Notícias

Mercado financeiro projeta Selic em 14,25% ao ano

Posted on Updated on

dinheiroInstituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) esperam que a taxa básica de juros, a Selic, seja elevada em 0,5 ponto percentual na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), marcada para amanhã (28) e quarta-feira (29). Atualmente, a Selic está em 13,75% ao ano, após passar por seis altas seguidas.

A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o BC contém o excesso de demanda que pressiona os preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando reduz os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas alivia o controle sobre a inflação.

Como o BC está tentando conter a inflação, a expectativa é continuidade do processo de aumento da taxa básica. Para este ano, a estimativa do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu pela 15ª vez seguida. A projeção passou de 9,15% para 9,23%. Neste ano, a inflação deve ficar muito acima do limite superior da meta estabelecido pelo governo, que é 6,5%. Para 2016, a projeção permanece em 5,40%.

A promessa do BC é entregar a inflação no centro da meta (4,5%), em 2016. Como as expectativas para o próximo ano ainda estão acima disso, o BC considera que precisa continuar elevando os juros. Na última sexta-feira (24), o diretor de Política Econômica do BC, Luiz Awazu Pereira da Silva, disse que, mesmo com alguns resultados positivos inegáveis, acontecimentos recentes mostram que existem novos riscos que podem influenciar o resultado da inflação em 2016. Para o diretor, isso pode afetar as expectativas de inflação no longo prazo.

Para o diretor, há sinais positivos da convergência da inflação para 4,5% no próximo ano, mostrando que o BC está no caminho certo. “No entanto, o progresso até agora na luta contra a inflação precisa ser equilibrado contra riscos recentes que ameaçam nosso objetivo central”, disse. O diretor acrescentou que o BC deve permanecer cauteloso no momento atual.

 

Da Agência Brasil.

Prefeitura de Fortaleza apresenta nova Lei de Incentivos Fiscais

Posted on

incentivosA Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), apresenta a nova Lei de Incentivos Fiscais nº 205/2015 nesta sexta- feira (24), às 12h30, em um encontro com lideranças empresariais na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). O objetivo é ter um novo indutor de estímulo ao surgimento de novos negócios na cidade.

Aprovada na Câmara Municipal de Vereadores e sancionada pelo Prefeito Roberto Cláudio, a Lei de Incentivos Fiscais nº 205/2015 prevê atração de investimentos para cidade, por meio da concessão de benefícios fiscais às empresas instaladas em locais com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), além do apoio ao desenvolvimento de Parques Tecnológicos no Município.

Com a proposta de desconcentrar a instalação de novas empresas e desenvolver um ambiente propício aos negócios, a nova Lei favorecerá novas vocações econômicas no município, além de gerar empregos qualificados. De acordo com o titular da pasta, Robinson de Castro, várias estratégias estão sendo adotadas para favorecer a disseminação de novas vocações econômicas.

“Estamos buscando, cada vez mais, desenvolver ações que impulsionem o crescimento econômico de Fortaleza e possam atrair novas empresas nos bairros menos desenvolvidos da Cidade. Dessa forma, favorecemos a geração de renda para a população e contribuímos com desenvolvimento desses locais”, afirmou.

A Lei beneficia dois programas voltados para a atração de investimentos. O primeiro trata-se do o Programa de Desenvolvimento Econômico do Município de Fortaleza (Prodefor), que incentiva o desenvolvimento econômico e social do Município de Fortaleza, a partir da concessão de incentivos fiscais às empresas instaladas nos bairros com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).
 

Fonte: Prefeitura de Fortaleza.

Governo do Ceará investe R$ 70,8 milhões na educação infantil

Posted on

educinfantilO governador Camilo Santana lançou, nesta segunda-feira (20), no Palácio da Abolição, um pacote de investimentos para a construção de Centros de Educação Infantil (CEIs). O aporte financeiro é da ordem de R$ 70,8 milhões, com R$ 56,7 milhões de recursos estaduais e do contrato de empréstimo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e outros R$ 14,1 milhões de contrapartida dos municípios.

Camilo falou que os Centros serão aliados na formação educacional das crianças. “Os equipamentos fazem parte de uma política que o Estado vem fortalecendo, o ‘Mais Infância Ceará’, liderado pela primeira-dama do Estado, Onélia Leite, com objetivo de olhar para as crianças de 0 a 3 anos. Só é possível construir um Ceará melhor e mais digno com investimento na educação”, afirmou o chefe do Executivo cearense.

O secretário estadual de Educação, Maurício Holanda, parabenizou as cidades habilitadas e informou como será realizada a gerência do equipamento. “Esse é o momento de parabenizarmos os municípios contemplados com as unidades, que já são entregues com os equipamentos: computadores, cadeiras, material para cozinha, livros, entre outros. A gerência de cada Centro é de responsabilidade da administração municipal” disse.

