Brasil

Índice de Confiança do Consumidor em queda livre

Posted on Updated on

Matéria de Victor Abdala, na Agência Brasil:

O Índice de Confiança do Consumidor, medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), recuou 1,7 ponto de agosto para setembro e chegou a 82,1 pontos, em uma escala de zero a 200. Com o resultado, o índice retorna ao nível de junho passado, quando a confiança havia sido abalada pela greve dos caminhoneiros.

A queda foi provocada pela expectativa. O Índice de Expectativas caiu 3,3 pontos e chegou a 89,7, o menor nível desde fevereiro de 2017 (89 pontos).

O indicador que mede o otimismo com relação à evolução da economia diminuiu 3,4 pontos, ao passar de 103,4 em agosto, para 100 pontos, o menor desde maio de 2016 (que também foi de 100 pontos).

Já o Índice de Situação Atual, que mede a satisfação dos consumidores com o momento atual, subiu 0,9 ponto para 72,3 pontos, recuperando parte das perdas do mês anterior.

Segundo a coordenadora da pesquisa, Viviane Seda, o resultado parece estar diretamente relacionado à situação financeira das famílias e à lenta recuperação do mercado de trabalho.

Ela explica que o cenário político-eleitoral não parece ser o principal fator para a queda do indicador em setembro.

Ambientalistas do Ceará se alinham a Haddad

Posted on Updated on

O manifesto “Ambientalistas com Haddad” será lançado nesta quinta-feira, dia 18 de outubro de 2018, às 18h, na sede do Comitê Democracia, na Avenida Pessoa Anta, 218, no Bairro Praia de Iracema, em apoio à candidatura de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República.

A inciativa partiu do secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno e de vários ambientalistas. Representações de entidades ligadas ao seto e de diversos partidos devem comparecer.

“Estamos vivendo ameaças reais sobre as políticas de Meio Ambiente previstas na nossa Constituição e, consequentemente, acerca da preservação de nossos recursos naturais. Neste momento, o que está em jogo vai além dos candidatos e/ou partidos em si, mas suas propostas políticas. Temos o desafio de defender a própria existência do Ministério do Meio Ambiente”, ressaltou.

Detran leiloa sucatas em Sobral (CE)

Posted on Updated on

O Detran leiloará amanhã (sexta-feira, 19.10) e sábado, a partir das 10 horas, no Centro de Convenções de Sobral, 648 lotes de motocicletas e carros e sucatas de moto e carros (sem documento e não pode mais circular nas vias públicas). O Centro de Convenções de Sobral fica na Avenida Dr. Arimatéia Monte e Silva, 300, bairro Junco.

Pessoas físicas podem fazer lances para arrematar um ou mais lotes dos 538 de motocicletas; e dos 10 lotes de carros. Somente pessoas jurídicas cadastradas no Detran é que podem fazer lances para arrematar sucatas de moto e sucatas de carros, para aproveitamento das peças.

A visitação aos lotes pode ser feita no depósito de veículos apreendidos, na sede da Regional do Detran em Sobral, das 9h às 15h., situado na Avenida John Sanford, 2595, bairro Cidade Doutor José Euclides.

Inflação na Região Metropolitana de Fortaleza avança 0,28 ponto

Posted on Updated on

Do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará:

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), em setembro de 2018, apresentou aceleração de 0,28 por cento com relação a agosto, quando ficou em menos 0,28 por cento. Em setembro do ano passado, o índice fechou em 0,16 por cento. Já o IPCA nacional registrou forte alta de 0,48 por cento em setembro em comparação com o mês imediatamente anterior. Os números estão no Termômetro da Inflação (Volume 1 – nº 10/2018) publicado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado do Ceará.

O trabalho, elaborado com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que o acumulado na RMF nos nove primeiros meses de 2018 atingiu 2,27 por cento, enquanto em igual período de 2017 o percentual foi de 1,47 por cento. O IPCA nacional, de janeiro a setembro, fechou em 3,34 por cento contra 1,78 por cento em igual período de 2017. Portanto, o acumulado na RMF ficou abaixo do nacional. Em 12 meses, o índice na RMF ficou em 3,07 por cento, ocupando, dentre as 16 cidades/regiões metropolitanas pesquisadas, o 12º lugar. Goiânia ficou em primeiro, com 5,56 por cento; São Paulo, com 5,30 por cento, em segundo e Porto Alegre, com 5,23 por cento em terceiro.

