Brasil

Administração em debate

Posted on Updated on

Do blog do jornalista Roberto Maciel, de Fortaleza:

As graduações em Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comércio Exterior e Tecnológos em Gestão de Recursos Humanos, Marketing e Processos Gerenciais da Unifor encerram hoje (29 de maio), o V Encontro de Pesquisa em Administração (EPA).

O encontro visa a incentivar jovens talentos no campo da pesquisa científica em Gestão a iniciar sua preparação para futuros programas de Pós-Graduação, para sua inserção como pesquisadores em empresas públicas e privadas e para subsidiar a geração de inovação para a economia e a sociedade, de modo amplo.

Em sua quinta edição, o EPA tem como tema principal “Inteligência Artifical nas Organizações”, onde será debatido a contribuição da inovação nas organizações.
O evento tem como público-alvo estudantes, professores e profissionais da Administração e áreas correlatas, autores de trabalhos técnico-científicos de alto nível e relevância, independentemente de sua instituição de origem e do tempo de envolvimento com o curso.

Os Eixos Acadêmicos a serem apresentados são:

– Organização e Estratégia: Processos organizacionais, Gestão de pessoas; Gestão estratégica; Gestão pública; Gestão da Inovação; Empreendedorismo; Sustentabilidade.
– Negócios e Operações: Gestão de operações; Marketing; Finanças; Contabilidade; Negócios Internacionais; Aplicação de conhecimento científico no mercado.

Caucaia contra o trabalho infantil

Posted on Updated on

O município de Caucaia, no litoral leste do Ceará e na Região Metropolitana de Fortaleza, estabeleceu uma meta: o prêmio do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca).

O prêmio é uma iniciativa do Ministério Público do Trabalho que valoriza manifestações artísticas contra a mão-de-obra irregular e nociva à sociedade e reconhece ações positivas.

A Secretaria de Educação de Caucaia está articulado trabalhos com os estudantes das escolas locais em várias frentes.

Atum na pauta da economia

Posted on Updated on

Publicadas hoje na Coluna Comunicado, do Diário do Nordeste (CE) e no blog do jornalista Roberto Maciel:

Não é só a indústria hiper-mecanizada, com grandes equipamentos, que está na mira da economia local. A Federação das Indústrias do Estado do Ceará está agora dando atenção especial à pesca do atum. Não é à toa. A maior parcela dos produto que abastece o País sai dos verdes mares bravios do Ceará.

A ideia é organizar com métodos e planejamento a produção local, que chega a 1 milhão de quilos mensais. Isso não representa apenas qualidade e rentabilidade, mas uma proteção contra sanções de entidades ambientais como a Comissão Internacional para a Conservação dos Tunídeos no Atlântico.

Fortaleza espera 50 mil turistas no feriadão de Corpus Christi

Posted on Updated on

Fortaleza (CE) tem a expectativa de receber no feriado de Corpus Christi, de amanhã (30.5) a 2 de junho, aproximadamente 50 mil turistas. Esse quantitativo representa impacto econômico para o período de R$ 126 milhões em todo o Estado. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH–CE), em relação à ocupação dos leitos da rede hoteleira, a estimativa chega a 50%.

A capital vem sendo apontada como um dos principais destinos dos brasileiros para feriados e férias. Conforme o site de planejamento de viagens, Kayak, para o feriado de Corpus Christi, a capital está em 6ª posição entre os mais procurados, com aumento de 47% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A CVC, maior operadora de turismo do País, também trouxe Fortaleza no ranking na intenção de viagem dos brasileiros para as férias de julho, ocupando a terceira colocação, atrás de Maceió e Porto Seguro.

Este é o segundo feriado prolongado no mês de maio. O Dia do Trabalhador, comemorado no dia 1º, e de Corpus Christi (31) irão juntos injetar R$ 9 bilhões na economia em todo o Brasil, resultado das cerca de 4,5 milhões de viagens no período. O levantamento foi realizado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e prevê que este será o mês mais lucrativo em viagens (levando em consideração os outros feriados após maio).

Ainda segundo o estudo, maio será o mês com mais feriados escolhidos para viajar, ultrapassando as 3,7 mil viagens que serão feitas em novembro (Finados e Proclamação da República). A folga prolongada que terá maior impacto neste ano será em Corpus Christi, com previsão de 2,4 milhões de viagens realizadas.

