Brasil

Samu de Fortaleza acrescenta mais 11 ambulâncias

Posted on Updated on

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), entregou 11 novas ambulâncias para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O novo lote irá somar-se às sete novas unidades entregues em outubro de 2018, com Fortaleza contando com 18 novas unidades, renovando 100% da frota em uso na cidade.

O Samu Fortaleza opera com 5 Unidades de Serviço Avançado, 12 Unidades Básicas, 1 Unidade Psiquiátrica e 4 motloâncias, além do Bike Vida, que presta atendimento na Avenida Beira-Mar.

Destinado ao atendimento de emergências médicas pré-hospitalares agudas e graves, o serviço é acionado pelo número 192, que funciona 24 horas e dá acesso a uma Central de Regulação, na Coordenadoria Integrada de Ações de Segurança (Ciops). As chamadas são acolhidas inicialmente por telefonistas treinadas e os casos são enviados para análise de médicos, que enviam o recurso necessário de acordo com o tipo de emergência.

Esses recursos podem variar entre orientações de procedimentos por telefone, envio de moto ambulância, de uma unidade básica ou uma unidade de serviço avançado. As motolâncias circulam durante o dia e garantem maior velocidade no atendimento de ocorrências que requerem agilidade de deslocamento ou em áreas de difícil acesso. As unidades básicas são equipadas para, se necessário, iniciar reanimação cardiovascular no paciente e contam com um técnico e motorista. Já as unidades de serviço avançado funcionam como uma UTI móvel e são dotadas de recursos para atendimento de pacientes mais graves, com uma equipe de médico, enfermeiro e condutor e todos os recursos disponíveis no tratamento médico intensivo.

O tempo de resposta das equipes depende de três importantes fatores: trânsito, volume de trotes e preparo das pessoas que acionam o serviço. As intervenções realizadas na área de mobilidade urbana pela gestão do Prefeito Roberto Cláudio e o apoio das equipes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) têm garantido que o Samu possa fazer deslocamentos mais rápidos pela cidade. A renovação de 100% da idade da frota também permitirá uma melhor gestão do serviço, com frota reserva para substituir veículos em manutenção preventiva.

Aproximação do cidadão é meta de gestão da Câmara Municipal de Fortaleza

Posted on Updated on

O novo presidente da Câmara de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT), apresentou o projeto de gestão da nova Mesa Diretora. Segundo ele, haverá foco em três eixos; aproximar o Legislativo da população, fomentar práticas para que o cidadão se aproprie da Casa e qualificar o acesso às matérias legislativas, exigindo cada vez mais transparência nos processos de tramitação e votação dos projetos.

No início da sua fala, Antônio Henrique relembrou que há dez anos, no dia 1º de fevereiro de 2009, participou da sua primeira sessão como parlamentar. “Há dez anos participei da primeira sessão como parlamentar e hoje me sinto honrado em poder abrir os trabalhos do Legislativo como presidente. Agradeço novamente a confiança depositada em mim e quero aqui reafirmar o compromisso de ser mediador e facilitador para cada um dos vereadores”.

O presidente afirmou que sua gestão pretende fortalecer o funcionamento das Comissões Técnicas, fazer um levantamento qualitativo das políticas públicas e projetos implantados, e aproximar o Legislativo da população. “Para isso já estamos elaborando um conjunto de ações que visam priorizar a ação direta da casa com a comunidade, fomentar as práticas para que o cidadão se aproprie da Casa, qualificar o acesso das matérias legislativas com maior transparência”.

Com relação aos trabalhos da Câmara e Prefeitura, o gestor ressaltou o papel do Legislativo em contribuir nas ações municipais. “Nosso papel é também lançar luz sobre essas ações, para que elas realmente representem as necessidades da população”.

Antônio Henrique reafirmou o papel dos parlamentares. “Nós temos um grupo competente e comprometido de homens e mulheres que representam os interesses da população de Fortaleza e nesse mês de recesso pude ver o empenho de todos os pares, que continuaram trabalhando. Eu como presidente do Poder Legislativo vou dar o melhor e sei que cada vereador irá se empenhar. Juntos vamos trabalhar cada vez mais pela nossa cidade e sei que a população saberá reconhecer o trabalho de cada um de nós”.

