Maranhão

Articulação defende subsídio do milho

Posted on Updated on

 

O presidente do Senado, o cearense Eunício Oliveira (PMDB), iniciou com o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Francisco Marcelo Rodrigues Bezerra, mobilização para estender os efeitos de portaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que beneficia pequenos criadores e agroindústrias de pequeno porte das regiões Norte e Nordeste.

A portaria dá aos pequenos produtores, por meio do Programa Vendas em Balcão da Conab, acesso aos estoques de milho do governo a preços compatíveis aos do mercado atacadista local. Mas a regra perderá validade já em 31 de dezembro próximo, o que pode prejudicar milhares de produtores e criadores rurais.

Em decorrência da medida, a saca de 60 kg é vendida hoje a R$ 33 nos municípios do Norte e Nordeste.

O presidente da Conab argumenta que, com sete meses em vigor, as repercussões da Portaria são “bastante
expressivas” na movimentação da economia local. Segundo estudo da Companhia, no volume de vendas nos 15 estados atendidos, de 10 de abril passado a 9 de novembro, o comércio em balcão de milho em grãos a preço subsidiado superou 86% o volume de vendas no mesmo período de 2016.

Eunício disse que vai tratar com o presidente da República, Michel Temer, e com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, defendendo a prorrogação da medida.

Maranhão se destaca em geração de empregos

Posted on Updated on

Da Agência de Notícias do Governo do Maranhão:

A Nota Mensal de Mercado de Trabalho no Maranhão referente ao mês de julho deste ano, elaborada pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc) (…) demonstra que o Maranhão obteve o segundo melhor saldo de empregos formais do Nordeste e o sétimo do país com a geração de 1,6 mil postos de trabalho. A versão completa da nota pode ser acessada no link http://imesc.ma.gov.br/portal/Post/view/21/175.

Segundo os dados do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o emprego formal maranhense registrou uma abertura de 1.567 postos de trabalho em julho de 2017, configurando o terceiro mês consecutivo de resultado positivo, levando o acumulado do ano a 2,2 mil demissões líquidas, contra 12,6 mil no mesmo no mesmo intervalo de 2016.

O destaque no mercado formal em julho de 2017 foi para o setor da Construção Civil, que registrou 1.020 admissões líquidas, com contribuição expressiva da atividade Construção de Edifícios, a qual registrou 846 novas vagas em São Luís. Destaque também para a Indústria de Alimentos e Bebidas, que registrou 1,1 mil aberturas de vagas na atividade Fabricação de açúcar em Coelho Neto.

Acordo fortalece pesquisa espacial no Maranhão

Posted on Updated on

Da Universidade Federal do Maranhão:

A reitora Nair Portela; o comandante do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), Luciano Valentim Rechiuti; o diretor geral do Departamento Ciência e Tecnologia Aeroespacial, o Tenente-Brigadeiro do Ar, Carlos Augusto Amaral Oliveira; o reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Anderson Ribeiro Correia; e o deputado federal José Reinaldo assinaram o convênio de implantação do curso de Engenharia Aeroespacial na Universidade Federal do Maranhão. (…)

UFMA, ITA e CLA se unem em uma parceria técnica que possibilitará suporte acadêmico e infraestrutura espacial para a formação de profissionais altamente capacitados para o setor aeroespacial, em pesquisas, lançamentos, rastreio de veículos espaciais e coleta e processamento de dados. Como ação imediata, o curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (BICT) representaria o primeiro ciclo da implantação do curso de Engenharia Aeroespacial. O segundo ciclo será fomentado pelos professores da UFMA e ITA, com apoio técnico do CLA.

Para a reitora Nair Portela, o convênio é um marco histórico para o estado do Maranhão e o programa aeroespacial brasileiro. “É uma alegria muito grande estarmos escrevendo essa página da história maranhense. “Quando eu, recém chegada ao cargo de reitora da universidade, recebi essa proposta grandiosa, aceitei de pronto, com a certeza de que todos iriam apoiar. Levamos o debate do projeto aos cursos de Engenharia e nossos parceiros da universidade e a proposta foi aceita por unanimidade”, pontuou.

O reitor do ITA, Anderson Correia, ressaltou a inovação que ocorrerá com o novo curso. “O curso será voltado para o lançamento de foguetes e rastreio, então é algo inédito para o Brasil. Agradeço a todos pelo esforço, pois algo dessa magnitude só pode ser feito em equipe”, destacou. O comandante do CLA complementou mencionando a participação conjunta do Centro de Lançamento, da UFMA e do ITA para o desenvolvimento do programa espacial brasileiro: “A ideia é com a consolidação do Centro Espacial de Alcântara e essa iniciativa, trazer conhecimento, formar profissionais e fixar esse pessoal aqui”.

