Banco do Nordeste aplica R$ 788,7 milhões pelo Plano Safra Empresarial

Posted on Updated on

safraO Banco do Nordeste aplicou, até outubro, R$ 788,7 milhões por meio do Plano Safra Empresarial 2016/2017, voltado a produtores rurais (exceto agricultores familiares). Ao todo, foram contratadas 1.783 operações no período. No Ceará, os investimentos alcançaram R$ 41,9 milhões.

A meta global é contratar R$ 3,9 bilhões até o junho do próximo ano dentro do programa. Se forem considerados também os recursos destinados para o segmento de Agricultura Familiar, a expectativa de negócios até junho de 2017 sobe para R$ 6,2 bilhões.

Afora o Plano Safra Empresarial, o Banco do Nordeste contratou, até outubro, R$ 725,2 milhões pelo Plano Safra da Agricultura Familiar, totalizando R$ 1,5 bilhão em aplicações. No Ceará, foram realizadas 20.251 operações, perfazendo R$ 96,8 milhões.

Plano Safra Agrícola

O Plano Safra Agrícola e Pecuário abrange os segmentos Empresarial e  Agricultura Familiar. Este ano, a pecuária de corte, reservada à aquisição de animais para recria e engorda, deixou de ser considerada investimento, passando para a modalidade de custeio. A mudança significou mais recursos e agilidade na contratação do crédito.

Os recursos do Plano Safra estão disponíveis a produtores de todos os estados da região Nordeste e municípios do norte do Espírito Santo e de Minas Gerais.

Do Banco do Nordeste.

Dívida em alta faz consumidor ser mais tímido nas compras de Natal, mas otimismo cresce para 2017

Posted on Updated on

inadimplencia(1)O endividamento é apontado por 40% dos consumidores na sondagem nacional Hábitos de Consumo, da Boa Vista SCPC, como a principal causa para não irem às compras neste Natal e Fim de Ano. No ano anterior, este percentual atingiu 37%.

O desemprego é o segundo motivo, passando de 21% em 2015 para 29% atuais, uma alta de 8 p.p. (pontos percentuais). O fato de não comprarem presentes por ter de priorizar o pagamento das contas da casa, como mensalidade escolar, plano de saúde e outros, também aumentou de 11% para 17%.

Quando analisados os dados por regiões do país, a pesquisa aponta que 83% dos respondentes da região Sul não pretendem ir às compras porque estão endividados, ou seja, com grande comprometimento da renda. A segunda causa para os consumidores da região Sul é a redução da renda, com 17%. Nas regiões Sudeste e Norte o endividamento representa 43% e 40%, respectivamente, enquanto o desemprego é o principal motivo nas regiões Centro-Oeste e Nordeste, com 50% e 41% dos respondentes.
A pesquisa da Boa Vista SCPC também identificou na divisão por classes sociais os motivos que causam a contenção dos gastos entre o período de Natal e Fim de Ano. Para os respondentes das classes C e D/E o principal motivo é o endividamento, com 42% e 43% das menções, respectivamente. Já para os respondentes das classes A e B apontam o endividamento, o desemprego, a alta da inflação e a contenção de despesas como os principais fatores, cada um com 25%.

Projeção para inflação cai para 6,72% este ano

Posted on

inflaçãoInstituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) reduziram a projeção de inflação pela terceira vez seguida. A estimativa de inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu de 6,80% para 6,72%. Para 2017, a estimativa é mantida em 4,93% há duas semanas. As estimativas fazem parte de pesquisa feita pelo BC ao mercado financeiro sobre os principais indicadores econômicos.

As projeções ultrapassam o centro da meta que é de 4,5%. O teto da meta é 6,5% este ano, e 6% em 2017.

A projeção de instituições financeiras para a queda da economia (Produto Interno Bruto – PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país), este ano, piorou ao passar de 3,40% para 3,49%. Para 2017, a expectativa de crescimento foi alterada de 1% para 0,98%.

Reunião do Copom

O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC reúne-se amanhã e na quarta-feira (30) para definir a taxa básica de juros, a Selic. A expectativa é que dê continuidade ao ciclo de cortes na Selic, com redução da taxa dos atuais 14% ao ano para 13,75% ao ano. Para o final de 2017, a expectativa para a Selic é 10,75% ao ano.

A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve como referência para as demais taxas de juros da economia.

