Empregos

Prefeitura de Fortaleza capacita micros e pequenos empreendedores

Posted on Updated on

Para apoiar micros e pequenos empreendedores locais no aperfeiçoamento dos negócios, a Prefeitura de Fortaleza promove mensalmente, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), capacitações gratuitas como parte do Programa de Empreendedorismo Sustentável.

Neste mês de dezembro, são ofertadas capacitações para áreas como: Marketing e Vendas; Empreendimentos Econômicos Solidários; Primeiros Passos para Montar seu Negócio; Liderança e Gestão de Pessoas; Como Precificar Seu Produto; Como Aumentar e Gerenciar Suas Vendas; Empreendedorismo e MEI; Estratégias Mercadológicas entre outras. Cada oficina tem duração de duas a três horas, com até 20 vagas por turma.

Para participar, basta apresentar identidade (RG), CPF e comprovante de residência. Os interessados devem se dirigir às Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, Casa de Economia Solidária (Ecosol) ou no Espaço do Artesanato da SDE, que fica localizado na avenida Santos Dumont, 2.500, loja 17, bairro Aldeota.

Esta é mais uma ação do Programa Fortaleza Competitiva, que engloba um pacote de medidas de estímulo à criação de um cenário qualificado para novos negócios, desenvolvimento econômico, geração de emprego e rend apoiar os micros e pequenos empreendedores locais no aperfeiçoamento do seu negócio, a Prefeitura de Fortaleza promove mensalmente, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), capacitações gratuitas como parte do Programa de Empreendedorismo Sustentável.

Artesanato do Ceará busca mais espaços na Europa

Posted on Updated on

Onélia: artitulação pelo artesanato

Começou sábado (1º) e segue até domingo (9.12), em Milão, na Itália, a “L’ Artigiano on Feira”, 23ª Mostra Mercado Internacional do Artesanato. O rico e legítimo artesanato cearense está sendo exposto e comercializado nessa que é a maior feira mundial dedicada ao segmento artesanal, gastronômico e de turismo. A participação do Ceará no evento tem o intuito de promover e divulgar o trabalho dos artesãos do Estado com foco na ampliação de mercado, principalmente o europeu.

A primeira-dama do Estado, Onélia Santana, o secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, Francisco Ibiapina, o secretário adjunto do Esporte, Marcos Lage, e a coordenadora do Programa de Desenvolvimento do Artesanato do Estado do Ceará (PDA), Amanaci Diógenes, estiveram na abertura do evento.

“Como cearense e filha do Cariri, berço da cultura do nosso Estado, fico muito orgulhosa em saber que nosso artesanato está ganhando o mundo. Esse reconhecimento é graças a uma política de investimentos do Governo do Ceará ao segmento artesanal. Para nós é uma responsabilidade grande dá continuidade ao sucesso que conquistamos durante esses quatros anos de gestão do governador Camilo Santana”, destaca Onélia Santana.

No estande cearense, o visitante tem acesso ao trabalho ao vivo do xilógrafo José Lourenço, além de produtos em diversas tipologias como areia colorida, argila, fibras vegetais, madeira, papel, metais, fios e tecidos (renda de bilro, labirinto, filé, tecelagem, crochê e bordado), entre outras que serão comercializadas durante os dias de evento. Cerca de 1.800 artesãos e entidades artesanais de todas as regiões do Estado serão beneficiados com as vendas das peças.

Para melhorar a qualidade do legítimo artesanato cearense, os produtos passaram pela Certificação da Autenticidade dos Produtos Artesanais e de Reconhecimento das Obras de Arte Popular Cearenses (Selo Ceart), que foi implantado em 2015. Entre os benefícios do Selo Ceart estão a garantia da autenticidade da produção artesanal e o reconhecimento das obras de arte popular; a consolidação dos canais de comercialização; o aumento da competitividade da produção artesanal; diferenciação dos produtos artesanais das peças elaboradas industrialmente, reconhecendo seu valor de tradição e cultura; proteção do artesanato cearense da falsificação e da concorrência desigual de produtos similares, além da promoção da confiança do consumidor facilitando a identificação do artesanato cearense. Foram certificados com o Selo Ceart 5.259 produtos artesanais, beneficiando diretamente 9.860 artesãos.

