Ceará

Quadra chuvosa de 2016 teve chuvas 45,2% abaixo da média

Posted on

O presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Eduardo Sávio Martins, iniciou a coletiva de imprensa desta manhã (13), comunicando a consolidação do quinto ano se seca no Ceará. Entre os meses de fevereiro e maio, as precipitações observadas foram de 329,3mm. A média para o período é de 600,7mm, ou seja, choveu 45,2% abaixo da média.

“O principal fator para mais este ano de baixas precipitações foi o El Niño. A Funceme já tratava isso como uma preocupação desde dezembro de 2014, devido às perspectivas de que o fenômeno se estabeleceria com intensidade. Foi o que aconteceu. Agora, já estamos monitorando um provável resfriamento das águas do Pacífico Equatorial, que dissiparia o El Niño e, talvez, configuraria uma La Niña. Ainda é cedo pra uma previsão, mas há possibilidade de um cenário mais positivo em 2017”, explicou Martins.

Durante a apresentação nesta segunda, na sede da Funceme, ele mostrou que as regiões mais afetadas com as poucas chuvas foram Jaguaribana, Sertão Central e Inhamuns. Na faixa litorânea as precipitações tiveram desvios negativos menores, conforme a tabela abaixo.

Além do El Niño no Pacífico, as condições do Oceano Atlântico não estiveram favoráveis na maior parte da quadra chuvosa, o que manteve a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) mais afastada do Ceará. Quando esse sistema atua pouco no Estado a qualidade do nosso principal período de precipitações fica comprometida.

Vendas no Dia dos Namorados recuam 5,8% em 2016, segundo Boa Vista SCPC

Posted on

diadosnamoradosDados da Boa Vista SCPC mostram que em 2016 as vendas do comércio para o Dia dos Namorados recuaram 5,8% comparadas a 2015, registrando a segunda queda desta data comemorativa desde 2009. Em 2015, as vendas diminuíram 0,5% em relação ao mesmo período de 2014.
Com base na projeção de uma nova queda real no faturamento do comércio varejista, na proporção de vendas do período do dia dos namorados em relação ao total do mês e no resultado de queda de 5,8% no número de consultas da base de dados da Boa Vista SCPC, a FecomercioSP estimou que o faturamento total no varejo deve ter sido 11% menor do que em 2015 (descontada a inflação), ou de cerca de R$ 5 bilhões a menos do que no mesmo período do ano passado.

O movimento do Dia dos Namorados segue a tendência de queda das vendas do varejo e das demais datas comemorativas. Com esse resultado, aponta para mais um ano negativo para o comércio decorrente da inflação ainda elevada, dos juros altos, do forte aumento do desemprego, que afetam a disposição das famílias em consumir.
Metodologia.
O cálculo do volume de vendas para o Dia dos Namorados de 2016 é baseado em uma amostra das consultas realizadas no banco de dados da Boa Vista SCPC, com abrangência nacional. Para este Dia dos Namorados foram consideradas as consultas realizadas no período de 1º a 12 de junho de 2016, comparadas às consultas realizadas entre 1º e 12 de junho de 2015.

Venda de motocicletas recua 27,3% em maio

Posted on

Rio de Janeiro - Novo trecho da ciclovia, a rota Cosme Velho-Laranjeiras de 10,4km, onde cliclistas dividem espaço com ônibus, carros, motos e pedestres. Com a nova rota o Rio de Janeiro completa 400km de ciclofaixa.
 

O número de motocicletas vendidas pelas concessionárias em maio foi de 76.644 unidades, um recuo de 27,36% em relação ao mesmo mês do ano passado. Mesmo com um dia útil a mais do que maio de 2015, a média diária de vendas no quinto mês deste ano apresentou retração de 30,8%, passando de 5.274 para 3.650 motocicletas. Na comparação com abril, o total de vendas no mês teve recuo de 3,8%.

Os dados, divulgados hoje (8) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), mostram que a produção também caiu. Em maio, saíram das linhas de montagem 92.308 unidades, uma retração de 20,5% em relação ao mesmo mês de 2015. No entanto, o resultado representa uma alta de 46,4% em relação a abril.

“Em abril, ocorreu um forte ajuste na produção para que ficasse adequada ao mercado. Em maio, a produção retornou a patamares suficientes para atender a demanda e recompor os estoques que estavam abaixo das necessidades para alguns modelos”, disse o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian.