Ao reajustá-la para cima, o BC contém o excesso de demanda que pressiona os preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando reduz os juros básicos, o Copom barateia o crédito e incentiva a produção e o consumo, mas alivia o controle sobre a inflação.

Da Agência Brasil.

Granja Regina lança campanha de Natal beneficiente

Posted on

natalpresenteCom o objetivo de promover o compartilhamento de amor, a Granja Regina realiza a segunda edição da campanha “Natal é tempo de banquete e solidariedade”, em que beneficiará instituições sociais cearenses com a ave natalina Banquete. Na campanha de 2015, cerca de 1,3 toneladas de alimentos foram distribuídos para 21 instituições.

Esse ano a campanha será ainda mais encantadora. Durante o mês de dezembro, cada instituição receberá um “banquete de amor” que é uma grande ceia de Natal organizada pela Granja Regina. Além disso, a ação foi ampliada e a empresa proverá durante o ano de 2017, toda a demanda mensal de alimentos como frangos e ovos, às entidades participantes de Fortaleza, somando aproximadamente 5 ton de alimentos a serem doados.

As instituições beneficiadas em Fortaleza esse ano são: a Creche Pleno Viver (da Fundação Terra), apadrinhada por Lia Quinderé e Valéria Quinderé, a Toca de Assis, apadrinhada por Lilian Porto e Luiziane Cavalcante, o Fundo de Apoio Comunitário (Fac), apadrinhado por Marília Fiúza e Ceres Fiúza, o Projeto Vida, apadrinhado por Vinícius Machado e Dani Holanda, a Casa de Apoio Sol Nascente, apadrinhada por Lana Gama, o Grupo Amor, apadrinhado por Priscylla Mesquita e Luiz Victor Torres, e a Capela de Santa Terezinha, apadrinhada por Rafaela Otoch e Fernanda Baquit.

As instituições do interior do estado que receberão a Ave de natal Banquete são: o Abrigo São Francisco, a Casa de Apoio Madre Anna Rosa Gattorno, a Casa Viva a Vida e o Centro Pop, todos em Sobral. Além desses, também serão beneficiadas a Associação Grão de Mostarda, de Quixadá, Instituto de Apoio às Crianças com Câncer, de Barbalha, o Orfanato Jesus Maria e José, de Juazeiro do Norte e a Fundação Casa Grande, em Nova Olinda.

Compreendendo que o espirito de natal vive em cada um de nós, o objetivo da campanha da Granja Regina esse ano é compartilhar amor. Para isso, os consumidores serão convidados a descobrirem o segredo do natal em cabines instaladas nos pontos de vendas, onde assistirão a depoimentos das pessoas atendidas pelas instituições.

Total de pessoas ocupadas cai 3,9% pela primeira vez em 11 anos

Posted on

trabalhoPela primeira vez desde 2004, houve queda no número de brasileiros ocupados em 2015, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2015, divulgada hoje (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A redução de 3,9% representou menos 3,8 milhões de pessoas ocupadas. Além disso, cerca de 2 milhões de ocupados deixaram de contribuir para a Previdência. A coordenadora da pesquisa, Maria Lúcia Vieira, ressaltou que a indústria apresentou a maior perda, com cerca de um milhão de ocupados a menos (-8%).

“As principais perdas ocorreram em ocupações em que havia melhor remuneração, [onde houve] um impacto no rendimento que caiu pela primeira vez em 11 anos”, explicou ela.

A participação dos empregados entre os ocupados passou de 61,3% para 60,6% e a dos que trabalham por conta própria cresceu de 21,4% para 23%.

O mercado de trabalho teve aumento de 38,1% da população desocupada (mais 2,8 milhões de pessoas), que chegou a 10 milhões de pessoas de 15 anos ou mais de idade em 2015. A maior parte da população desocupada era composta por pretos ou pardos (60%), mulheres (53%) e jovens (33,4%) e pessoas com o ensino médio incompleto (48,2%).

 

Da Agência Brasil.

Prefeitura lança programa de reciclagem nas escolas

Posted on

reciclagemA primeira escola do projeto já recebeu o coletor de recicláveis feito em madeira plástica. A Prefeitura de Fortaleza, por meio das Secretarias Municipais de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) e de Educação (SME), e em parceria com o Limpa Brasil – Let’s do It!, instalou a primeira Escola PEV da Cidade. A partir de agora, a Escola Municipal Narciso Pessoa de Araújo, no Grande Bom Jardim (Regional V), conta com um Ponto de Coleta Voluntária (PEV) para o recebimento de materiais recicláveis.

