias expostas pelas empresas patrocinadoras e apoiadoras, encorajando também os participantes a promover a revolução digital em seus negócios.
 

“O Ramp Up Tour é indicado para profissionais de vendas, marketing e customer success interessados em aperfeiçoar seus conhecimentos, além de gestores de pessoas e empreendedores que pretendem acelerar seus negócios”, argumenta Corrêa, que também vai realizar a palestra master do evento. Na ocasião, ele vai expor como a empresa conseguiu dobrar o seu faturamento neste ano, sem aumentar o investimento, além de explicar como é possível definir processos de vendas e estabelecer metas para garantir o crescimento contínuo dos negócios. 
 

Ainda entre os destaques da programação está a apresentação de Marcelo Lombardo, CEO da Omie, que vai expor ao público as vantagens do conceito Blitzcaling e alguns capítulos não contados sobre o crescimento acelerado de startups com base no histórico da startup, no palco “Gestão”. No mesmo painel, o CEO e fundador da Smart Money, Fábio Póvoa, pretende mostrar como um fundo de venture capital pode agregar valor ao portfólio das empresas investidas, numa ótica muito além do dinheiro. 
 

No palco “Vendas”, Fernando Liberato, CSO da Aurum, irá contar a história da máquina de vendas da empresa, que levou o negócio a ser comprado por uma companhia canadense. Já no espaço “Customer Success”, o destaque fica por conta de Diego Azevedo, gerente estratégico de operações da MindMiners. Ele irá mostrar como transformar o funil de vendas em uma ampulheta de receitas. Além disso, no palco “People”, Camely Rabelo, diretora de desenvolvimento comercial da Omie, traz os 7 hacks para qualquer executivo de vendas decolar na carreira.
 

A programação completa do Ramp Up Tour São Paulo está disponível no site. A expectativa da organização é receber mais de 1.000 participantes. Antes da capital paulista, o evento passou neste ano por Florianópolis, Goiânia, Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, além de mais 10 importantes cidades brasileiras em edições pockets. 

Gramado Summit realiza eventos itinerantes sobre empreendedorismo

Posted on Updated on

Considerado o maior evento de tecnologia e inovação do Brasil, a Gramado Summit deu início a um novo projeto: o Summit Talks. Eles são versões reduzidas e itinerantes do evento e buscam levar o debate empreendedor para diversas cidades do país ao longo do ano. A primeira edição foi realizada em Porto Alegre, no dia 6 de novembro. Para dezembro, estão confirmados Talks em Santa Maria, Lajeado e Gramado.

O modelo do Summit Talks é adaptado conforme a realidade econômica de cada município. Assim, o tema dos debates é pensado exclusivamente para cada cidade. O primeiro encontro acontece em Santa Maria, na próxima terça-feira (10). Lá, a discussão será sobre o crescimento de negócios na era digital. O evento será no Hotel Itaimbé, a partir das 18h. Os convidados para debater o assunto são Bruno Tusset (Saipos), Andressa Gallas (Dobra) e Edson Mackeenzy (Mentor). O encontro será mediado pela editora do Jornal de Gramado (Grupo Sinos), Letícia Rossa. A realização do evento é uma parceria com o CDL Jovem de Santa Maria. 

Em seguida, o Summit Talks chega na Arena BIMachine, em Lajeado, para falar sobre hubs de inovação. O encontro será na quinta-feira (12), às 19h. Farão parte do evento  Carolina Freitas (Rocket.Chat), Frederico Renner (An Lab), Danillo Sciumbata (OCA) e Ana Paula Thesing (BIMachine). A mediação ficará por conta da repórter do Jornal do Comércio, Isadora Jacoby. 

Por fim, o evento também será realizado em Gramado, cidade que sedia a própria Gramado Summit. A ideia de realizar mais uma ação no mesmo município vai ao encontro com a necessidade de atingir outros públicos. O Summit Talks inicia às 19h, na Sociedade Recreio Gramadense, no dia 19 de dezembro. O tema será “Conteúdo com propósito: por que apostar em redes sociais” e terá presença de Rafael Martins (Share), Greta Paz (Eyxo), Rafael Terra (Fabulosa Ideia) e Mônica Pereira (como mediadora).