Em relação ao comércio exterior, as exportações em maio totalizaram 5.606 unidades, o que significa expansão de 36% em relação a abril. Em comparação como mesmo mês de 2015, a elevação foi de 53,5%.

 

Da Agência Brasil.

Inflação volta a subir e taxa acumulada em 12 meses é de 9,32%

Posted on

dinheiro3A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA voltou a subir, fechando o mês de maio em 0,78%, resultado 0,17 ponto percentual superior ao de abril, que foi de 0,61%. Esta é a taxa mais elevada para os meses de maio desde 2008, quando atingiu 0,79%.

Os dados relativos ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, foram divulgados hoje (8), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com a alta de maio, o IPCA passa a acumular variação de 4,05% nos primeiros cinco meses do ano, resultado, no entanto, inferior em 1,29 ponto percentual aos 5,34% de igual período em 2015.

O IPCA acumulado dos últimos doze meses (a taxa anualizada) ficou em 9,32%, ligeiramente acima dos 9,28% relativos aos doze meses imediatamente anteriores. Em maio de 2015, o IPCA fechou em 0,74%.

A principal contribuição para a alta de maio veio do grupo habitação, que subiu 1,79%, e colaborou com 0,27 ponto percentual para o IPCA do mês, tendo como principal contribuição para a aceleração do grupo a taxa de água e esgoto, com alta de 10,37%. Foi o item de maior contribuição individual no mês, com 0,15 ponto percentual.

Ainda no grupo habitação, outros itens importantes exerceram pressão no IPCA do mês: energia elétrica (2,28%), mão de obra para pequenos reparos (0,87%), artigos de limpeza (0,85%) e condomínio (0,79%). Energia elétrica, com alta de 2,28%, também exerceu pressão sobre o grupo habitação.

Prefeitura de Fortaleza oferta 770 vagas para o Centro de Línguas do Imparh

Posted on

linguasPrefeitura de Fortaleza está com inscrições abertas para a seleção de novos alunos do Centro de Línguas Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh). No total, são ofertadas 770 vagas para o semestre 2016.2, distribuídas nos seguintes idiomas: Português, Inglês, Espanhol, Italiano, Francês e Alemão.

As inscrições podem ser feitas até as 23h59 do dia 26 de junho no site do Imparh. Os interessados na seleção devem ter concluído ou estar cursando, no mínimo, o 9º ano do Ensino Fundamental e ter idade mínima de 14 anos completos. Para se inscrever, os candidatos devem preencher o formulário eletrônico disponível no site do Imparh e efetuar o pagamento do boleto no valor de R$ 60.

A seleção reserva 50% das vagas para estudantes regularmente matriculados em escolas públicas. Estes deverão apresentar uma declaração da instituição de ensino em que estudam, juntamente a uma cópia do documento de identidade e o comprovante de inscrição, e entregá-los na Diretoria de Concursos e Seleções (Dices) do Imparh, no período de 20 a 28 de junho, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30. O processo seletivo ocorrerá por meio de uma prova objetiva, etapa única do certame, com caráter eliminatório e classificatório e consistirá de 40 questões.

A data de realização da prova está prevista para o dia 10 de julho de 2016. A novidade deste semestre é que, para os candidatos que concorrem às vagas de Português, a prova abordará somente conhecimentos gerais. Já para os candidatos às vagas para os cursos de línguas estrangeiras (Italiano, Francês, Espanhol, Alemão e Inglês), a prova objetiva versará sobre língua portuguesa e conhecimentos gerais. Mais informações

Complexo odontológico realiza atendimento gratuito em Fortaleza

Posted on

Complexo_1A Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza (Fametro) inaugura um Complexo Odontológico de ponta no bairro Jacarecanga no próximo dia 07 de junho, às 19h30. Dividida em três pavimentos, a nova estrutura, além das salas de aulas para os alunos do curso de Odontologia da faculdade, dispõe de clínica odontológica com 32 consultórios, duas salas de RX e uma ilha de apoio (de suporte farmacêutico, equipamentos e insumos). O prédio também oferece laboratórios interdisciplinares e laboratório de diagnóstico por imagem (com outros cinco aparelhos de RX – sendo um de RX panorâmica e um tomógrafo).

O propósito é permitir aos alunos vivenciar experiências profissionais na prática, prestando, gratuitamente, atendimento à população do entorno, incluindo os bairros Carlito Pamplona, Farias Brito, Monte Castelo, Moura Brasil e São Gerardo. “A meta, quando estiver em pleno funcionamento, é realizar aproximadamente 600 atendimentos semanais ou 2.500 por mês, em todas as especialidades odontológicas”, explica Carlos Filho, coordenador do curso de Odontologia.