Plenário do Senado pode votar hoje preços mínimos do frete rodoviário

Posted on Updated on

O presidente do senado, Eunício Oliveira(MDB), deve incluir na pauta do Plenário o PLC 121/2017, que regula o preço mínimo dos fretes rodoviários. Com isso, atende a uma reivindicação dos representantes dos caminhoneiros exposta em reunião no Palácio do Planalto que selou o acordo com o governo para o encerramento da paralisação da categoria. O projeto foi aprovado pela Câmara dos Deputados em setembro e, no Senado, está sob a relatoria do líder do governo, senador Romero Jucá (MDB-RR), na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Eunício informou que tão logo Jucá, como líder do governo, assine o pedido de urgência para tramitação do projeto, a Presidência da Casa se encarregará das demais assinaturas dos líderes para abrir a discussão e votar o texto no Plenário. A previsão é de que isso ocorra hoje (29.5) ou na semana seguinte.

Para que o PLC 121 possa ser analisado, terão de ser votadas primeiramente seis medidas provisórias que estarão trancando a pauta do Senado na próxima semana: as MPs 812, 813, 816, de 2017, e 817, 818 e 819, de 2018.

— Assim que o líder do governo assinar o pedido de urgência, eu me comprometo a levar o projeto ao Plenário. Não me comprometi com a aprovação, e sim com a pauta. Mas precisamos da demonstração de concordância da liderança do governo — disse Eunício.

Quanto ao projeto que zera até o final do ano a cobrança de PIS/Cofins sobre o óleo diesel, aprovado na quarta-feira (23) pelaCâmara dos Deputados, não há compromisso do Senado em relação a prazos. A proposta chegou à Casa na noite desta quinta e a ideia de Eunício é contribuir com o debate sobre o texto, ouvindo todos os lados envolvidos.

O presidente do Senado enfatizou que é preciso encontrar fontes alternativas de recursos que possam cobrir a perda de arrecadação do governo com essa isenção. E lembrou que a questão envolve, por exemplo, financiamento de ações na saúde.

As alíquotas do PIS e da Cofins tinham subido em julho de 2017 para aumentar a arrecadação do governo em mais R$ 10,4 bilhões naquele ano.

Eunício Oliveira disse ainda que, se o projeto que veio da Câmara tratasse apenas de zerar a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), a proposta seria pautada para análise do Plenário já na próxima semana. Retirar a incidência da Cide sobre o óleo diesel é o primeiro ponto do acordo assinado entre o governo e os caminhoneiros.

A líder do MDB no Senado, Simone Tebet (MS), que participou da reunião com Eunício, deu detalhes sobre a parte do acordo que se relaciona com a Petrobras.

— A Petrobras passará a realizar ajustes mensais de preços, e não mais diários. Se utilizará a média das variações para correções para cima ou para baixo — afirmou a senadora, que havia proposto essa ideia ao debater a crise em Plenário, no dia anterior.

O líder do DEM, senador Ronaldo Caiado (GO), destacou também a questão de o governo passar a garantir aos transportadores autônomos parte dos fretes de empresas estatais.

— Foi pedido pelos caminhoneiros que 30% dos fretes da Conab e da Petrobras sejam realizados por transportadores autônomos. Acho que é um ponto justo, somado à redução dos custos do óleo diesel. Mas que isso fique claro que é política de responsabilidade do presidente da República. É a Presidência da República que dita as políticas da Petrobras e da Conab. Daqui a 15 dias iremos nos reunir de novo para ver o andamento do acordo — observou Caiado.

O líder do PT, senador Lindbergh Farias (RJ), frisou ser importante que o governo mude a política de preços da Petrobras, em andamento desde a posse de Pedro Parente como presidente da estatal do petróleo.

— Se não mudar a política de preços do governo Temer, não vai haver estabilidade. Foram mais de 200 aumentos de preços. É muita volatilidade. Tem muitos brasileiros que estão cozinhando com fogão a lenha porque o gás se tornou impraticável. O governo fica procurando de onde tirar dinheiro para cobrir as renúncias fiscais, mas concede isenções de quase R$ 16 bilhões às petroleiras estrangeiras — declarou Lindbergh.