Dos nove Grupos que compõem o IPCA, o de Alimentação registrou alta de 0,31 por cento em setembro na RMF, acima inclusive do nacional, que teve alta de 0,10 por cento, apesar o grupo apresentar apenas 0,84 por cento de inflação acumulada nos últimos 12 meses para a região. Já o grupo Habitação registrou queda de preços na RMF, com variação de 0,19 por cento. O item Energia Elétrica foi o de principal impacto, com queda de 1,01 por cento. Já o Grupo Transporte acelerou fortemente tanto na RMF como no nacional com altas de 1,22 por cento e 1,69 por cento, respectivamente. O IBGE destaca que o item Passagem Aérea teve alta de 16,81 por cento, após a queda de 26,12 por cento registrada em agosto no Brasil. Para a RMF, o destaque ficou para o Item Combustíveis de Veículos que registrou alta de 3,65 por cento.

Já o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) fechou em setembro de 2018, na RMF, em alta de 0,15 por cento. Em igual mês do ano passado o índice havia registrado deflação de -0,04 por cento. No nacional, o índice também apresentou aceleração de 0,30 por cento em setembro de 2018 com relação a agosto (0,00 por cento). A aceleração do INPC na RMF elevou o acumulado dos últimos 12 meses para 2,58 por cento, acima dos 2,39 por cento registrados até agosto de 2018. O INPC se se refere às famílias com rendimento monetário de um a cinco salários mínimos. É calculado também para dez regiões metropolitanas, além de seis municípios, que são as mesmas áreas geográficas que abrange o IPCA.

Professora de Caucaia recebe prêmio nacional

Posted on Updated on

Além do crescimento no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), o município de Caucaia, no Ceará, conquistou pela primeira vez o prêmio de professora destaque no 11º Prêmio Professor do Brasil, com a professora Joênia de Oliveira Almeida Lopes, do Núcleo de Educação Infantil (Nedi) Isaías Barbosa Lima. Ela conseguiu se distinguir com sua turma de crianças de quatro anos, do Infantil IV, com o tema “Brincando de Reciclar.”

A unidade de ensino estava trabalhando a reciclagem dentro do Programa de Valores Humanos estimulado pelo projeto pedagógico do Instituto Myra Eliane e nas rodas de conversa dos alunos. Eles foram sensibilizados quanto lixo plástico, que representa risco para animais.

Muitos brinquedos e utensílios foram fabricados a partir de plásticos reutilizados e a professora achou por bem inscrever o trabalho no Prêmio. Foram 4.040 inscritos e apenas 94 professores mereceram o destaque dado a Jônia de Oliveira.

Pós-Graduação em Direito da Unifor sedia congresso

Posted on Updated on

A Universidade de Fortaleza (Unifor), com o Programa de Pós-Graduação em Direito sedia, de hoje (18.10) a sábado próximo (20.10), o VI Congresso de Direito Civil promovido pelo Instituto Brasileiro de Direito Civil (IBDCivil). O evento terá como tema “Autonomia privada, liberdade existencial e direitos Fundamentais”, entre os conferencistas estarão os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin e Cármen Lúcia.

Segundo a professora Joyceane Bezerra, coordendora do grupo de pesquisa em Direito Constitucional nas Relações Privadas da Pós-Unifor e organizadora do evento, “os ministros convidados integram a corte suprema que tem conferido legitimação às diversas manifestações da liberdade da pessoa. O Ministro Fachin tem relatado diretamente votos importantes sobre autonomia na vida existencial, notadamente quanto ao gênero. Exemplifica-se o direito à identidade de gênero que foi reconhecido recentemente, seja pela possibilidade alteração do nome e gênero nos documentos oficiais, seja pela possibilidade de uso de banheiros aos transexuais, conforme sua aparência social e sua identidade”, destaca.

Reconhecido no cenário jurídico nacional e internacional, o Congresso incentiva a produção de trabalhos científicos pelos profissionais e pesquisadores da área do Direito que, na ocasião, expõem os resumos aprovados em painéis. Para este ano, a programação conta com 16 painéis, além da presença confirmada de mais de 300 membros da sociedade civil do Brasil e exterior que debaterão temas pertinentes à iniciativa.

“As conferências fomentam a reflexão teórica sobre a temática proposta pelo evento e conduzirá como um marco teórico toda a discussão que será empreendida nos diversos painéis, sempre procurando apontar possíveis soluções para questões emergentes”, afirma a professora Joyceane.