A Central de Artesanato do Ceará (Ceart) é vinculada à Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), órgão do Governo do Ceará, e responsável pelo Programa de Desenvolvimento do Artesanato do Estado do Ceará (PDA), que é a política pública do Governo do Ceará destinada ao setor e tem o objetivo de valorizar o artesanato cearense preservando a cultura, o talento, a tradição e a arte popular de cada região do Estado. Dessa forma, desenvolve ações e projetos para qualificação de artesãos, apoia a comercialização, realiza a gestão da Central e do Fundo Especial de Desenvolvimento e Comercialização do Artesanato (Fundart).

Tem o objetivo de promover o artesanato cearense com foco na geração de ocupação e renda e a inclusão social e produtiva do artesão. O setor artesanal promove ainda a inserção da mulher e do jovem na cadeia produtiva e comercial, fixa o artesão em seu lugar de origem e consolida a identidade cultural cearense. O programa hoje atende artesãos, grupos de produção e entidades artesanais em 90% dos municípios do Ceará, totalizando cerca de 42 mil cadastrados na Ceart.

O artesanato cearense é destaque no Brasil e tem o reconhecimento do governo de Camilo Santana (PT). Em 2015, o governador assegurou ao artesão cearense a isenção fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Foram beneficiados com a isenção fiscal mais de 40 mil artesãos no Estado. Em dezembro de 2017, o Ceará ganhou o novo Centro de Renderias da Prainha, em Aquiraz, mais um ponto comercialização do artesanato cearense, que também está em três lojas de Fortaleza: na Matriz, na Praça Luíza Távora; no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e no Shopping Rio Mar, além da loja localizada em Guaramiranga.

O Estado também garantiu a participação de artesãos em feiras locais, estaduais e nacionais e ainda internacional, quando o Ceará esteve na Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde, em Portugal, em 2017. A Ceart esteve em cerca de 240 eventos de promoção e comercialização do artesanato cearense deste 2015. Os artesãos cearenses passam por processo de capacitação constante. Foram capacitados e assessorados 14.919 artesãos com o intuito de aperfeiçoar o design dos produtos.

O investimento em capacitação e em ações e projetos que apoiam a comercialização estimulam as vendas dos produtos artesanais. No triênio 2015/2017 e até agosto de 2018 foram comercializados 257.066 peças artesanais, beneficiando diretamente 26.600 artesãos.

Faculdade CDL de Fortaleza lança nova campanha

Posted on Updated on

A Faculdade CDL, de Fortaleza, lançou nova campanha publicitária, com o objetivo de consolidar a marca e reforçar o conceito de instituição de ensino superior qualificada para capacitar profissionais em negócios e tecnologias da informação.

A campanha foi idealizada pela empresa de comunicação Dégagé, das jornalistas Eugênia Nogueira e Sonia Lage, que atua há 18 anos no mercado do Ceará, atendendo clientes como a CDL de Fortaleza e os eventos Cine Ceará e Festival Jazz & Blues de Guaramiranga.

Sebrae-CE realiza Encontro Internacional de Negócios

Posted on Updated on

Dar projeção internacional, diversificando o mercado e, consequentemente, facilitando o aumento no volume e qualidade das exportações do Nordeste. Esses são os principais objetivos do Encontro Internacional de Negócios do Nordeste que começa nesta segunda-feira, 12/11, retornando a Fortaleza onde foi inicialmente realizado.

Aberto às empresas que querem colocar seus produtos no mercado externo, o EINNE integra o circuito dos grandes eventos empresariais do país e, nesta edição, vai reunir cerca de 100 empresas das áreas de Alimentos e Bebidas (cachaça, doces, chocolates, sucos, água de coco) Orgânicos e Comércio Justo (café e chás, polpa de frutas, frutas, mel, própolis, castanha); Cosméticos (cremes de beleza e cremes nutritivos, perfumes e águas de colônia, loções tônicas cosméticos capilares e sabonetes) e Moda (infantil, praia, fitness e íntima).

Idealizado pelo Sebrae Ceará e realizado desde 1996, o Encontro deste ano vai trazer, a Fortaleza, compradores de dezoito países: Itália, Bolívia, Uruguai, Bélgica, Equador, Portugal, Holanda, Chile, Canadá, Paraguai, Cabo Verde, Alemanha, Colômbia, Suíça e Peru.