Senai-CE oferece mais de 3,3 mil vagas em cursos

Posted on Updated on

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Ceará (Senai-CE) abre cerca de 3.300 vagas nesse semestre para cursos presenciais e a distância. São 196 turmas no total. Destaque para o curso de Assistente de Recursos Humanos na unidade de Juazeiro do Norte e Mecânico de Manutenção de Motocicletas, na Barra do Ceará.

Nos cursos de qualificação profissional e curta duração, destacam-se Manutenção de Máquina Lavar; Eletricista de Automóveis; Dimensionamento de Sistemas Fotovoltaicos; Cortador de Roupas; Fashion Future; Modelagem Avançada em Lingerie Feminina; Confeiteiro; Padeiro; Boas Práticas de Fabricação; Excel Pleno; Mecânico de manutenção em máquinas de costura; Mecânico de manutenção em máquinas industriais; Montador de sistemas fotovoltaicos; Cronometragem e Cronoanálise; Supervisor industrial; Fundamentos de Soldagem; Acionamentos Eletroeletrônicos de Motores, Mecânico de Veículo Diesel.

Na modalidade Educação a Distância, com a vantagem do aluno assistir às aulas pela Internet no momento em que preferir e cumprir apenas parte da carga horária obrigatória em aulas presenciais, são ofertadas 12 turmas com 545 vagas, sendo nove de iniciação profissional com o preço mais em conta no valor de R$ 14,00 cada. São eles: Consumo Consciente de Energia; Desenho Arquitetônico; Fundamentos de Logística; Segurança do Trabalho; Lógica da Programação, entre outros.

O Senai possui unidades nos bairros Barra do Ceará, Jacarecanga e Parangaba, em Fortaleza; Maracanaú na Região Metropolitana; Sobral e Juazeiro do Norte no Interior do Estado. Mais informações acesse aqui o site do Senai ou ligue para Central de Relacionamento do Sistema Fiec: (85)4009. 6300 (Fortaleza e Região Metropolitana); (88) 3102.5750 (Juazeiro do Norte); (88) 3112.8300 (Sobral).

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai Ceará tem a missão de contribuir para o aumento da produtividade do trabalhador e para o incremento da competitividade da indústria do Estado do Ceará. O SENAI faz parte do Sistema Fiec, junto com o Serviço Social da Indústria – Sesi Ceará, o Instituto Euvaldo Lodi Ceará e o Centro Internacional de Negócios.

Atualização cartográfica já trata de Fortaleza em 2040

Posted on

O site Fortaleza em Mapas acaba de acrescentar duas novas categorias: Fortaleza 2040 e Legislação. Foram disponibilizados mapas das publicações do Plano Mestre Urbanístico e do Plano de Habitação de Interesse Social, além das Zonas Especiais. No total, foram incluídos 84 mapas ao site. O Fortaleza em Mapas, oferecido pela Prefeitura de Fortaleza, é mantido pelo Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor).

O material referente ao Plano Fortaleza 2040 está disponível para download em formato .pdf e pode ser impresso. Os demais mapas estão disponíveis para download em shapes com opção de .pdf e kml e também podem ser impressos.

As publicações que foram acrescentadas à categoria Fortaleza 2040, o planejamento de desenvolvimento em vigência na Cidade, são mapas referentes:

– ao Plano Mestre Urbanístico (divididos pelos temas: Bairro de Inovação, Comércio, Corredores, Cultura e Patrimônio, Emprego, Meio Ambiente, Planos Específicos, Relação com Assentamentos Precários, Região Metropolitana de Fortaleza, Sequência de Implantação, Transportes e Infraestrutura) e

– ao Plano de Habitação de Interesse Social (divididos pelos temas: Assentamentos precários, Jovens que não trabalham nem estudam e assentamentos precários, Homicídios e assentamentos precários, Dengue e assentamentos precários, Atualização – assentamentos precários, Tipologia dos assentamentos precários, Áreas de risco – Assentamentos precários, Característica – Assentamentos precários, Intervenções necessárias – Assentamentos Precários, Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis), Vazios Urbanos e Zeis de Vazios, Assentamentos precários em alto risco social e Novas Prioridades).