Os ingressos para os três Summit Talks estão à venda e podem ser adquiridos nos seguintes links: Santa Maria, Lajeado e Gramado

Governo do Ceará planeja 2020 com foco no equilíbrio fiscal e nos investimentos

Posted on Updated on

Manter o bom equilíbrio fiscal, com foco nos investimentos e melhoria das políticas públicas para os cearenses. Essas são algumas das principais metas citadas pelo governador Camilo Santana, durante o segundo dia de reunião com os secretários e presidentes de órgãos vinculados, no Palácio da Abolição.

“Reunimos o secretariado nesses dois dias para avaliarmos o ano de 2019 e projetarmos quais serão as prioridades do Governo do Estado em 2020. Precisamos de ainda mais eficiência nas secretarias, para que possamos manter o bom equilíbrio fiscal do Estado e atuar com foco muito forte nos investimentos. Temos que trabalhar cada vez mais para aprimorar as políticas públicas e, com isso, melhorar a qualidade de vida dos cearenses”, afirmou o governador.

A secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, citou os desafios enfrentados neste ano pelo Governo do Estado. “Mesmo com todo esse contexto nacional difícil, o Ceará vem mantendo crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) acima da média nacional. Todo ano é um grande desafio. Mas sempre buscamos maximizar a qualidade dos serviços para a população e fazer mais com menos”, disse a titular da Sefaz. Mesmo com a crise econômica do País, o Estado vem cumprindo rigorosamente com suas obrigações, com o pagamento do 13º salário no próximo dia 20 de dezembro. Somado ao pagamento das folhas salariais de novembro e dezembro, o Governo do Ceará injetará R$ 2,7 bilhões na economia cearense no período de um mês.

Segurança

De acordo com o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, o Ceará caminha para terminar o ano com os melhores resultados da década. Atualmente, o estado lidera o ranking nacional de redução de homicídios, com 52% de queda. “Os números falam por si. Dezembro começou positivo e estamos caminhando para terminar 2019 como o mais positivo dos últimos dez anos. Menor número de homicídios, latrocínios, roubo de veículos, roubo de cargas e ataques a instituições financeiras. São vários indicadores que vem caindo. Isso é resultado de muitos investimentos que foram feitos, em equipamentos, pessoal e nos três principais eixos, que são a prevenção; fortalecimento policial e reestruturação do sistema prisional”, disse André Costa.

Educação

Na área da educação, a secretária Eliana Estrela comentou os avanços nos programas realizados pelo Governo do Estado e a melhoria constante dos indicadores, que fazem do Ceará referência da área no país – o estado detém 82 das 100 melhores escolas do país no ensino fundamental e 55 das 100 melhores do ensino médio. “Tivemos muitos avanços, com a continuidade dos nossos programas e a criação de novos projetos. Ampliamos os Investimentos em nossos jovens por conta do Enem, criamos o “Estudar Fora” e dobramos o número de bolsas do Avance. Além disso, a pactuação com os municípios é fundamental para que a gente possa ter um rendimento cada vez melhor dos nossos alunos. Mas investimento não é apenas financeiro, é nas pessoas. Com respeito e muito diálogo, tanto com os nossos jovens quanto com os professores”, disse Eliana Estrela.

Protocolo de blockchain Tezos abre representação no Brasil

Posted on Updated on

Resultado de imagem para tezos

A Tezos Brazil, braço da Tezos Foundation no país, anunciou o lançamento do curso online “Blockchain Tezos: Iniciação à Programação”, oferecido pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade Rio (ITS) entre os dias 10 e 19 de dezembro. A Tezos é um protocolo de blockchain cuja Fundação está sediada na Suíça e oferece uma solução a longo prazo para os grandes desafios das redes blockchain: governança, segurança e escalabilidade. 