Os atendimentos prestados à população, agendados na recepção do próprio complexo, serão realizados pelos alunos e professores do curso, de segunda à sexta-feira, sempre das 7h às 17h. Os discentes terão a supervisão dos professores (mestres e doutores) que formam o corpo docente da instituição e o apoio dos colaboradores que integram a equipe técnica do curso. 

Entre os serviços prestados ganham destaque: exames clínicos odontológicos, prevenção e tratamento da cárie dental e das doenças periodontais, exames de diagnostico por imagem, exodontias e cirurgias orais, tratamentos endodônticos, restaurações, elaboração e confecção de próteses, atendimento odontopediátrico, atendimento para pacientes com necessidades especiais e atividades de educação e saúde.

 

“A Fametro pretende cumprir sua missão de promover o desenvolvimento profissional com conhecimento, empregabilidade e cidadania. E o complexo Odontológico funciona como um equipamento auxiliar nesta empreitada”, comemora o coordenador Carlos Filho.

Ceará atinge a meta de vacinação contra a gripe

Posted on

vacinaçãoO Ceará já alcançou no início da tarde desta terça-feira (24) os 80% de cobertura vacinal contra a gripe, meta mínima estabelecida pelo Ministério da Saúde para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Antes das 13 horas, o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações registrava 1.422.183 doses aplicadas da vacina contra a gripe. Por grupos populacionais prioritários, a meta de cobertura vacinal também foi alcançada entre os trabalhadores da saúde (100%), mulheres com até 45 dias pós-parto (94,52%) e idosos (80,28%). O grupo das crianças de 6 meses a 4 anos de idade estava com cobertura de 78,03%, das gestantes de 67,34% e, dos indígenas, 78,90%.

Para ampliar e garantir a homogeneidade da cobertura vacinal entre municípios e entre os grupos populacionais prioritários, a Coordenação de Imunizações da Secretaria da Saúde do Estado mantém, até sexta-feira (27), a campanha de vacinação contra a gripe no Ceará, exclusivamente para os grupos prioritários. No Estado, a população que deve se vacinar é composta por 576.022 crianças de 6 meses a 4 anos, 138.800 trabalhadores da saúde, 96.459 gestantes, 15.853 puérperas, 24.555 indígenas, 924.727 idosos acima de 60 anos, além das pessoas com doenças crônicas, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional em todo o Estado.

Dos 184 municípios do Ceará, 118 cumpriram a meta de 80% de cobertura vacinal da população-alvo da campanha até às 13 horas desta terça-feira. A meta mínima de cobertura vacinal de 80% das crianças foi cumprida em 122 municípios, dos trabalhadores da saúde em 140, das gestantes em 79, das puérperas em 131, dos indígenas em 13 dos 18 municípios com essa população, e, dos idosos, em 105 municípios. Em todos os grupos populacionais ainda há 354.233 pessoas há serem imunizadas.

Este ano, foram confirmados 24 casos de gripe A (H1N1), com oito óbitos, e há outros 20 casos sendo investigados. Dos oito óbitos confirmados de gripe A este ano em seis municípios (2 em Caucaia, 2 em Fortaleza, 1 em Juazeiro do Norte, 1 em Sobral, 1 em Jaguaretama e 1 em Pereiro), nenhum havia se vacinado em 2015. Ou seja, não estavam protegidos contra o vírus. A vacina contra a gripe em 2016 protege contra Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B.

Para acompanhar a cobertura vacinal do seu município, acesse sipni.datasus.gov.br

Do Governo do Estado do Ceará.

Safra do café terá alta de 15% neste ano

Posted on

caféA Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou nesta terça-feira (24), em Belo Horizonte, a segunda estimativa para a safra do café em 2016. A produção dos cafés arábica e conilon deverá alcançar um total 49,67 milhões de sacas, um aumento de 14,9% em relação ao ano passado. Cada saca tem 60 quilos.

Este é o segundo levantamento da safra de 2016 apresentado pelo órgão. Em janeiro, a primeira estimativa mostrava uma produção entre 49,13 e 51,94 milhões de sacas. O Conab faz o levantamento de café quatro vezes ao ano. O próximo boletim da safra deste ano será divulgado em setembro.