O investimento atenderá os Centros de Educação Infantil (CEIs) já conveniados com o Estado e outros 10 equipamentos, que serão selecionados a partir do sexto Edital de Chamada para Seleção de municípios cearenses interessados em concorrer à implantação das unidades de ensino. A iniciativa integra o Programa de Ampliação da Oferta Municipal de Educação Infantil.

Inadimplência cresce mais no Centro-Oeste, diz SPC Brasil

Posted on

dinheiroNo mês de junho o indicador regional de inadimplência do consumidor calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) registrou crescimento na quantidade de consumidores com contas atrasadas em todas as regiões brasileiras. Os Estados que compõem a região Centro-Oeste apresentaram a maior variação (5,75%) e acima da média nacional (4,52%), se comparada com o mesmo mês do ano passado. As regiões Nordeste (4,22%), Sudeste (3,42%), Norte (3,23%) e Sul (2,61%) completam a lista em ordem decrescente.

Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o crescimento da quantidade de pessoas negativadas observado de forma generalizada em todas as regiões do país reflete a piora do cenário macroeconômico nos últimos meses. “A pressão exercida pela inflação em níveis elevados e combinada com o aumento dos índices de desemprego têm impactado na capacidade dos brasileiros honrarem seus compromissos financeiros em dia”, explica a economista.

Na passagem de maio para junho, sem ajuste sazonal, três regiões apresentaram queda na quantidade de brasileiros devedores: Norte (-1,08%), Sul (-1,05%) e Sudeste (-0,27%). O Nordeste e o Centro-Oeste apresentaram crescimento de 1,00% e 0,66%, respectivamente.

Sudeste concentra mais inadimplentes

Segundo o indicador, a região Sudeste, que responde pela maior parte do PIB brasileiro é quem detém a maior fatia do número total de inadimplentes no país: 39,85%. “Isso significa dizer que em cada dez brasileiros com alguma conta pendente, quatro residem nos Estados da região Sudeste”, afirma a economista do SPC Brasil. Em seguida surgem as regiões Nordeste (26,21%), Sul (12,82%), Norte (8,74%) e Centro-Oeste (7,84%) no ranking de participação.

Claro amplia rede 4GMax para Juazeiro do Norte

Posted on

A operadora Claro, em Juazeiro do Norte, Ceará, poderão usufruir da velocidade do 4GMax, que permite o acesso à internet em altíssima velocidade e a melhor experiência em recursos como games multiplayers, videoconferência ou streaming de vídeo. Com essa tecnologia, a operadora também está presente na capital, Fortaleza, desde abril de 2013.

Para usufruir dos benefícios da nova tecnologia não há nenhum custo adicional. Basta que o consumidor possua um plano Claro Online a partir de 500MB, um aparelho compatível com a tecnologia e esteja em uma localidade com cobertura.

“O objetivo da Claro é oferecer aos nossos clientes a melhor experiência em internet móvel, por isso, estamos empenhados em expandir o 4G no Estado. A ampliação da rede vai ao encontro do compromisso que temos em disponibilizar serviços de qualidade”, afirma André Peixoto, diretor regional Claro Nordeste. Além disso, os clientes poderão aproveitar a nova tecnologia já com a promoção Internet Turbinada, com Whastapp, Facebook e Twitter à vontade dentro da franquia.

“A Claro foi a primeira a aumentar o pacote de dados para os seus clientes sem cobrar nada a mais por isso e, agora reafirma o seu compromisso com a melhor oferta de internet móvel do mercado”, comenta Peixoto.

Governador anuncia construção de Centros de Educação Infantil

Posted on

camiloO governador Camilo Santana e o secretário da Educação, Maurício Holanda, lançam nesta segunda-feira, dia 20, às 15 horas, no Palácio da Abolição, um pacote de investimentos para a construção de Centros de Educação Infantil.

A ação integra o Programa de Ampliação da Oferta Municipal de Educação Infantil. Esse esforço contribuirá para a melhoria do processo de alfabetização das crianças matriculadas na rede pública municipal cearense.

SERVIÇO:
Lançamento de Investimentos para Construção de Centros de Educação Infantil

Data: 20/07/2015
Horário: 15 horas
Local: Palácio da Abolição

Atividade econômica do país fica estável em maio, informa Banco Central

Posted on

inadimplencia(1)A atividade econômica ficou praticamente estável de abril para maio deste ano. De acordo com o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período), houve crescimento de 0,03%.

A estabilidade veio depois de dois meses seguidos de queda na atividade econômica. De acordo com os dados revisados, em abril comparado a março, houve retração de 0,88%. Em março, comparado a fevereiro, a queda ficou em 1,53%.

Na comparação com maio de 2014, houve queda de 4,75%, de acordo com dados sem ajustes, uma vez que a comparação é entre períodos iguais. Em 12 meses encerrados em maio, a retração ficou em 1,72% e, no ano, a queda chegou a 2,78%. O índice ajustado em 12 meses apresentou queda de 1,68%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.