*** *** ***

A matéria completa está aqui.

Nordeste tem inflação abaixo do índice nacional em junho

Posted on Updated on

dinheiroO Nordeste apresentou crescimento de 0,32% da inflação em junho, índice inferior ao verificado em âmbito nacional no mês (0,35%). A avaliação é resultado de monitoramento periódico do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de estudos regionais do Banco do Nordeste.

No acumulado dos últimos doze meses, a inflação no Nordeste registrou alta de 9,0%, nível mais elevado que o verificado em todo o Brasil (8,8%). Apesar disso, a região apresentou indicadores abaixo do nível nacional em seis dos nove grupos de preços pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Fortaleza continua com a maior taxa de elevação de preços na região, chegando a 10,4%. Em seguida, aparecem Salvador, que registrou inflação de 8,8%, e Recife, com índice de 8,5%.

Na avaliação mensal de junho, as três capitais mais populosas do Nordeste registraram variações equilibradas em comparação a maio: Fortaleza e Salvador, com 0,32%, e Recife, com 0,33%.

“Apesar de certa resiliência do processo inflacionário nos últimos meses, espera-se que, em razão da atividade econômica, conjugada com a diluição dos efeitos da elevação dos preços administrados em 2015, resulte no arrefecimento da pressão inflacionária”, afirma o estudo.

Do Banco do Nordeste.

Ceará, Maranhão e Piauí firmam parceria para turismo da Rota das Emoções

Posted on Updated on

JERICOACOARA_6O governador Camilo Santana e os governadores do Maranhão, Flávio Dino, e do Piauí, Wellington Dias, assinaram nesta terça-feira (26), em São Luís, o contrato de rateio para a reativação da Agência de Desenvolvimento Regional Sustentável (ADRS). Criada para desenvolver o turismo da Rota das Emoções, a entidade é um consórcio público que compõe destinos dos três estados. A assinatura inicia as ações para a efetiva retomada do desenvolvimento do roteiro que abrange paraísos naturais e passa por 14 cidades dos três estados.

A atuação da ADRS compreende a promoção e o apoio a comercialização de produtos turísticos, a qualificação da mão de obra do setor, e o fortalecimento dos municípios integrantes. “Estamos falando de regiões – Jeri, Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses – que estão entre as mais belas do planeta. De forma integrada, podemos transformá-las entre as mais visitadas também”, destacou o governador Camilo Santana.

Camilo ressaltou que essa pactuação entre os estados é muito importante para que se possa preservar e divulgar a região para o mundo. “Além disso, a Rota das Emoções vai ajudar a melhorar a infraestrutura, estimular o turismo e qualificar a mão de obra entre os municípios envolvidos”, disse o governador, que citou ainda a construção do Aeroporto de Jericoacoara, em Cruz, que será inaugurado este ano.

A efetivação do contrato é o resultado das discussões iniciadas durante o Salão da Rota das Emoções, em Jericoacoara (CE), em 2015. Em setembro, o Maranhão sediou o encontro de apresentação do novo plano de ação da agência, que é um braço executivo do Consórcio Público do Norte dos Estados do Maranhão, Piauí e Ceará, criado em 2007.

“Foi um evento muito importante para que a agência possa reativar um calendário de atividades para a Rota das Emoções. Acreditamos muito que temos um grande caminho de aquecer o mercado interno do turismo. É um destino turístico único, que oferece atrativos que só existem nessa região, desde Jericoacoara, passando pelo Delta do Parnaíba e chegando aos Lençóis Maranhenses”, afirmou Flávio Dino, governador do Maranhão. Ele citou que a Rota das Emoções participará de eventos em Berlim (Alemanha) e São Paulo para divulgar a região.

A Rota

A Rota das Emoções envolve 14 municípios do Maranhão, Piauí e Ceará. No Ceará, o roteiro integra os municípios de Barroquinha, Camocim, Chaval, Cruz e Jijoca de Jericoacoara. No Maranhão, as cidades de Barreirinhas, Paulino Neves, Araioses, Tutóia e Santo Amaro. E no Piauí, Ilha Grande, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia. “Teremos investimentos importantes em infraestrutura no Piauí, Ceará e Maranhão, como estradas e aeroportos, e em áreas como segurança, saúde e qualificação de mão de obra. Vamos divulgar mais a região para atrair novos turistas”, ressaltou o governador do Piauí, Wellington Dias.

Estrutura

Além da retomada das negociações, o Governo do Ceará também investiu em infraestrutura em prol da Rota das Emoções. Em Barroquinha, a CE-187 foi pavimentada no trecho que vai à Praia de Bitupitá, que também receberá urbanização. Em Camocim e em Chaval, estão em elaboração os projetos do Parque Urbano de Camocim e do Porto dos Mosquitos, respectivamente.