Apontado como de importância fundamental na manutenção e estímulo ao comércio entre os estados da Região e o mercado internacional, o EINNE contará, nesta edição, com atrações como o Salão do Importador e deve consolidar o processo de qualificação das pequenas empresas nordestinas para a internacionalização de seus produtos.

Prefeitura de Fortaleza oferta cursos para micro e pequenos empreendedores

Posted on Updated on

Para apoiar micro e pequenos empreendedores locais no aperfeiçoamento do seu negócio, a Prefeitura de Fortaleza, por intermédio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), realiza capacitações gratuitas como parte do Programa de Empreendedorismo Sustentável. A agenda é mensal.

Em novembro, estão sendo ofertadas capacitações para áreas como: Marketing e Vendas; Empreendedorismo e MEI; Gestão Empreendedora e Sustentável; Avaliando e Buscando a Satisfação do Cliente; Saúde Financeira e Fluxo de Caixa; Estratégias Mercadológicas; Excelência no Atendimento entre outras. Cada oficina tem duração de duas a três horas, com até 20 vagas por turma.

A participação é simples: basta apresentar identidade (RG), CPF e comprovante de residência. Os interessados devem se dirigir às Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, Casa de Economia Solidária (Ecosol) ou no Espaço do Artesanato da SDE, que fica localizado na avenida Santos Dumont, 2.500, loja 17, bairro Aldeota.

Esta é mais uma ação do Programa Fortaleza Competitiva, que engloba um pacote de medidas de estímulo à criação de um cenário qualificado para novos negócios, desenvolvimento econômico, geração de emprego e renda.

Mais informações: 0800 081 4141.

Ociosidade na indústria cearense cai em setembro

Posted on Updated on

O nível de utilização da capacidade instalada da indústria cearense em setembro ficou em 81,8%, um ponto percentual a mais comparado ao mês anterior, o que indica um movimento de queda de ociosidade nos segmentos analisados. Essa é uma das constatações da pesquisa Indicadores Industriais, realizada pela Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), a partir de dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Apesar da boa notícia, os outros indicadores apontaram declínio. O faturamento real manteve-se estável em relação a agosto, acumulando queda no ano de 8,2%. A massa salarial, por sua vez, indica decréscimo de 2,3% em setembro comparado a agosto. O emprego na indústria obteve um aumento de 0,2% em relação ao mês anterior; no acumulado do ano, registra o patamar positivo de 1,1%.

Com efeito, as horas trabalhadas na produção registraram redução tanto em relação ao mês anterior – na série livre de efeitos sazonais – quanto em relação ao mesmo período do ano passado, 0,2% e 7,5%, respectivamente.

Funcap recebe inscrições para estágio

Posted on Updated on

A Funcap, Fundação integrante da administração estadual do Ceará, está recebendo até 11 de novembro inscrições para o processo seletivo destinado a estudantes de nível superior, nas áreas de Direito, Administração de Empresas, Biblioteconomia/Arquivologia, Recursos Humanos, Jornalismo/Comunicação Social/Letras, Secretariado Executivo, Ciências da Computação e Gestão de Políticas Públicas.

Os interessados devem estar cursando regularmente o curso superior na área determinada, ter obtido, em pelo menos 80% das médias finais das disciplinas cursadas, notas não inferiores a 7 e ter cursado no mínimo 50% dos créditos requeridos.

A seleção será feita por entrevista e análise do currículo e do histórico escolar e. A carga é de quatro horas (manhã ou tarde) diárias de segunda a sexta-feira e a remuneração compreende bolsa de R$ 671,95 e vale-transporte de até R$ 60,00.

Ipece lança boletim sobre juventude

Posted on Updated on

O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado do Ceará, por intermédio da Diretoria de Estudos Sociais (Disoc), acaba de lançar um novo produto: o Boletim Trimestral da Juventude, que tem como objetivo acompanhar os principais indicadores de educação e mercado de trabalho para a população cearense, na faixa etária dos 15 aos 29 anos. Dois boletins, referentes ao primeiro e ao segundo trimestres de 2018, já podem ser acessados no endereço www.ipece.ce.gov.br.