O indicador oficial sobre o desempenho da economia é o Produto Interno Bruto (PIB), elaborado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na avaliação do mercado financeiro, o PIB deve ter queda de 1,5%, este ano.

No primeiro trimestre deste ano, o PIB recuou 0,2%, na comparação com o período anterior (outubro, novembro e dezembro de 2014). Em relação ao mesmo período do ano passado, houve queda de 1,6%, a maior retração desde o segundo trimestre de 2009 (-2,3%). Em 12 meses, o PIB acumulou queda de 0,9%.

 

Fonte: Banco Central.

Prefeitura oferece capacitação para população em situação de rua

Posted on

centro_de_convivencia_para_pessoas_em_situacao_de_ruaO curso de capacitação do Centro de Convivência para População em Situação de Rua, equipamento da Secretaria Municipal de Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome (Setra), inicia nesta segunda-feira (20) no bairro José Bonifácio. Com carga horária de 60 horas, o Curso Básico de Fotografia tem como objetivo capacitar 25 jovens e adultos usuários do equipamento para o mercado de trabalho.

Ministrado por um instrutor que conhece a realidade do público, uma vez que superou a situação de rua e hoje é profissional da área de Fotografia, o curso terá início com a temática dos direitos humanos e cidadania. Em seguida, os participantes aprenderão os princípios da câmera fotográfica, seus principais mecanismos técnicos, assim como operacionalizar seus usos integrados para a formação da imagem, entre outras questões técnicas. Por fim, será realizada uma exposição com o resultado do trabalho desenvolvido pelos alunos durante o curso.

Centro de Convivência

Com capacidade para atender até 200 pessoas e horário de funcionamento de 8 às 22 horas, o Centro realiza atividades de sociabilidade e convivência contemplando as linguagens lúdicas e culturais, cursos profissionalizantes, além de oferecer serviço de lavandeira para lavagem e secagem de roupa, alimentação de qualidade no horário do café da manhã, almoço e jantar.

A estrutura do Centro apresenta espaços para atendimento individual com garantia de sigilo, espaço coletivo para atividades, cozinha e refeitório para oferta de alimentação e como suporte para as aulas práticas dos cursos profissionalizantes, lavanderia, espaço de leitura e multimídia e para oferta de oficinas e cursos de capacitação. O Centro de Convivência para Pessoas Adultas em Situação de Rua busca assegurar atendimento com atividades direcionadas e programadas para o desenvolvimento de sociabilidade que oportunizem a construção do processo de saída das ruas.

Fonte: Prefeitura de Fortaleza.

Prédio do Museu da Imagem e do Som é tombado provisoriamente pelo Coepa

Posted on

muO Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Histórico Cultural (Coepa) aprovou a abertura de estudos para o tombamento definitivo do prédio onde funciona o Museu da Imagem e do Som (MIS), na avenida Barão de Studart, nº 410, em Em reunião ordinária na última quarta-feira (15).

A partir de agora, o imóvel está tombado provisoriamente por até um ano, prazo para que o estudo acerca da edificação seja concluído, apresentado e votado pelo Coepa.

Os conselheiros Robledo Valente Duarte (Secretaria da Infraestrutura), José Ramiro Teles Beserra (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan) e José Luís Araújo Lira (Universidade Vale do Acaraú) foram escolhidos relatores do processo.

 

Fonte: Governo do Estado do Ceará.

Ceará registra déficit de US$ 76,5 milhões na balança comercial em junho

Posted on

dinheiroA balança comercial do Ceará registrou déficit de US$ 76,5 milhões no mês de junho, com as exportações retraindo 69,1% , e as importações 20,2% , em comparação com igual período de 2014. No acumulado do ano, as vendas para o exterior caíram 36,1% (, enquanto que as compras externas subiram 15,0%, resultando em saldo negativo de US$ 1,2 bilhão.

Os dados são do “Ceará em Comex“, estudo de inteligência comercial elaborado mensalmente pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), referente ao mês de junho de 2015 .

Diferente do Brasil, que reduziu suas importações, o Ceará aumentou sua participação nas compras externas em relação ao país nos cinco primeiros meses do ano, alcançando 1,77% – com aumento de 40,5% em relação à igual período de 2014, quando registrou 1,26%. Já a participação do estado nas exportações nacionais obteve retração, passando de 0,68%, em 2014, para 0,51%, em 2015.

A partir desses números o Ceará figurou na décima sexta posição entre os principais estados brasileiros exportadores, devido à retração de 36,1% nas vendas externas, superando a média brasileira, de 14,7%. Das 27 unidades da Federação, apenas Maranhão, Tocantins, Piauí, Rio Grande do Norte e Acre registraram incremento nas exportações no ano. Já em relação ao Nordeste, a participação cearense passou de 10,01% para 7,25% – queda de 27,6%.

 

Fonte: Fiec.