Entre os conferencistas estrangeiros estão o ministro Ricardo Lorenzetti, presidente da Suprema Corte Argentina, destaque na área do Direito Civil por suas publicações e pela presidência da comissão responsável pelo anteprojeto do atual Código Civil e Comercial da República Argentina, o professor Fracesco Vicenzo Ruiz, da Universidade Pablo de Olavide – Espanha, a professora Inmaculada Vivas-Tesón, também da Universidade de Sevilha, e Antonio Pinto Monteiro, da Universidade de Coimbra, em Portugal.

Renomados palestrantes nacionais também participam da iniciativa, entre os confirmados estão: Gustavo Tepedino (UERJ), Paulo Lobo (UFPE), Ana Carla Harmatiuk Matos (UFPR), Giselda Hironaka (USP) Flávio Tartuce (FADISP), Marcos Ehrhardt (UFAL), Ana Carolina Brochado Teixeira (UNA-MG), Thamis Dalsender (PUC-RJ), Ana Frazão (UNB), Heloisa Helena Barbosa (UERJ), Aline Miranda Valverde (UERJ E PUC-RJ), Erolthus Cortiano (UFPR), Ana Luiza Nevares (PUC-RJ) e Joyceane Bezerra de Menezes (Unifor).

Ideias inovadoras são tema de ação do BNB

Posted on Updated on

Cinco milhões de reais. É esse o montantwe reservado pelo Banco do Nordeste para projetos que transformam ideias inovadoras em negócios de alto impacto. As verbas são do Fundo de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci), não reembolsáveis, e estão previstas no edital de subvenção econômica para inovação em empresas da Região Nordeste (veja em www.bnb.gov.br).

As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 24.10, tendo como meta o desenvolvimento de novos produtos, serviços ou processos ou a agregação de novas funcionalidades ou características a produtos, serviços ou processos já existentes relacionados aos temas: Agronegócios; Cidades Sustentáveis; Concessão, administração e recuperação de crédito; Economia Criativa – jogos eletrônicos; Educação – Edtechs; Energias renováveis; Espaços Inteligentes; Finanças – Fintechs; Microfinanças e inclusão financeira para microempreendedores; Negócios de Impacto Social; Saúde Inteligente – Healthtech; e Serviços e processos de gestão para micro e pequenas empresas.

As propostas devem usar as tecnologias de Big Data, Biotecnologia, Blockchain, Inteligência Artificial, Internet das Coisas (loT), Fotônica, Plataformas de Marketplace ou Tecnologias da informação e comunicação (TlCs).

Micro ou pequenas empresas podem concorrer. Mas devem ter receita operacional bruta ou renda agropecuária bruta auferida no exercício anterior de até R$ 4,8 milhões, sediadas em municípios dos Estados da Região Nordeste, no norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Veto de Temer cai no Congresso

Posted on Updated on

Deputados e senadores decidiram hoje derrubar o veto do presidente Michel Temer (MDB) ao piso salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias. Assim, voltará a valer a remuneração nacional da categoria prevista em medida provisória aprovada em julho pelo Congresso. A matéria segue para a promulgação.

Pela MP, os agentes receberão R$ 1.250 a partir de 2019; R$ 1.400 em 2020 e R$ 1.550 em 2021.

O presidente da República sancionou a nova regulamentação profissional da categoria (Lei 13.708/2018), mas vetou os seis pontos do texto que tratavam do reajuste. Foi mantido apenas o veto que determina que, a partir de 2022, o piso seria reajustado anualmente em percentual definido na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

De acordo com o Palácio do Planalto, a matéria aprovada pelo Congresso Nacional cria despesas obrigatórias sem estimativa de impacto orçamentário e viola a iniciativa reservada ao presidente da República no que diz respeito à criação de cargos e aumento de sua remuneração.

Senadores e deputados que usaram a palavra durante a votação da matéria defenderam a derrubada do veto. O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e a deputada Érica Kokay (PT-DF) destacaram o compromisso do Congresso na valorização desses profissionais.

– Aprovamos aqui este reajuste até 2021, foi vetado pelo Presidente da República, mas a última palavra é do Legislativo – ressaltou Flexa.

O deputado Hildo Rocha (MDB-MA) disse que reajustar os salários dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias é o mesmo que aumentar o investimento em prevenção.

– Não é aumento de salário. Aqui está se falando em reequilibrar o salário desses profissionais. Sem eles não vamos conseguir controlar os diversos tipos de doenças, além de aumentar a despesa com a saúde curativa- avaliou.

O deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE) lembrou que o reajuste é uma luta antiga desses profissionais.

– São cerca 300 mil agentes de comunitários e 100 mil agentes de combate às endemias no país que desde o ano de 2013 vêm lutando para que possamos ter uma legislação que garanta as suas atividades e um salário digno – defendeu.