A rede Tezos é gerida pelos próprios usuários, que, por meio de votações, decidem os rumos que o protocolo tomará, o que gera uma governança e adaptabilidade sem precedentes. A segurança vem na forma de um processo chamado verificação formal, que é um modo de garantir que programas de computador funcionem como deveriam.

Para Fernando Carvalho, CEO da QR Capital e fundador da Tezos Brazil, a blockchain abre espaço para novas perspectivas de negócios e investimentos:

– Já estamos desenvolvendo projetos locais baseados em Tezos e totalmente aderentes ao ambiente regulatório brasileiro. A Tezos chega como uma opção extremamente segura para o desenvolvimento de novos projetos.

Luiz Milfont, consultor técnico da Tezos Brazil, associa a rede à teoria darwiniana da evolução das espécies:

– Segundo Darwin, não é o mais forte ou mais inteligente que sobrevive, e sim o mais adaptável. O investidor espera que o ambiente no qual ele está colocando seus recursos exista daqui a 20 anos. A Tezos vai existir, é flexível e se adapta aos diferentes ambientes regulatórios e diferentes necessidades e, portanto, perdura.  Seguindo essa analogia, o protocolo mais forte é o Bitcoin, o mais inteligente é o Ethereum e o mais adaptável é o Tezos.

CURSO PARA DESENVOLVEDORES E ENTUSIASTAS

O curso “Blockchain Tezos: Iniciação à Programação” é gratuito, online e ao vivo, realizado em conjunto pela Tezos Brazil e o ITS Rio nos dias 10, 12, 17 e 19 de dezembro, de 19h às 20h30. As aulas serão ministradas por quatro participantes: Bruno Bernardo, Gerente Técnico na Nomadic Labs, maior laboratório de desenvolvimento de soluções tecnológicas em Tezos do mundo, sediado em Paris; Fernando Carvalho, CEO da QR Capital e fundador da Tezos Brazil; Gabriel Aleixo, pesquisador do ITS Rio e analista da QR Capital; e Luiz Milfont, consultor técnico da Tezos Brazil e especialista no protocolo. Programação completa do curso no link https://itsrio.org/pt/cursos/blockchain-tezos-introducao-a-programacao/

SOBRE A TEZOS

Construída de forma segura para evoluir organicamente, Tezos fornece uma solução ideal de longo prazo para transações digitais, uma vez que aborda os desafios de governança, segurança e escalabilidade, que a tecnologia blockchain tem enfrentado historicamente.

Criada por Arthur Breitman e sua esposa Kathleen Breitman, ambos oriundos do mercado financeiro, a Tezos anunciou seu ICO (Initial Coin Offering) em 2017, levantando aproximadamente 232 milhões de dólares.

A característica única de Tezos é sua capacidade de evoluir de forma programada. A rede altera a versão do protocolo de acordo com o resultado de uma eleição online, evitando bifurcações (conhecidas como “forks”).

SOBRE A QR CAPITAL

A QR Capital é uma fintech criada em 2017 que busca a profissionalização, a transparência e a autorregulação do mercado de criptoativos, antecipando-se à discussão do marco regulatório do setor. A empresa nasceu da união de expertises dos sócios Fernando Carvalho, executivo experiente no mundo corporativo; Marcos Bodin, fundador da Arkhe Corretora; José Henrique Secco, sócio da Adipar Corretora; e Henrique Mattoso, sócio da Simplific Pavarini.

A QR Capital é uma solução completa de investimentos em criptoativos, prestando serviços de corretagem, gestão de carteiras individuais de criptoativos e emissão de ativos digitais.

A empresa também investiu em movimentos importantes, como as aquisições de participações estratégicas da Foxbit, maior corretora de criptoativos do Brasil em 2018, e da Hathor Network, protocolo de Blockchain com tecnologia inovadora. Além disso, em menos de um ano de criação, foi selecionada pelo BNDES, para o programa de aceleração do Banco, e pelo CIAB Febraban, para participar do maior evento de tecnologia financeira da América Latina. 