De acordo com o analista de Políticas Públicas Victor Hugo de Oliveira, autor do estudo, o documento fornece aos gestores públicos e sociedade civil informações sobre o desempenho da juventude quanto a frequência escolar, conclusão dos ciclos escolares, analfabetismo, média de anos de estudos, população jovem ativa no mercado de trabalho, desocupação, informalidade e médias salariais. O boletim trimestral explora os dados da Pesquisa por Amostra Domiciliar Contínua do IBGE, iniciada em 2012.

Os indicadores são calculados com periodicidade trimestral, o que permite observar flutuações ao longo do ano. Ele destaca que o documento também traz a quantificação dos jovens que não estudam e não trabalham, uma vez que tal condição representa uma importante vulnerabilidade social. “As variações de curto (um ano) e longo prazo (com relação ao ano inicial da série) são disponibilizadas na análise dos indicadores”, ressalta.

Atividades turísticas no Ceará registram crescimento

Posted on Updated on

Canoa Quebrada: destaque entre os destinos turísticos do Ceará

O Ceará registrou alta de 20,8% nas atividades turísticas de agosto, em relação ao mesmo mês de 2017. O dado é do Índice de Atividades Turísticas da Pesquisa Mensal dos Serviços PMS/IBGE, um monitor que engloba os serviços de alojamento e alimentação; serviços culturais, desportivos e de lazer; locação de automóveis sem condutor; agências de viagens e operadoras turísticas e transportes turísticos em geral. O resultado superou o do Brasil, na mesma comparação, quando o índice ficou em 7,8%. No acumulado do ano, o Ceará registrou avanço de 2,4% enquanto no Brasil a alta foi de 1%.

Os números foram divulgados pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). O trabalho, que tem como autor Alexsandre Lira Cavalcante, analista de Políticas Públicas, e como colaborador o estagiário Heitor Gabriel Silva Monteiro, mostra que o segmento de turismo apresentou desempenho contrário dos outros setores de Serviços, excetuando também os Prestados às Famílias.

O Ceará registrou recuo de 0,1% nas vendas de serviços em agosto de 2018 em relação ao mês de julho, ajustado sazonalmente, enquanto o Brasil apresentou avanço de 1,2%.

Segundo a Pesquisa Mensal dos Serviços (PMS), realizada pelo Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia (IBGE), na comparação com agosto de 2017, a queda nas vendas do setor de serviços cearense foi ainda maior: de 4,9%, enquanto que o país avançou 1,6%, apresentando trajetória marginalmente diferente a registrada pelo Estado. O estudo constata que o patamar de volume de serviços comercializados no Ceará diminuiu no começo de 2018 e manteve um nível abaixo da série histórica apresentada, enquanto que o país manteve-se mais próximo do nível de volume de serviços apresentado 2017, com leve queda.

Os Serviços Profissionais, Administrativos e Complementares registrou queda em ambos os níveis geográficos apresentados de 0,3% no país e de 12,6% no Estado. No acumulado do ano para a atividade, o Ceará apresentou queda de 13,3% e o Brasil queda de 2% em relação ao mesmo período do ano anterior. A atividade Outros Serviços engloba serviços de reparação e manutenção em geral; atividade imobiliária; atividades financeiras em geral; coleta, gestão e reciclagem de resíduos, registrando queda expressiva de 47% no mês para o Ceará. Com isso, essa atividade acumula no ano uma queda de 31,4% no Ceará enquanto avançou 2,3% no país, na mesma comparação.

Prefeitura de Fortaleza ministrará cursos para permissionários do Mercado dos Peixes

Posted on Updated on

A Prefeitura de Fortaleza oferecerá, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), cursos de capacitação aos permissionários do Mercado dos Peixes. Entre as habilitações, que serão ministradas em novembro, estão as de Empreendedorismo; Finanças Básicas para Empreendedores; Como Aumentar e Gerenciar Suas Vendas e Vigilância Sanitária.

“São cursos rápidos que podem fazer total diferença para o atendimento, para a conduta, para o manuseio, armazenamento dos alimentos e para a relação com os consumidores. A iniciativa deverá atrair maior número de clientes”, diz o titular da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Mosiah Torgan.

Os cursos terão carga horária equivalente a 4 horas e acontecerão nas seguintes datas:

– Empreendedorismo: 6 e 7 de novembro.
– Finanças básicas para empreendedores: 13 e 14 de novembro.
– Como aumentar e gerenciar suas vendas: 20 e 21 de novembro.
– Vigilância sanitária: 26 e 27 de novembro.