No tópico Legislação, o usuário tem acesso às Zonas Especiais:
– ZEA (Zonas Especiais Ambientais),
– Zedus (Zonas Especiais de Dinamização Urbanística e Socioeconômica),
– Zeis (Zonas Especiais de Interesse Social) e
– ZEPH (Zonas Especiais de Preservação do Patrimônio Paisagístico, Histórico, Cultural e Arqueológico).

O site tem como público-alvo a população em geral, mais especificamente profissionais e estudiosos ligados ao urbanismo, à arquitetura, à economia, à sociologia além de agentes públicos. A intenção é ampliar o acesso à informação, promovendo a visualização dos 125 mapas, que podem servir de objeto de pesquisa e estudos para a produção do conhecimento.

Além das categorias Fortaleza 2040 e Legislação, o site oferece informações referentes a diversas áreas. Os demais tópicos são: Socioeconômico e Territoriais. Cada uma apresenta um conjunto cartográfico de informações à população:

– Socioeconômico (Demografia, Educação, Indicadores do Milênio, Projetos Sociais, Territórios de Cidadania e Valores do solo de referência para IPTU);

– Territoriais (Área Edificada, Assentamentos Precários, Equipamentos, Limpeza e Saneamento, Patrimônio Histórico Cultural, Praças e Áreas Verdes, e Saúde).

O Fortaleza em Mapas é administrado pela Diretoria de Sistema de Informação (Disin). Nesta etapa da inclusão dos novos documentos, atuaram diretamente, junto com a diretora Ana Cláudia Teixeira, os colaboradores Flávia Moraes, Augusto Feitosa, Marcelo Santos e Sergio Pires. A Disin atuou em parceria com a Diretoria de Planejamento (Dipla), da qual participaram Antonio Filho, Bruno Casely, Larissa Menescal e Mariana Quezado.

Também foi discutido um novo fluxo de trabalho para a inclusão dos mapas no site. O acréscimo do material, que antes era feito de forma descentralizada, passa a ser realizado pela Dipla, que está participando do processo de análise das informações.

Soluções para segmento de energia são tema de evento para startups

Posted on Updated on

Vem aí a segunda edição do EDP Starter Brasil, programa de aceleração direcionado a startups com soluções para o setor de energia, já está com inscrições abertas para empreendedores de qualquer região do País. Interessados podem se cadastrar até 31 de maio, no site www.edpstarter.com/brasil.

As equipes escolhidas durante o processo de seleção terão acesso a uma estrutura completa para suportar o desenvolvimento do seu negócio, com consultoria especializada em inovação, mentoria de executivos da EDP e de especialistas do mercado, espaço de coworking no Wework, e assessoria em diversas áreas de negócio, customizadas para as necessidades de cada empreendedor. Um dos principais diferenciais do programa é a possibilidade de investimento de até R$ 10 milhões nas startups participantes.

Além de conquistarem uma entrada no mercado de energia, as participantes passam a integrar a comunidade global do EDP Starter. Dentro do ecossistema, terão acesso a diversas oportunidades, como a possibilidade de desenvolvimento de projetos piloto financiados pela EDP, abertura a novos mercados, como a Europa, com mentoria internacional e participação em outras competições, entre elas o Seed Race e o EDP Open Innovation, além de um potencial investimento por meio da EDP Ventures, fundo de capital de risco do Grupo.

“Ao ingressarem no programa, as startups passam a fazer parte de uma comunidade global de apoio ao empreendedorismo. Atualmente, temos cinco empresas brasileiras em nosso portfólio, parte delas provenientes da última edição do EDP Starter, e estamos desenvolvendo projetos piloto com quatro delas, com resultados promissores”, ressalta Lívia Brando, gestora de inovação da Companhia.

Nessa edição, o EDP Starter está em busca de novas ideias em seis temas estratégicos: Soluções com Foco no Cliente, Inovação Digital, Energias Renováveis, Armazenamento de Energia, Redes Inteligentes e Soluções de suporte para áreas que não são core business. Para exemplificar, algumas das principais soluções seriam nas áreas de Mobilidade Elétrica, Baterias, Analytics, Gestão de Energia, Modelos de Predição, Internet das Coisas, Realidade Aumentada, Inteligência Artificial, BlockChain, Meios de Pagamento, entre outras.

A iniciativa foi organizada em conjunto com a Tropos Lab, consultoria de inovação que participará diretamente do processo de seleção e desenvolvimento das startups, com aplicação de metodologia própria, além de disponibilizar seus mentores especializados para auxiliar as equipes ao longo de todo o programa.