Razões para incluir a prática da Atenção Plena em seu trabalho

Posted on Updated on

Não é novidade que temos que estar capacitados perante os avanços da tecnologia e à uma enxurrada constante de informação. Junte a isso prazos curtos, a necessidade de se manter em alta performance, a crescente competitividade no mercado de trabalho e o receio de perder o emprego ou seus clientes.   Como preparar nossa mente para seguir motivada, lidar com a velocidade e as exigências do mundo atual, e ainda desenvolver habilidades de gestão e relacionamento? Talvez a resposta seja essa: praticando Atenção Plena ou Mindfulness. Veja 3 razões para você integrar essa prática em seu dia a dia do trabalho: 

Você vai se comunicar e escutar de forma mais atenta e empáticaA comunicação consciente e a escuta ativa são habilidades desenvolvidas e ampliadas com a prática da Atenção Plena. Essas habilidades são essenciais em áreas como vendas, recursos humanos, formação de equipes e solução geral de problemas. Quando a mente está menos ocupada e nossa capacidade de se concentrar é mais desenvolvida, podemos nos comunicar com maior clareza com colegas de trabalho, clientes e fornecedores. Ao mudar o foco e a atenção, construímos relacionamentos mais cuidadosos e empáticos, impactando positivamente o ambiente e os resultados da empresa.

 Foco e concentração serão aperfeiçoadosQuando aprendemos a lidar com as distrações, tanto do mundo exterior como pensamentos criados pela nossa mente, conseguimos nos concentrar no que é verdadeiramente importante. Nos desprendemos de velhos padrões e hábitos, cortamos as ruminações e criamos espaço para focar nas questões mais estratégicas, melhorando nossa capacidade de avaliar situações, enxergar diversos pontos de vista e soluções que minimizem riscos.

Você vai começar a dar mais valor ao seu trabalho
A prática de Mindfulness nos proporciona um olhar profundo sobre o que passa dentro de nossa cabeça. À medida que observamos, percebemos e desapegamos de nossos pensamentos. O contexto de nosso trabalho muda, tornando-se parte integrante de nossa prática. Transformamos a maneira como interagimos com clientes e colegas de trabalho. Internamente, reduzimos o sequestro pelos pensamentos e pelas ações repetitivas negativas, como arrependimento sobre coisas que aconteceram ou uma preocupação exagerada sobre o que ainda pode acontecer. Não há nada além de apreciação e aceitação quando você vive “no momento”, em vez de se distrair olhando o passado ou em direção a um futuro que talvez nunca se materialize.

Empresa de intercâmbios lança nova modalidade de franquia

Posted on Updated on

A busca por novas estratégias tem sido um dos maiores objetivos da Seda Intercâmbios, única agência brasileira com uma escola no exterior, a Seda College, em Dublin, na Irlanda, que foi eleita por três anos consecutivos como a melhor escola da capital irlandesa. A empresa, que anunciou o plano de expansão por franquias recentemente, acaba de lançar mais uma novidade, o modelo franqueado Mobile.

O objetivo da marca é captar bons franqueados, mas que nem sempre dispõe de recursos financeiros suficientes para investir no modelo de loja, cujo investimento total gira em torno de R$ 80 mil. “Percebemos que há bons profissionais no mercado, que podem render ótimos frutos para a empresa, mas que ficam limitados pela questão financeira. Por isso, resolvemos apostar em um modelo mais simples, com menor investimento e maior flexibilidade de atuação”, afirma Helicon Alvares, CEO da Seda Intercâmbios. 

Nesse formato, o investimento é de apenas R$ 7.500, que é a taxa de franquia. O franqueado pode trabalhar de casa e, sempre que precisar atender um cliente presencialmente, pode contar com a estrutura de uma loja física que já exista em sua região. “Esse é um modelo que permite um rápido crescimento da rede, além de potencializar o faturamento da loja, que passa a receber uma comissão pelas vendas dos franqueados Mobile”, explica. 