O presidente ainda registrou que o prefeito Roberto Cláudio (PDT) irá comparecer hoje, na primeira sessão ordinária de 2019, para fazer uma prestação de contas das ações executadas e apresentar os projetos da gestão para 2019.

Aproximação proveitosa

Posted on Updated on

Publicado hoje na Coluna Comunicado, editada pelo jornalista Roberto Maciel, no Diário do Nordeste (CE):

O novo presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto (foto), desembarca nas funções com uma estratégia já definida: a de aproximar o pensamento científico do pensamento político do parlamento cearense. Eleito para comandar a AL no biênio 2019-2020, Sarto já anunciou que pretende subsidiar o processo legislativo com apoio da academia. A ideia é positiva, considerando as permanentes demandas de atualização e dos debates e das propostas na instituição. Segundo o deputado, as universidades serão contatadas para fomentar a atuação de órgãos que a Assembleia dispõe – entre os quais o Conselho de Altos Estudos, a Universidade do Parlamento Cearense e o Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento. No fim das contas, conforme adianta, busca-se é oferecer contribuições para o Estado a partir da elaboração de políticas públicas e da capacitação de servidores da Casa e assessores dos deputados para atuarem de forma mais técnica.

Solução de startup brasileira foi destaque em evento da Microsoft sobre educação

Posted on Updated on

No último dia 20 de fevereiro, a FCamara – empresa que transforma desafios de TI em soluções digitais inovadoras – por meio da sua startup FC Nuvem – startup de tecnologia do Grupo que comercializa, habilita e gerencia os recursos de nuvem de seus clientes – marcou presença no encontro internacional exclusivo para instituições de ensino criado pela Microsoft para apresentar ao mercado uma nova solução da companhia, o Fidelizaluno – ferramenta capaz de ajudar as instituições de ensino a evitarem a evasão de alunos, colaborando também para a criação de um plano de ação preventivo.

O Fidelizaluno é um sistema capaz de integrar todas as técnicas de uma instituição de ensino e propor uma solução personalizada por aluno, evitando assim evasão e desistência durante o período de estudo. A solução analisa o comportamento dos alunos por meio de um algoritmo, que funciona como “professores” na solução, analisando-os e verificando os motivos que os levam a desistirem dos estudos. Ao ser identificado, o sistema emite um alerta automático referente ao aluno para a área responsável, que poderá tomar medidas preventivas.

“Toda instituição de ensino enfrenta a temida taxa de evasão. Acreditamos que o pedagógico aliado à tecnologia pode turbinar as ferramentas antievasão, obtendo resultados mais assertivos. O objetivo do nosso novo produto é evitar a saída de alunos através de atividades práticas.”, comenta Leandro Lousada, Lead de Educação da FC Nuvem.

Segundo dados do INEP, no segundo ano de curso há uma taxa de 30% de desistência, podendo chegar a 70% na modalidade EaD. Essas desistências podem acontecer por inúmeros motivos e de diversas formas, como: troca de campus, turno ou modalidade, abandono do curso, entre outros. Todos demonstram algum tipo de insatisfação que se previsto anteriormente poderiam ser evitadas.

Como funciona

Sincronização de todas as ferramentas utilizadas pelas instituições de ensino: O Fidelizaluno conecta dados oriundos de CRMs, LMSs, sistemas de gestão acadêmica, pedagógicos e financeiros – levantando atributos como: inadimplência, faltas, notas baixas, troca de campus ou modalidade, emoções em sala de aula e falta de acesso ao EaD, por exemplo.

Inteligência Artificial: Através do Machine Learning, o sistema traça perfis de que tipos de alunos daquela instituição evadem. Deste modo, a ferramenta torna-se preditiva e emite alertas de quais alunos estão com alto nível de possível desistência.

Insights com ações anti evasão: De acordo com a característica principal que está fazendo o aluno evadir, o Fidelizaluno busca qual solução a instituição de ensino possui para reverter essa evasão, emitindo um alerta para a área responsável.