“Fico muito feliz em saber que uma instituição de ensino público se engaja em um projeto tão importante para o meio ambiente e para a nossa Cidade. Agora, os alunos terão à disposição um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) de materiais recicláveis e farão parte das políticas que implantamos relacionadas aos resíduos sólidos, como a implantação de 22 Ecopontos”, afirmou o prefeito Roberto Cláudio.

A titular da Seuma, Águeda Muniz, também destacou a importância da parceria e ressaltou que a iniciativa será ampliada. “A nossa expectativa é levar o projeto para mais 29 escolas e, posteriormente, para toda a rede de ensino municipal, sempre com o importante apoio da Rede de Catadores”, assegurou.

A primeira escola do projeto já recebeu o coletor de recicláveis feito em madeira plástica e se transformou em um local de aprendizado sobre o descarte adequado de resíduos, catalisando a coleta seletiva prevista na Política Municipal de Resíduos Sólidos e já iniciada com a implantação de 22 Ecopontos em Fortaleza.

Antes da chegada do coletor, a unidade de ensino e a Seuma realizaram atividades de capacitação para que os estudantes sejam multiplicadores do descarte adequado de resíduos em casa e na comunidade. Além disso, no sábado (21/11), foi realizada uma ação coletiva em que 130 alunos coletaram resíduos recicláveis, no bairro, colaborando com a limpeza local.

A iniciativa integra as políticas de Educação Ambiental e de Resíduos Sólidos, com doação dos recicláveis para as associações de catadores. A primeira entidade beneficiada foi a Sociedade Comunitária de Reciclagem do Lixo do Pirambu de Fortaleza (Socrelp). Com a ampliação do projeto, os integrantes da rede de profissionais da reciclagem serão inteiramente contemplados.

 

Da Prefeitura de Fortaleza.

72% dos brasileiros vão usar 13º salário para pagar dívidas e saldar contas do início do ano

Posted on

inflaçãoEntre os mais de 700 consumidores respondentes em todo o Brasil, da Pesquisa Hábitos de Consumo para o Natal e Final de Ano, da Boa Vista SCPC, 74% afirmaram que irão receber o 13º salário este ano. Deste percentual, 72% vão usar a renda extra para quitar dívidas e saldar contas do início de ano: 56% para quitar dívidas e 16% para pagar as contas de início de ano (IPVA, IPTU, matrícula escolar). Apenas 13% afirmaram que irão poupar ou investir.

 A maioria dos entrevistados, em todas as regiões do país, afirmou o uso do 13º salário para quitar dívidas, com destaque para a região Norte (76%), seguida da Centro-Oeste (65%), Nordeste (58%), Sudeste (55%) e Sul (53%). Na comparação entre as classes sociais, foi maior a intenção de quitar as dívidas na DE, com 66% das menções, quando questionado o uso do 13º salário. Dos respondentes da classe C, as intenções caíram para 48% e nas classes AB para 21%.

De modo geral, dos consumidores que irão poupar o 13º salário, 26% devem guardar até 30% do valor recebido; 17% conseguirão guardar entre 30% a 50% do valor e 9% conseguirão guardar 100% do 13º salário. Outros 48% informaram que não conseguirão poupar nada, contra 44% registrados em 2015 e 31% em 2014.

Na divisão por regiões, 52% dos consumidores do Norte não conseguirão poupar nada do 13º salário, seguidos dos moradores da região Sudeste, onde 49% dos consumidores afirmam que não economizarão a renda extra. A pesquisa da Boa Vista SCPC revelou que, ao longo do tempo, a disposição do consumidor em guardar parte ou todo o 13º salário está diminuindo.

Mesmo pretendendo gastar menos em relação ao ano passado, 51% dos consumidores respondentes não conseguirão poupar nada do 13º terceiro salário. Entretanto, entre aqueles que pretendem gastar mais neste ano fazendo compras, 73% irão poupar parte ou mesmo todo o valor recebido como gratificação de fim de ano.

 

Consumo de água em Fortaleza cai 6,5% em outubro

Posted on

6-formas-de-aumentar-o-consumo-de-agua-no-dia-a-dia-02A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) registrou, em outubro de 2016, redução de 6,5% no consumo de água em Fortaleza e na Região Metropolitana (RMF). O percentual representa uma redução de aproximadamente 780 mil m³ no volume consumido, maior do que a registrada em agosto, quando a redução foi de 619 mil m³ (5%).