A expectativa para o novo modelo é grande. A empresa não pretende limitar o número de franqueados Mobile por loja física e, afirma avaliar a possibilidade de investir nas lojas com recursos próprios nas cidades onde houver um número considerável de interessados. “Entendemos que se esse modelo tiver uma boa aceitação, é viável que nós mesmos façamos a gestão das lojas para que elas sejam apenas um ponto de apoio para os franqueados Mobile”, aponta o CEO.

O grande diferencial desse formato é o fato de eliminar uma das maiores barreiras de entrada de bons franqueados, que é o investimento necessário para a abertura de uma loja. Além disso, muitas vezes ele não consegue atuar em toda a sua região, ficando restrito aos limites geográficos estabelecidos pela franqueadora. “Nosso modelo é revolucionário porque permite que o franqueado trabalhe de casa e, quando precisar, vá até uma loja para fazer um atendimento, treinamento ou mesmo para participar de eventos. Esse conceito alia o melhor dos cenários para todas as partes envolvidas: franqueador, franqueado loja e franqueado Mobile”, finaliza Alvares.

TCE do Ceará bate recorde de julgamento de prestações de contas em 2019

Posted on Updated on

A taxa de crescimento dos julgamentos de prestações de contas estaduais e municipais foi de 66% em 2019 (período de janeiro a novembro), em comparação ao exercício de 2018. Ao levar em consideração apenas os processos de prestações de contas municipais, a taxa anual sobe para 76 pontos percentuais ao comparar o ano de 2019 com o ano anterior. Os dados reforçam as informações divulgadas no terceiro trimestre, que indicaram um recorde no número de julgamentos dessa espécie processual nos últimos 10 anos.

Ao longo do período, verificou-se uma trajetória descendente entre os anos de 2016 e 2017, período em que o Tribunal de Contas do Estado absorveu as atribuições referentes à análise dos recursos municipais. Porém, já a partir do ano seguinte houve um incremento na quantidade de processos de contas julgados, superando o total verificado nos anos anteriores.
Levando-se em consideração todas as espécies processuais julgadas pelas Câmaras e pelo Pleno do Tribunal, tanto envolvendo recursos municipais quanto estaduais, foi registrado um crescimento de 20% no número de julgamentos de janeiro a novembro de 2019 em comparação ao exercício anterior.

No âmbito estadual, observou-se uma tendência do crescimento de julgamentos de processos. Em 2016, o total de processos estaduais julgados foi de 4.417. De janeiro a novembro de 2019, o total de julgamentos chegou a 7.575, evidenciando uma taxa de variação de 30% no período. Em relação à gestão municipal, em 2016, com informações dos sistemas do extinto TCM, o total de julgamentos foi de 6.863. De janeiro a novembro de 2019, o número de julgamentos de processos municipais já foi ultrapassado, chegando a 7.053.

Ceará em Férias: Funcionamento diário marca temporada de alta estação no Praia Acessível

Posted on Updated on

O projeto Praia Acessível funcionará todos os dias nos meses de dezembro e janeiro, das 9 horas às 13 horas. O Governo do Ceará e a Prefeitura de Fortaleza realizam o lançamento da temporada de férias com atendimento diário neste sábado (7), às 9 horas, na estação da Praia de Iracema. Na ocasião, novos materiais e equipamentos serão entregues para o uso no projeto que promove acessibilidade de idosos, pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida às praias. A solenidade contará com as presenças da primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, e da secretária de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Socorro França.

Mesas, cadeiras e tendas serão entregues para o uso da população no projeto. Já os profissionais também receberão novos uniformes e protetores solares. Cadeiras anfíbias e esteiras passaram por manutenção para o melhor atendimento do público. A iniciativa, idealizada pelo Governo do Ceará, conta na Capital com a parceria da Prefeitura de Fortaleza e do Hotel Sonata. Já no Cumbuco a parceria é com a Prefeitura de Caucaia e Cumbuco Beach.