Segurança: Com o reconhecimento facial, a instituição de ensino reforça a segurança através de suas câmeras e o sistema sinalizará possíveis ações suspeitas, emitindo alertas aos usuários.Outra funcionalidade, é a possibilidade de identificar crianças desaparecidas e informar imediatamente os órgãos responsáveis. O Fidelizaluno acompanha o aluno desde a captação, passando pelo aprendizado, até sua formação.

Empresa ganha na justiça direito de deduzir valores da contribuição previdenciária dos cálculos de PIS e Cofins

Posted on Updated on

Contribuições do PIS e da COFINS não podem incidir sobre valores que não representam faturamento da empresa. Decisão abre precedentes para outras empresas do setor de Tecnologia da Informação

A CTC, empresa do grupo ConnectCom, especializado em soluções e serviços de tecnologia, outsourcing e infraestrutura de TI, ganhou na justiça o direito de excluir de sua base de cálculo do PIS e da COFINS a contribuição previdenciária sobre a receita bruta (CPRB). A decisão tomada pela 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região foi confirmada pela 8ª Vara Cível da capital paulista e reestabelece as regras referentes à capacidade contributiva de empresas do setor.

Na decisão, o desembargador Johonsom Di Salvo lembrou que o Supremo Tribunal Federal já decidiu que verbas não destinadas à constituição do patrimônio do contribuinte não podem ser consideradas receita ou faturamento. Ele afirmou que a “definição pela Suprema Corte dos conceitos de faturamento ou a receita bruta para as relações jurídicas tributárias, delineou os limites exatos para a incidência dos tributos que tenham como base de cálculo o faturamento ou a receita bruta, resultando na exclusão de qualquer valor ou receita que não seja efetivamente destinado ao contribuinte, especialmente os tributos”.

“A notícia tem enorme relevância para nós e também para o setor tecnológico brasileiro, pois as contribuições do PIS e da COFINS não podem incidir sobre valores que não representam faturamento e estávamos pagando valores maiores do que o que é correto. Com esta decisão, este equívoco está sendo corrigido”, explica Leandro Santos de Souza, do departamento jurídico da CTC, responsável pela impetração do Mandado de Segurança.

Ceará importou US$ 5,5 milhões em móveis em 2018

Posted on Updated on

Em 2018, o setor moveleiro cearense acumulou US$ 467,8 mil em exportações. As importações, por sua vez, tiveram disparada de 123,4% em relação a 2017, totalizando US$ 5,5 milhões. Os dados são do estudo setorial de móveis do Ceará em Comex, elaborado pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).  

O grupo de outros móveis de metal lidera as exportações do estado, com US$ 113,8 mil. Logo em seguida, estão os “móveis de madeira utilizados em quartos”, que somam US$ 87,7 mil. O quarto Colocado, “assentos estofados de madeira” foi o que mais aumentou em vendas, com US$ 59,3 mil, valor que cresceu 497,2% em relação a 2017. O principal destino dos móveis cearenses foi Porto Rico, com US$ 109,5 mil e crescimento de 135%. O segundo maior cliente cearense do setor, Angola, foi o que exibiu maior aumento, saindo de US$ 2,6 mil para US$ 93,3 mil no período analisado.

Foi registrado ainda uma elevação em 149% nas importações cearenses de “outros aparelhos elétricos de iluminação. O grupo de luminárias foi o mais importado e totalizou US$ 1,21 milhões. A China é o fornecedor mais notável do setor, tendo enviado ao estado cearense US$ 3,06 milhões, o que representa um salto de mais de 60% em relação a 2017. O parceiro que mais alavancou seu fornecimento internacional ao Ceará foram os Estados Unidos, com US$ 1,32 milhões.

Fecomércio e Senac/CE celebram sucesso de designers brasileiros em Londres

Posted on Updated on

Do portal da Fecomércio Cerá, com texto de Aniele Gurgel:

A moda brasileira, em especial a cearense, se fez presente de forma marcante durante a realização da London Fashion Week, uma das principais semanas de lançamento de moda do mundo, através de três projetos promovidos e apoiados pelo Fecomercio Ceará, por meio do Senac/CE.