Aproximadamente 261 mil clientes da Cagece, na RMF, pagaram tarifa de contingência em outubro. Comparado com o mês de setembro, quando houve a cobrança para cerca de 242 mil clientes, constata-se que aproximadamente 19 mil passaram a consumir acima da meta.

A Cagece arrecadou em outubro de 2016 o montante de R$ 6,9 milhões com a tarifa de contingência. No período acumulado de dezembro de 2015 a outubro de 2016, o valor arrecadado com a tarifa de contingência foi de aproximadamente R$ 57 milhões.

Deduzidos os tributos, o saldo arrecadado acumulado foi na ordem de R$ 41 milhões. Todo o recurso arrecadado com a tarifa de contingência é revertido em redução de perdas e em obras relacionadas à seca, de acordo com determinação das agências reguladoras.

Saiba mais

A tarifa de contingência é aplicada aos clientes da Cagece que não reduzirem o consumo de água, conforme meta definida para cada cliente e informada nas contas de novembro de 2015. O mecanismo, autorizado em novembro do ano passado pelas agências reguladoras no Estado, tem por objetivo estimular a redução do consumo de água durante o período de escassez hídrica. A tarifa com a nova meta de 20% entrou em vigor na capital a partir do dia 18 de setembro de 2016, e na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), no dia 19 do mesmo mês.

De acordo com as resoluções das agências reguladoras, ficam isentos da cobrança da tarifa clientes que consomem dentro da demanda mínima da categoria de seu imóvel, bem como hospitais, prontos-socorros, casas de saúde, delegacias, presídios, casas de detenção e as unidades de internato e semi-internato de adolescentes em conflito com a lei.

Semana do Doador de Sangue começa hoje (21)

Posted on

doacao-de-sangueO Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), da rede pública do Governo do Ceará, inicia nesta segunda-feira (21) a programação comemorativa à 10ª  Semana Nacional do Doador de Sangue, que ocorrerá até o dia 27 de novembro. Quem for à sede do Hemoce será recebido com alvorada da Banda Major Xavier Torres, da Polícia Militar, às 7h30. Em seguida, haverá apresentações da humorista Luana do Crato, às 9 horas, e do mágico Ice Rick, às 14 horas.

Durante todo o dia, os doadores poderão fazer exames de glicemia e aferição da pressão arterial no Hemoce, em Fortaleza. Também haverá um posto de coleta na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza, das 8 às 16 horas.

As unidades de Sobral e Crato iniciam a programação com blitzes educativas no Arco do Triunfo, às 19 horas, e na Praça Siqueira Campos, às 9 horas. Já o Hemonúcleo de Juazeiro do Norte terá apresentações da Banda Municipal e do músico Francisco Costa, além de ginástica laboral. Os demais hemocentros têm programações a partir da terça-feira, 22

A abertura das atividades de mobilização para doação de sangue aconteceu na quinta-feira, 17, no posto de coleta do Hemoce, instalado no shopping RioMar Kennedy.

 

Do Governo do estado do Ceará.

Cesta básica do Nordeste é a segunda mais barata

Posted on Updated on

cesta-basica-1A cesta básica nordestina apresentou leve queda em outubro (-0,3%) e fechou o mês como a segunda mais barata entre as regiões do Brasil. A informação é do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de pesquisas do Banco do Nordeste. A variação negativa de outubro contrapõe o aumento de 0,8% verificado em setembro, que toma como referência o mês de agosto.

 

A cesta básica encerrou outubro custando R$ 388,39. Na variação em 12 meses, ela ficou no mesmo patamar que a variação da cesta nacional, 21,0% para 20,7%. Fortaleza é capital onde a inflação se mostrou mais forte, com a cesta alcançando o valor de R$ 415,41, seguida por Maceió (R$ 403,12), Teresina (R$ 395,21) e São Luís (R$ 386,41). A cesta básica na capital cearense é 7% mais cara que a cesta regional e com preço 13,2% maior que a cesta de menor valor, de R$ 366,90 (Natal).

 

Apenas três, das nove capitais nordestinas, apresentaram aumento no valor da cesta básica em outubro: Aracaju (1,6%), Maceió (2,1%) e São Luís (0,9%). Em Teresina e Salvador, observaram-se redução de -1,8% e -1,7%, respectivamente, em comparação a setembro.