Empregos

Varejo deve ter avanço na Páscoa

Posted on Updated on

Do portal do Sistema Fecomercio do Ceará, a federação que representa o setor comercial do Estado:

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as vendas do varejo voltadas para a Páscoa deste ano deverão crescer 3,5% em relação à Semana Santa do ano passado, já descontada a inflação do período. Confirmada a projeção, esse seria o melhor desempenho das vendas reais do varejo nesta data comemorativa desde 2013 (+4,8%). Na mesma data de 2017, o varejo registrou o primeiro aumento no volume de vendas (+1,1%) após acumular perda de 5,2% em 2015 e 2016. A melhor Páscoa para o setor ocorreu em 2010 (+9,5%), ano em que a economia cresceu 7,5% e o volume total de vendas do varejo avançou 10,9%. Os estabelecimentos do varejo alimentício, tais como hiper, super e minimercados, além das lojas especializadas em produtos associados à Páscoa, deverão faturar cerca de R$ 2,2 bilhões com as vendas voltadas para a Semana Santa deste ano.

A queda nos preços dos chocolates (-8,0%), do azeite de oliva (-3,8%) e dos pescados (+0,2%), conforme mostra o IPCA-15, deverá estimular o crescimento das vendas. Por outro lado, os aumentos dos preços dos combustíveis (+7,7%) e das passagens rodoviárias intermunicipais (+6,7%) deverão atingir aqueles que pretendem se deslocar durante a Semana Santa. As projeções da CNC se baseiam nos aspectos sazonais das vendas, levando-se ainda em consideração as tendências de evolução dos níveis de ocupação e renda e, principalmente, as variações dos preços de produtos relacionados com essa data.

Contratação e efetivação

Ainda segundo estimativas da CNC, no varejo, o aumento das vendas deverá gerar cerca de 10,6 mil postos de trabalho temporário – número ligeiramente superior às 10,5 mil vagas geradas na Páscoa passada. Os maiores demandantes de trabalho temporário deverão ser os hiper, super e minimercados, respondendo por aproximadamente 62% do total de vagas oferecidas. O salário médio de admissão no varejo deverá ser de aproximadamente R$ 1.220, o que representará um avanço de 4,5% em relação àquele percebido na Páscoa de 2017.

Economia, tradição e cultura

Posted on Updated on

A Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social do Ceará promove hoje e amanhã o X Seminário Selo Ceart (Certificação da Autenticidade dos Produtos Artesanais e de Reconhecimento das Obras de Arte Popular Cearenses), no Centro de Treinamento de Sobral – Cetreso, na Região Norte do Estado. Cerca de 80 artesãos representantes de entidades e grupos produtivos de 35 municípios cearenses serão capacitados pela Central de Artesanato do Ceará (Ceart) em comemoração ao Dia do Artesão, celebrado dia 19 de março.
Entre os benefícios do Selo estão a garantia da autenticidade da produção artesanal e o reconhecimento das obras de arte popular; a consolidação dos canais de comercialização; o aumento da competitividade da produção artesanal; diferenciação dos produtos artesanais das peças elaboradas industrialmente, reconhecendo seu valor de tradição e cultura; proteção do artesanato cearense da falsificação e da concorrência desigual de produtos similares, além da promoção da confiança do consumidor facilitando a identificação do artesanato cearense.
Atualmente, o Programa de Desenvolvimento do Artesanato do Ceará atende artesãos, grupos de produção e entidades artesanais, em 179 municípios cearenses, totalizando quase 45 mil cadastrados. Só em 2017, foi intermediada a venda de 77.968 peças, envolvendo R$ 2,3 milhões.
O Estado do Ceará assegurou ao artesão, em 2015, a isenção fiscal do ICMS; o Selo Ceart; capacitações para o design dos produtos; feiras locais, estaduais e nacionais. Já em 2017, foi inaugurado o novo Centro de Renderias da Prainha, em Aquiraz. Atualmente, o Estado garante o funcionamento de quatro lojas da Ceart.

PIB do Ceará cresce 1,87%

Posted on Updated on

Em transmissão hoje pelo Facebook, o governador Camilo Santana (PT) informou que o Ceará teve crescimento de 1,87% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2017, quase o dobro da alta do País, que foi de 1%. O volume de investimentos, que representou 13,9% da receita corrente líquida no ano passado, também foi destacado. Outro anúncio importante foi a implantação de mais um campus avançado da Universidade Estadual do Ceará, com a oferta de dois cursos, no município de Mombaça, na região do Sertão Central.

“É uma conquista importante do Ceará na economia. Vivemos uma das piores crises econômicas dos últimos 100 anos e temos nos mantido forte. Esse aumento significa mais emprego, mais investimento, mais oportunidades. Autorizei também mais um campus da Uece no Ceará, em Mombaça, já aprovado pelo conselho da universidade. Serão dois cursos, de Artes e Ciências da Computação, que abrirão vagas no vestibular ainda neste semestre e as aulas vão começar já no semestre que vem”, disse Camilo Santana.

O governador citou, ainda, medidas da segurança pública – como a entrega de 100 novas viaturas para a Polícia Militar -, e informou que já foram iniciadas as obras do primeiro presídio de segurança máxima do Ceará. “Iniciamos a construção na semana passada. Em breve vamos oficializar, mas a obra já está acontecendo, um investimento de R$ 127 milhões. Temos 132 cadeias espalhadas pelo Ceará e vou também construir 14 novos presídios regionais para acabar com essa superlotação. Lugar de preso não é nessas cadeias perto da população ou em delegacias. Já tenho dois garantidos pelo Governo Federal e vamos atrás de um empréstimo do BNDES para fazer o resto”.

Idiomas na Fiec

Posted on Updated on

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará lança nesta terça-feira o Sistema FIEC de Educação Internacional, área da instituição para oferta de cursos direcionados ao aprendizado de idiomas, contribuindo para qualificação e melhoria dos profissionais da indústria.

A apresentação do programa está agendada para as 18h30min, na sede da entidade (Av. Barão de Studart, 1980 – Fortaleza).

 

Ceará terá novas faculdades de medicina

Posted on

Os municípios cearenses de Iguatu, Canindé, Itapipoca e Quixadá receberão cursos de graduação em medicina por instituições de educação superior privada. As escolhas foram confirmadas ao senador Eunício Oliveira (MDB CE), pelo ministro da Educação, Mendonça Filho.O ministro assegurou garantiu que a portaria com a autorização será publicada até a próxima segunda-feira, no Diário Oficial da União.

“É uma grande vitória para a população do interior do Estado, particularmente dos jovens que sonham com novas oportunidades para o futuro. Tenho muito orgulho de ter colaborado com essa luta, ao lado de outras lideranças locais”, comemorou o senador.
Eunício assinala que os benefícios da implantação desses cursos para dezenas de outras cidades das regiões escolhidas são imensos:“Além de melhorar a educação e o atendimento a saúde da população, a implantação dessas faculdades vai contagiar diversos setores da economia dessas cidades e da região, como o comércio, os serviços e até a construção civil”, lembra.
O senador acrescentou que vai continuar ao lado das lideranças locais das cidades de Russas e Crateús, para que também vejam atendidas as suas reivindicações para a instalação de faculdades de medicina.