No período, o designer cearense David Lee, formado em desenho de moda pelo Senac, expõe suas peças na International Fashion Showcase (IFS), na Somerset House, como único brasileiro selecionado, entre 16 artistas, como um dos melhores designers de moda emergente no mundo. Organizada pelo British Council, British Fashion Council, London College of Fashion, UAL e Somerset House, e participação de embaixadas e instituições culturais e educacionais de diversos países, como o Senac, a International Fashion Showcase (IFS) tem o objetivo de explorar diferentes culturas e questões sociais de diversos lugares do mundo através das criações de jovens artistas da moda, funcionando também como impulsionador para esses novos talentos que passam por um rigoroso e longo processo seletivo.

A programação brasileira na capital britânica ainda contou com a exposição “Meu Coração Coroado”, na Embaixada Brasileira, que celebra o mestre do couro Espedito Seleiro, incluindo o lançamento internacional do livro homônimo que registra suas principais criações. O designer cearense, morador de Nova Olinda, ganhou renome internacional com suas criações únicas inspiradas nas tradicionais peças de couro do sertão nordestino em itens de moda.

Também na Embaixada Brasileira em Londres, acontece a exposição “A Hora do Brasil”, resultado de uma parceria entre o Senac/CE e o estilista Jum Nakao que apresenta as peças criadas durante o Reality Project, ação realizada pelo Senac dentro da edição de 2012 do Dragão Fashion Brasil que reuniu, durante cinco dias, 20 profissionais para criarem juntos uma coleção a ser desfilada no último dia do evento com o público acompanhando em tempo real todo o processo produtivo.

Para Eduardo Motta, responsável pela curadoria e concepção da instalação de David Lee e autor do livro “Espedito Celeiro – Meu Coração Coroado”, o nível das exposições, tanto em relação aos temas abordados como nas soluções cenográficas, superou as expectativas e contribuiu para aumentar o interesse do público e imprensa sobre a moda autoral brasileira.

Votação da Zona de Exportação do Maranhão fica para este ano ano

Posted on Updated on

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) adiou para sua primeira reunião em 2019 a votação da proposta que cria a Zona de Exportação do Maranhão (Zema), uma espécie de zona de processamento de exportação (ZPE) especial ou ampliada.

O PSL chegou a ser colocado em votação no fim do ano passado, como substitutivo do relator Ricardo Ferraço (PSDB-ES). Mas a deliberação foi suspensa pelo presidente do colegiado, o senador Tasso Jereissatti (PSDB-CE), por falta de quórum e a pedido do senador José Serra (PSDB-SP), que insistiu em ter mais tempo para analisar a proposta. Com isso, Tasso adiou a retomada da votação para a primeira reunião da CAE em 2019.

O PLS 319/2015, de autoria do senador Roberto Rocha (PSB-MA) estabelece uma área de livre comércio com o exterior na Ilha de Upaon-Açu, que abriga a capital, São Luís, e cidades da zona metropolitana, como São José de Ribamar.

Pelo projeto, as empresas que se instalarem na Zema terão isenção de impostos e contribuições incidentes sobre a importação ou sobre aquisições de insumos no mercado interno, para que possam produzir ou prestar serviços destinados à exportação. Somente as empresas enquadradas na seção “indústrias de transformação” da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) poderão usufruir dos incentivos fiscais.

As empresas que se instalam nessas áreas têm acesso a tratamentos tributários, cambiais e administrativos especiais. Assim, a Zema deverá ter, por exemplo, menos burocracia no controle aduaneiro e dispensa da exigência de percentual mínimo de receita bruta relacionada à exportação de bens e serviços.

Roberto Rocha observa que a Ilha de Upaon-Açu, também conhecida como Ilha de São Luís, apresenta características geográficas que a habilitam a constituir uma área de livre comércio, especialmente pelas condições logísticas que favorecem a entrada de insumos e o escoamento da produção para o exterior pelo Porto de Itaqui. Segundo o senador, o projeto vai ajudar a desenvolver o Maranhão e melhorar a vida da população.

— A criação de uma área de livre comércio em São Luís, voltada exclusivamente para exportação, é a troca da exploração política da pobreza pela exploração econômica da riqueza. O projeto da Zema cria uma válvula de retenção, que obriga a agregar valor dentro do Brasil, no caso, no Maranhão. Nós temos o segundo melhor porto do mundo e, a partir desse ativo, vamos criar condições para que o Maranhão possa transformar produtos primários e semielaborados em produtos a serem comercializados no exterior, gerando emprego e renda no estado — argumentou Roberto Rocha na última reunião da CAE.