Em Cruz, o acesso entre a CE-085 e a Praia do Preá está sendo pavimentado. Além disso, a Praça de Eventos do Preá deverá ser urbanizada. Para Jijoca, há o projeto da cerca do Parque Nacional de Jericoacoara.

No Maranhão, a construção da estrada que ligará Paulino Neves a Barreirinhas, iniciada em outubro, já atingiu 30% de execução e deve ser entregue em março. A estrada permitirá que os turistas percorram um trajeto menor entre Jericoacoara (CE) e as cidades dos Lençóis Maranhenses.

Marca paranaense de doces funcionais inaugura loja no Nordeste

Posted on

ÍndiceA Fit Cookies, empresa paranaense especializada na produção de doces funcionais, acaba de confirmar a implantação de sua segunda franquia na região nordeste, agora em São Luís, no Maranhão. Além desta nova unidade, a Fit Cookies deve inaugurar, ainda em 2015, mais 15 franquias nos principais estados brasileiros.

 

Sob o comando de Merydiane Aires Figueiredo dos Anjos, a Fit Cookies São Luís vai abranger a cidade mais populosa do Estado. A administradora em análise de sistema decidiu mudar de campo de atuação e investir na Fit Cookies ao notar o crescimento do interesse das pessoas em cuidar da saúde. “O mercado em São Luís é bem positivo para esse segmento. É fácil perceber que as pessoas estão cada vez mais preocupadas em levar uma vida saudável. Além disso, busquei a Fit Cookies para trabalhar porque gosto da rotina de treinos e dieta, e quero ajudar a difundir esse estilo de vida no Maranhão”, explica Merydiane.

 

A Fit Cookies São Luís, com inauguração prevista para a segunda quinzena de agosto, vai trabalhar com toda a linha de pastas, mousses e massa de cookies. Todos os produtos da Fit Cookies são produzidos artesanalmente com ingredientes nobres, funcionais e saudáveis. “Os nossos produtos foram criados para suprir as necessidades de pessoas que pretendem manter uma dieta equilibrada com alimentos que agregam, por exemplo, proteína, gorduras boas e baixo carboidrato”, explica Graziele Zonta, proprietária e idealizadora da Fit Cookies.

 

Entre os destaques da marca estão os doces proteicos, entre eles o brigadeiro, o beijinho e os mousses de limão e maracujá. Além disso, a Fit Cookies oferece diversas pastas especiais (Amendoim; Amêndoas; Macadâmia, Goji Berry e Cacau; Castanha do Pará e Nozes; Amendoim, Avelã e Cacau; Amendoim e Castanha de Caju; Amendoim, Castanha do Pará e Níbis de Cacau; Amendoim, Macadâmia e Cranberries; Amendoim com Coco e Amendoim com Passas) ricas em fibras e colágeno, e livres de glúten e conservantes.

Rede especializada em grãos busca novos franqueados no Nordeste

Posted on

A Nutty Bavarian, rede pioneira e especializada em grãos torrados e glaceados, está em busca de novos franqueados na região nordeste, especialmente nos estados do Maranhão, Piauí, Bahia, Ceará, Pernambuco e Sergipe. A rede, que atualmente conta com 115 unidades em operação em todo país, já possui operações na Paraíba, Alagoas e Rio Grande do Norte. Esses pontos recebem uma média de 3.000 consumidores por mês.

 

“Temos muito interesse em expandir na região nordeste do Brasil, pois entendemos que esses locais possuem um público que aprecia a diversidade do sabor das nossas nuts (amêndoas, nozes, pecan, amendoim, pistache, avelã e castanha de caju), somado a isso, a região tem apontado um ótimo desenvolvimento na área de empreendimentos e conta com muitos empresários promissores, o que motiva ainda mais a prospectar esses locais”, comenta Adriana Auriemo diretora da Nutty Bavarian.

 

Sobre a NUTTY BAVARIAN:

A Nutty Bavarian é uma empresa pioneira e especializada em amendoins, castanhas, nozes, amêndoas, avelãs e outros grãos glaceados e torrados. No Brasil desde 1996, a marca atua com franquias de quiosques de baixo investimento, divididas em três modelos de negócios: Standard (taxa de franquia a partir de R$ 80 mil reais) e Premium (taxa de franquia de R$ 85 mil reais). Atualmente, a rede conta com 115 quiosques distribuídos em 16 estados mais o Distrito Federal. Presente em shoppings, aeroportos, terminais rodoviários e universidades, a Nutty Bavarian é uma das melhores marcas para quem quer realizar o sonho de ter um negócio próprio e dentro do segmento de franquias. Em 2013, a empresa faturou R$ 31 milhões e a expectativa é crescer 30% neste ano.