Segurança do Trabalho é tema de congresso em Natal (RN)

Posted on Updated on

Natal (RN) sediará o 20º Congresso Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho, de amanhã (17 de outubro) a sexta-feira próxima (19.10), na Escola de Governo. Com o tema “Os desafios da segurança no trabalho nos dias atuais”, o evento reunirá especialistas e autoridades nacionais e internacionais na área de Segurança do Trabalho. Serão debatidos temas decorrentes dos desafios, avanços e retrocessos da área, no âmbito profissional e acadêmico, considerando a atuação nos nove países que têm o português como língua oficial.

O principal diferencial do evento deste ano é a presença de profissionais de países como Portugal, Angola e Cabo Verde, na qualidade de conferencistas e participantes. De acordo com o engenheiro Benvenuto Gonçalves, presidente da Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho – ANEST, a abordagem internacional tem a proposta de integrar os nove países lusófonos no apoio às instituições de ensino e à promoção de melhorias no percurso profissional entres esses países.

Alguns dos temas de destaque do evento são: ‘Perícias trabalhistas e previdenciárias frente à reforma trabalhista e o Novo Código Civil’; ‘Riscos psicossociais e o envelhecimento dos trabalhadores’; ‘A segurança e saúde do trabalho e a atuação do Ministério Público do Trabalho’.

Estão confirmados especialistas da área como Hélder Simões, sócio e fundador da Sociedade Portuguesa de Segurança e Higiene Ocupacionais e professor da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra/Portugal; Mario Luiz Fantazzini, consultor independente e membro do Conselho Técnico da Associação Brasileira de Higienistas Ocupacionais (ABHO); e Edwar Abreu Gonçalves, juiz do trabalho aposentado e Engenheiro de Segurança do Trabalho.

Apesar de criada e regulamentada há mais de 30 anos, ainda é de pouco conhecimento da população a atuação da Engenharia de Segurança do Trabalho. “O profissional opera em diversos ramos da atividade econômica, e tem como papel fundamental planejar a prevenção de acidentes no ambiente de trabalho e orientar as empresas e trabalhadores, a fim de preservar a segurança, saúde e a integridade física no local de trabalho, onde as pessoas passam a maior parte da sua vida”, explica o presidente da ANEST.

Mesmo vinculada à área das Ciências Exatas, Benvenuto destaca a abordagem humanística da profissão. “Nossa formação é polivalente, ou seja, apresentamos solução para todos os desafio e demandas que comprometam a segurança, a saúde e a integridade física do trabalhador. Temos que reconhecer os riscos das atividades, quantificar e adotar medidas de controle como forma de neutralizar ou eliminar o risco”, explica.

A população economicamente ativa de profissionais da Segurança do Trabalho no Brasil é de aproximadamente 120 milhões, onde cerca de 33 milhões estão trabalhando com carteira assinada. Somente no Rio Grande do Norte, são mais de 800 engenheiros especializados em Engenharia de Segurança do Trabalho registrados no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte (CREA/RN).

Os interessados no 20º Congresso Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho podem se inscrever pelo site www.conest2018.com.br. Mais informações no email contato@atualeventos.com e o telefone: (84) 3219-6611.

Unifor realiza encontros científicos

Posted on

De hoje (16.10) a sexta-feira (19.10), o campus da Unifor, em Fortaleza, abre espaço para o mundo da pesquisa, com a realização dos Encontros Científicos 2018. Este ano, serão realizados o XVIII Encontro de Pós- Graduação e Pesquisa, XVIII Encontro de Iniciação à Docência e X Encontro de Práticas Docentes e do XXIV Encontro de Iniciação à Pesquisa.

Os alunos da Unifor poderão acompanhar as apresentações dos trabalhos dos Encontros Científicos 2018, o que dará direito a um certificado válido como atividade complementar. Para isto, basta ele confirmar sua inscrição por meio do link abaixo e, no dia das apresentações, registrar sua frequência e preencher o relatório que validará sua presença.

Realizados anualmente, os Encontros Científicos da Unifor funcionam como espaço de destaque para refletir o conhecimento científico produzido pela Unifor e o incentivo à formação de pesquisadores. Trata-se de um grande mural científico para apresentar os resultados de pesquisas desenvolvidas nas diversas áreas do conhecimento.

São quatro dias de apresentações de trabalhos na forma oral, com a exposição de trabalhos de todo o País, apreciados por professores, alunos, pesquisadores e visitantes de outras instituições de ensino superior que vêm à Universidade de Fortaleza.