Concurso Internacional de Redação de Cartas abre período de inscrições

Posted on Updated on

Estão abertas as inscrições para o 48° Concurso Internacional de Redação de Cartas. O concurso, promovido em todo o mundo pela União Postal Universal e realizado no Brasil pelos Correios, visa a incentivar a expressão da criatividade e a melhora dos conhecimentos linguísticos de crianças e adolescentes.              

O tema desta edição é: “Escreva uma carta sobre o seu herói” e podem participar estudantes da rede pública e privada de ensino com até 15 anos.

As redações devem ser em formato de carta, escritas a mão, usando caneta esferográfica preta ou azul e conter no máximo 900 palavras. O estudante interessado em participar deve passar por uma seleção prévia em sua escola. Cada escola pode inscrever no máximo duas redações, até o dia 15 de março.

Prêmios

Os três primeiros colocados na fase estadual e as respectivas escolas recebem prêmios em dinheiro. O vencedor da fase nacional, além de troféu e R$ 5.000,00, representará o Brasil na etapa internacional. A escola receberá o valor de R$ 10.000,00.

A vencedora da etapa nacional da última de 2018, Clarice Rilyane Oliveira da Silva, de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, recebeu menção honrosa da UPU por sua carta. “Imagine que você é uma carta que viaja no tempo. Que mensagem você quer deixar para seus leitores?” foi o tema da última edição.

Brasil em destaque

O concurso, promovido mundialmente pela União Postal Universal – UPU, é uma das ações de responsabilidade social desenvolvidas pelos Correios. O país já venceu a fase internacional do concurso, que acontece desde 1972, em três edições, sendo o segundo colocado em número de vitórias, atrás apenas da China, que tem cinco medalhas de ouro.

O regulamento do Concurso Internacional de Redação de Cartas está no site dos Correios, no endereço http://www.correios.com.br/sobre-correios/sustentabilidade/vertente-social/concurso-internacional-de-redacao-de-cartas.

Observatório da Indústria aponta: indicadores da construção civil têm retração no Ceará

Posted on Updated on

Apesar de os principais indicadores do setor da construção cearense apresentarem queda em dezembro, as expectativas dos industriais são de recuperação e crescimento da indústria ao longo de 2019, de acordo com a Sondagem da Construção elaborada pelo Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A atividade do setor de construção civil cearense registrou contração em dezembro, seguindo a sazonalidade setorial. Desse modo, o nível de atividade do setor se situou em patamar baixo do usual para o mês, embora a utilização da capacidade de operação apresentou uma melhora de oito pontos percentuais, alcançando 65% de utilização em dezembro. Por fim, houve diminuição no quadro de funcionários do setor no período.

Por outro lado, as expectativas são consideradas otimistas para 2019. As projeções sinalizam cenário forte de crescimento para o nível de atividade, realização de novos empreendimentos e serviços, compra de matérias-primas e insumos e para o número de empregados alocados no setor, o qual atingiu o maior valor observado em toda a série histórica (iniciada em outubro de 2014).

Por último, a intenção de investimentos do setor da construção atingiu 44,7 pontos, apresentando um leve recuo em relação ao mês anterior, mas ainda se situando acima da média histórica de 34,6 pontos (contabilizada desde outubro de 2014). Apesar de não ter alcançando os patamares anteriores à crise de 2014, o registro reflete forte intenção para a realização de investimentos, reforçando as expectativas de crescimento e recuperação da indústria da construção civil ao longo de 2019.

Confira o estudo completo aqui.

Saiba mais
Observatório da Indústria da Fiec tem a missão de contribuir para o desenvolvimento industrial do Ceará por meio da geração, uso e disseminação de conhecimento especializado. Para tanto, disponibiliza plataforma com informações socioeconômicas, de mercado, tecnológicas e de comércio exterior, entre outros. O Observatório, juntamente com o Serviço Social da Indústria (Sesi Ceará), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Ceará) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL Ceará), forma o Sistema Fiec.