No Ceará, a EDP Brasil administra a UTE Pecém I. Em operação desde 2012, a usina gera 370 empregos diretos e 1.053 empregos indiretos. A atividade da usina é responsável pela transformação do Ceará de estado importador para estado exportador da energia elétrica.

Mossoró (RN) tem plano de segurança para período junino

Posted on Updated on

O Plano de Operações do Mossoró Cidade Junina (MCJ) 2018 foi apresentado pela Secretaria Estadual de Segurança, em Natal (RN). O planejamento detalhou a integração entre as forças de segurança para o MCJ, além do trabalho de videomonitoramento sob o comando da Secretaria de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito.

Conforme o coronel Sócrates Vieira, secretário da pasta, serão 66 câmeras instaladas no Corredor Cultural e pontos estratégicos da cidade. “O trabalho de videomonitoramento contará com 50 câmeras na Avenida Rio Branco e 16 em outras áreas, inclusive nas saídas de Mossoró, estas que serão permanentes”, informa, citando ainda que o monitoramento será realizado pela Guarda Civil Municipal e agentes de trânsito. O Centro Integrado de Segurança Pública Municipal será inaugurado no próximo dia 30, na sede da Guarda, onde funcionou a Secretaria Municipal de Administração.

O Plano de Operações contempla ainda o reforço de 500 agentes de segurança, que estarão distribuídos no Pingo da Mei Dia, Boca da Noite e shows de maior público na Estação das Artes Elizeu Ventania. O efetivo integra Polícia Militar, Distrito de Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, segurança privada, além de agentes municipais de Trânsito e Guarda Civil.

Com o maior número de agentes distribuído na área da festa, além da ampliação do quantitativo de câmeras, a expectativa é de um Mossoró Cidade Junina seguro, a exemplo da edição anterior, quando o evento foi considerado pelas autoridades de segurança o mais tranquilo da história.

A Secretaria de Segurança Pública deve anunciar os detalhes do Plano em coletiva de imprensa que será realizada na próxima semana.

Analistas Tributários ampliam greve

Posted on Updated on

Os Analistas Tributários da Receita Federal do Brasil ampliarão a greve. Estão agora programados mais cinco dias de paralisação, de hoje (28.5) a 1º de junho. Nesse período, aproximadamente 7 mil Analistas Tributários que exercem funções Estado irão exigir o cumprimento integral do acordo salarial da categoria, que foi assinado com o governo federal em março de 2016. Com o acirramento, os Analistas-Tributários chegam ao terceiro mês de movimento, atingindo quase 30 dias de paralisações das atividades da Receita Federal, quando diversos serviços são suspensos nas unidades do Órgão em todo o Brasil.

Nessa próxima semana não serão realizados atendimento aos contribuintes; emissão de certidões negativas e de regularidade; restituição e compensação; inscrições e alterações cadastrais; regularização de débitos e pendências; orientação aos contribuintes; parcelamento de débitos; revisões de declarações; análise de processos de cobrança; atendimentos a demandas e respostas a ofícios de outros órgãos, entre outras atividades. Já nas unidades aduaneiras ficam suspensos os serviços da Zona Primária (portos, aeroportos e postos de fronteira), nos serviços das alfândegas e inspetorias, como despachos de exportação, verificação de mercadorias, trânsito aduaneiro, embarque de suprimentos, operações especiais de vigilância e repressão, verificação física de bagagens, entre outros.

O presidente do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), Geraldo Seixas, esclarece que a greve dos Analistas-Tributários tem sido acirrada a cada semana diante da demora do governo em regulamentar por decreto o Bônus de Eficiência e Produtividade da Carreira Tributária e Aduaneira da RFB, aprovado em lei em 2017. Geraldo Seixas reforça ainda que a gratificação está amparada no cumprimento de metas de eficiência institucional da Receita Federal. “Esgotamos todas as vias de diálogo junto ao governo, e a greve é a nossa única alternativa para exigir respeito aos direitos da categoria. O acordo salarial da Carreira Tributária e Aduaneira é discutido exaustivamente há mais de três anos e já foi aprovado em lei, no ano passado. Dependemos apenas da emissão do decreto e a morosidade do governo é injustificável”, explica Seixas.