O objetivo nessa alta estação é atender as férias escolares e a demanda turística em um espaço adaptado. A primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, faz um convite para a população aproveitar o projeto na temporada de férias. “Convido os cearenses e turistas para aproveitarem o período de férias para unir toda a família no projeto. Vale ressaltar que no local temos espaços voltados para as crianças e toda uma estrutura para o conforto do público. É muito gratificante ouvir histórias de vidas transformadas pela iniciativa. E com a ampliação dos dias de atendimento, mais pessoas vão ter acesso ao mar e ter essa oportunidade de lazer”, ressaltou Onélia.

A secretária de Proteção Social (SPS), Socorro França, destacou a importância do projeto estimular o vínculo da comunidade e do público atendido pela iniciativa. “Temos conseguido ofertar uma opção de lazer e trabalhar a socialização desse público, integrando pessoas das mais diversas idades e necessidades. Isso é extremamente gratificante. O Praia Acessível é muito importante para a consolidação de política pública de atenção à pessoa idosa e com deficiência É o resultado de uma política de cidadania que muito tem nos alegrado”, salienta a secretária da Proteção Social (SPS).

Até o fim de novembro, o projeto realizou 7.272 atendimentos nas estações da Praia de Iracema, em Fortaleza, e no Cumbuco, no município de Caucaia. Segundo a coordenadora especial de Políticas para a Pessoa Idosa e Pessoa com Deficiência, Vyna Leite, o projeto já tem um público fiel. “O Praia Acessível já conquistou um público cativo, que só tende a se ampliar no período de férias. Estarmos com toda a estrutura disponível para atender a mais pessoas e fortalecer essa verdadeira política de inclusão”, disse.

Também voltado para crianças com deficiência, o Praia Acessível faz parte do Programa Mais Infância Ceará, especificamente no pilar Tempo de Brincar, que foca nos benefícios da brincadeira para o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional das crianças, além do convívio familiar, da socialização e de sua integração à cultura de sua comunidade.

O refúgio e suas consequências: quando os mais atingidos são crianças

Posted on Updated on

Dados da Organização Internacional das Migrações (OIM), da ONU, mostram que em julho deste ano, o número de pessoas que deixaram a Venezuela por causa da crise no país superou a marca dos 4 milhões. Desse total, cerca de 165 mil buscaram refúgio no Brasil, quase sempre entrando no país pela divisa da Venezuela com o estado de Roraima. Em meio às centenas de venezuelanos que continuam chegando ao Brasil todos os dias, não foi possível ignorar o caso da pequena Everianny Del Valle Fuentes, de sete anos.

Integrante da nação indígena Warao, ela chamou a atenção dos voluntários da Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI), responsáveis pelo abrigo Pintolândia, em Boa Vista, destinado ao acolhimento de indígenas refugiados. Ao chegar, Everianny estava quase cega, em decorrência de uma infecção contraída dois anos antes, após ser acometida por sarampo.

Avaliações médicas concluíram que havia alguma chance de salvar seu olho esquerdo. A menina foi transferida com sua mãe e irmã menor para São Paulo pela FFHI, depois encaminhada ao Hospital de Sorocaba, a 80 km da Capital paulista. Em regime de urgência, Everianny foi submetida em julho a um transplante de córnea em circunstâncias extremamente complexas, já que a lesão ocular apresentava marcas profundas.

Vitória

Convalescendo ao lado da mãe Orine, de 23 anos, e da irmã Ederiani, de 2 anos, Everianny recebe todos os cuidados necessários para sua recuperação no Núcleo-Luz de Figueira, comunidade filiada à FFHI no município de Carapicuiba na Grande São Paulo. O processo exige atenção permanente, excelentes condições de higiene e a aplicação de vários colírios ao longo do dia.

Para a médica Rosana Maura Gentil, oftalmologista voluntária da FFHI que acompanha o caso, a jornada da pequena indígena prossegue, sem data para acabar, porque o quadro é complexo e exige cuidados permanentes até a cura completa. 