Segundo o Conab, a alta em relação a 2015 se deve ao aumento da área em produção e às condições climáticas favoráveis. A produtividade deverá alcançar 25,58 sacas por hectare, o que também é considerado um aumento expressivo em comparação com o ano passado. Em 2015, foram colhidas 22,5 sacas por hectare.

Tipos de café

O café arábica, que abrange 81% do total produzido no país, deverá gerar em 2016 uma colheita de 40,27 milhões de sacas. O volume representa um incremento de 25,6% em relação ao ano passado. Os melhores resultados deverão ser observados em três regiões de Minas Gerais: Triângulo, Sul e Centro-Oeste. O estado mineiro é o maior produtor de café arábica do Brasil.

Por outro lado, é esperada uma queda na produção do café conilon. O Conab estima uma colheita de 9,4 milhões de sacas, o que representa uma diminuição de 16% se comparado com os números de 2015. Entre os motivos para esta baixa estão a falta de chuvas e as altas temperaturas no Espírito Santo, estado que concentra a maior produção de café conilon do país.

O Brasil é o maior produtor de café do mundo. De acordo com o Conab, a área total plantada de café em 2016 é de 2,21 milhões de hectares, sendo que 267 mil estão em formação e 1,94 milhão em processo produtivo.

A um dia do fim da campanha, Ceará vacinou 63% contra gripe

Posted on

banner coletiva vacinacao gripeAté a manhã desta quinta-feira (19), 15 municípios cearenses haviam cumprido a meta de cobertura vacinal da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Guaramiranga, Assaré, Pedra Branca, Mombaça, Bela Cruz, Aurora, Icapuí, Catarina, Potiretama, Potengi, Acaraú, Várzea Alegre, Ipu, Boa Viagem e Jijoca de Jericoacoara são os municípios com mais de 80% de cobertura vacinal da população-alvo da campanha. Em todo o Ceará, até às 11 horas desta quinta-feira, a cobertura estava em 63,14% da população de 1.776.416 habitantes que deve ser imunizada contra a gripe no Ceará, com 1.121.625 de doses aplicadas nos 184 municípios.

A campanha de vacinação contra a gripe termina às 17 horas desta sexta-feira (20), e ainda faltam ser imunizadas 657.778 pessoas dos grupos prioritários para que o Ceará atinja a meta de 80% de cobertura vacinal. ¨Além dos 15 municípios que já cumpriram a meta de cobertura vacinal, há 104 municípios com cobertura entre 60% e 79% e 65 com menos de 59% de cobertura da população-alvo da campanha¨, informou o secretário da saúde do Estado, Henrique Javi, durante entrevista coletina na manhã desta quinta-feira.

Dos oito óbitos confirmados de gripe A este ano em seis municípios (2 em Caucaia, 2 em Fortaleza, 1 em Juazeiro do Norte, 1 em Sobral, 1 em Jaguaretama e 1 em Pereiro), nenhum havia se vacinado em 2015. Ou seja, não estavam protegidos contra o vírus. Todos os 184 municípios do Estado receberam e têm disponíveis para a população doses da vacina. Nenhuma pessoa que deve se vacinar ficará sem vacina. A Coordenação Estadual de Imunizações reforça que a vacina é exclusiva para a população pertencente aos grupos prioritários. A vacina contra a gripe em 2016 protege contra Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. Na vacinação, o Governo do Estado garante as seringas e as vacinas são repassadas pelo Ministério da Saúde.

Os grupos populacionais prioritários definidos pelo Ministério da Saúde incluem 576.022 crianças de 6 meses a 4 anos, 138.800 trabalhadores da saúde, 96.459 gestantes, 15.853 puérperas, 24.555 indígenas, 924.727 idosos acima de 60 anos, além das pessoas com doenças crônicas, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional em todo o Estado. Nesses grupos, a cobertura vacinal está em 63,33% das crianças, 78,64% dos trabalhadores da saúde, 55,14% das gestantes, 71,62 das puérperas, 68,65% dos indígenas e 61,99% dos idosos.

Aulão de Zumba anima clientes do Shopping Parangaba

Posted on Updated on

03-finalO Shopping Parangaba, em parceria com a GreenLife Academias, oferece neste sábado, 21, às 10h30, um aulão gratuito de Zumba para seus clientes.

Os interessados vão poder suar a camisa e manter a saúde do corpo e da mente, em um treinamento animado. O projeto busca levar às pessoas mais saúde e bem estar por meio dos exercícios físicos.

O aulão ocorre no espaço “Parangaba é Show”, piso L2, em frente à loja Ban Ban Calçados.