“O sarampo é uma doença infecto contagiosa e, ao se instalar, pode atingir as mucosas do corpo humano. Em situações de desnutrição e baixas taxas de vitamina A, além de conjunturas ambientais como falta de saneamento básico e condições de higiene tópica, abre-se a chance de evolução de complicações  como as da garota“, explica.

Medicamentos de hora em hora

Para a Madre Maria Glória, missionária da FFHI que acompanha a situação, os cuidados necessários no pós-operatório exigiram que Everianny e sua família permanecessem no Núcleo-Luz, para garantir a melhor recuperação.  “Para a mãe da menina, às vezes é difícil entender a necessidade de respeitar os horários dos colírios e os tipos, porque são vários. Então programamos nossos celulares e ainda fizemos uma tabela, com marcação de cores, para ajudar a orientar a mãe nesses cuidados“, relata. “O ambiente aqui é o que de melhor podemos oferecer a elas, para que o olho esquerdo da menina seja, enfim, preservado. 

Próximos passos 

Além do processo de recuperação, há um tratamento meticuloso a cumprir e a resposta a cada fase é uma incógnita.  “Ainda há uma opacidade do cristalino, um dos componentes do sistema complexo que é o olho humano, que no futuro pode exigir mais uma cirurgia, algo como uma operação de catarata. Por enquanto, não é possível determinar o tempo que será necessário para que o olho esteja completamente recuperado,” explica a médica.

A luta para salvar a visão de Everianny causou um atraso educativo. Ela ainda não foi alfabetizada e por ora, como a prioridade é salvar o olho esquerdo, a educação ficou em segundo plano.  Madre Maria Gloria ressalta a inteligência da menina, que já mostra grande habilidade nos idiomas espanhol e português, muitas vezes para ajudar sua mãe a compreender o que as pessoas falam e vice-versa. “Imagine quando ela puder ter acesso a uma educação formal!”

Outras crianças em risco

Segundo o Alto Comissariado da ONU para Refugiados (ACNUR), mais de 70 milhões de pessoas estão em deslocamento no planeta, em uma onda migratória só comparável à da 2ª Guerra Mundial, na década de 1940. Desse total, quase a metade, ou cerca de 30 milhões, é de crianças e jovens em idade escolar. Os venezuelanos já são o segundo maior grupo em movimento no mundo, atrás apenas dos sírios, que já são mais de 5,5 milhões. Entre os venezuelanos, a proporção de menores mantém-se em torno de 50%.

“Além das necessidades básicas de sobrevivência, é essencial educar essas crianças assim que são alojadas em acampamentos provisórios, como ocorre em Roraima”, alerta o gestor geral da FFHI, Frei Luciano. A educação em situações de emergência, tema relativamente novo no Brasil, foi abordada recentemente em um seminário promovido pela FFHI que reuniu mais de 400 educadores, psicólogos e assistentes sociais na sede da entidade em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais.

“A FFHI tem se dedicado ao tema porque temos consciência das consequências que o refúgio pode causar aos pequenos. Temos estudos aplicados na prática para amparar e curar essas feridas da alma. O esforço para socorrer a pequena venezuelana que chegou praticamente cega até nós é um exemplo disso,” explica.

Crianças envolvidas na conjuntura de refúgio muitas vezes exibem sintomas de medo, pânico, distúrbios do sono, problemas na alimentação, no relacionamento e desenvolvimento pessoal.  O caso da pequena Everianny é grave, porém restringe-se à saúde da menina e seu desafio é vencer uma deficiência visual de alto risco. Ela tem plena consciência do que se passa e parece lidar com a questão de forma leve – um talento das crianças. Mas inúmeras outras que passaram por grande estresse e cenas de violência ou carência, quando em segurança, mostram os efeitos desses traumas no dia a dia ou em seus lares. “Também para estas, com feridas invisíveis, buscamos a cura”, finaliza o gestor.