Presidente do BNB aponta indicadores de aquecimento da economia no Nordeste

Posted on

O Banco do Nordeste tem mais de R$ 18 bilhões em propostas para contratação de financiamentos em suas esteiras negociais e de análise de crédito. A informação é do presidente da instituição, Romildo Rolim. Ele explica que a demanda é um bom indicador do aquecimento da economia na Região.

A afirmação foi feita na abertura do seminário “O Futuro do Nordeste”, organizado pelo Grupo Folha e realizado na sede do BNB, em Fortaleza. O evento discutiu oportunidades e soluções para a economia nordestina.

“As contratações com as novas taxas de juros foram autorizadas há três semanas. Nossas esteiras negociais estão lotadas, desde o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, o Pronaf, até operações com grandes empresas”, informou.

O presidente do Banco referiu-se às novas regras de cálculo de juros do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), que levam agora em consideração o Coeficiente de Desigualdade Regional, divulgado pelo IBGE. Com a mudança, os juros dos financiamentos com a fonte FNE podem chegar a patamares de 37% a 68,5% mais baixos em relação às taxas praticadas no mercado.

Romildo Rolim ressaltou que o BNB deve aplicar R$ 42 bilhões até o fim do ano, sendo R$ 30 bilhões pelo FNE e mais R$ 12 bilhões por meio dos programas de microfinanças urbano (Crediamigo) e rural (Agroamigo).

O seminário abordou os problemas e soluções do Nordeste em áreas como produção industrial, tecnologia, energia, infraestrutura logística e turismo.

O superintendente de Políticas de Desenvolvimento do Banco do Nordeste, Henrique Jorge Tinoco de Aguiar, apresentou os financiamentos que o Banco dispõe para a infraestrutura regional no painel “Entraves e soluções para a infraestrutura logística”, ao lado da diretora de desenvolvimento comercial do Porto do Pecém, Rebeca Oliveira, e da secretária de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza, Águeda Muniz.

Tinoco enfatizou a possibilidade de o BNB financiar até 80% de projetos de infraestrutura, com taxas de juros diferenciadas em contratações voltadas para áreas de saneamento, água e logística.

A expectativa é que o Banco do Nordeste aplique R$ 16 bilhões em projetos de infraestrutura só em 2018.

Gestão integrada de riscos corporativos na pauta do Ibef-CE

Posted on Updated on

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef-CE) realiza hoje (22.3), no Riomar Trade Center, o minicurso “GRC Governance, Risk & Compliance – Gestão Integrada de Riscos Corporativos”. A apresentação está a cargo do administrador e economista Wilton Daher. Começa às 19 horas.

Segundo Wilton, a gestão integrada de riscos corporativos é um assunto de extrema importância para a empresa, que promove um estudo da dimensão humana dentro da governança. “Iremos discutir sobre os quatro pilares da Governança Corporativa e as quatro categorias da Matriz COSO de gestão integrada de riscos que eventualmente possam impactar negativamente o desempenho das organizações em função dos objetivos a serem alcançados. Os riscos são provenientes de eventos externos e internos, os quais devem ser monitorados com rigor e técnica, objetivando prevenir erros de gestão ou surgimento de fraudes em decorrência de fracos controles internos” explica.

Mestre em administração pela Universidade de Fortaleza (Unifor), há 15 anos Wilton Daher atua em órgãos colegiados de grandes empresas nacionais listadas em bolsa e em empresas familiares de capital fechado.

O evento é aberto ao público em geral e o investimento é de R$ 180,00 para associados do Ibef e R$ 250,00 para não associados.

Fiec apura vocação exportadora de Aquiraz (CE)

Posted on Updated on

Com pauta de exportações quase integralmente contemplada pelos subsetores de “cocos, castanha do Brasil e castanha de caju, frescos ou secos, mesmo sem casca pelados” e pelo de frutas, que representam mais de 95% do que é vendido externamente pelo município, Aquiraz tem nos Estados Unidos o principal destino importador, tendo comprado US$ 8,7 milhões em 2017.

Mas é necessário citr Argentina e Canadá, que aumentaram suas compras em 48,5% e 58,4% respectivamente, entre 2016 e 2017. Já a China é a primeira no ranking dos países de origem das importações do município com US$ 28,6 milhões em 2017. Os dados são do estudo Análise do Comércio Exterior dos Municípios Cearenses, realizado pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), edição de fevereiro.

O estudo indica ainda que na lista de importações cearenses por município, Aquiraz ocupa a quinta posição, com um total importado em 2017 de US$ 93,0 milhões, valor 11,9% menor do que o do ano anterior. As exportações do município acompanharam o ritmo das importações e registraram queda de 5,8%, passando de US$ 33,4 milhões em 2016 para US$ 31,5 milhões no ano seguinte.

O PIB de Aquiraz, contabilizado pelo IBGE em 2015 chegou à marca de R$ 1,9 bilhão, sendo 67% desse total englobado pelo setor de serviços, visto que a cidade possui a segunda maior rede hoteleira do estado. A indústria abarca 25%, enquanto o setor primário cerca de 6%. A produção de castanha de caju, frutas e mel são os principais motores da economia local.

O Centro Internacional de Negócios realiza estudos setoriais que contribuem para a tomada de decisões do processo de exportação.

Maceió (AL): parceria gera empregos

Posted on Updated on

Uma parceria entre a Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), a entidade AlmaVivA do Brasil e o Instituto Crescer está viabilizando a inclusão de jovens no mercado de trabalho alagoano, beneficiando mais de 7 mil trabalhadores. Aproximadamente 75% obtiveram o primeiro emprego no processo de seleção.

O diretor do Trabalho e Emprego da Semtabes, Paulo Marinho, explica que durante o processo de seleção, foi observado o crescimento do número de pessoas que procuram a primeira oportunidade no mercado de trabalho. “Aqui, recebemos muitas pessoas com experiência e muitos jovens de primeiro emprego. Isso os ajuda a ter sua primeira renda, aumentar a renda da sua família ou a ir em busca dos seus sonhos”, atenta Marinho.

Além da oportunidade de entrar no mercado de trabalho, quem é aprovado nas seleções, participa da capacitação por meio do Instituto Crescer, na área de telemarketing. O trabalho desenvolvido pelo centro de formação vai além da qualificação profissional, atuando também na formação social dos jovens.

Varejo deve ter avanço na Páscoa

Posted on Updated on

Do portal do Sistema Fecomercio do Ceará, a federação que representa o setor comercial do Estado:

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as vendas do varejo voltadas para a Páscoa deste ano deverão crescer 3,5% em relação à Semana Santa do ano passado, já descontada a inflação do período. Confirmada a projeção, esse seria o melhor desempenho das vendas reais do varejo nesta data comemorativa desde 2013 (+4,8%). Na mesma data de 2017, o varejo registrou o primeiro aumento no volume de vendas (+1,1%) após acumular perda de 5,2% em 2015 e 2016. A melhor Páscoa para o setor ocorreu em 2010 (+9,5%), ano em que a economia cresceu 7,5% e o volume total de vendas do varejo avançou 10,9%. Os estabelecimentos do varejo alimentício, tais como hiper, super e minimercados, além das lojas especializadas em produtos associados à Páscoa, deverão faturar cerca de R$ 2,2 bilhões com as vendas voltadas para a Semana Santa deste ano.

A queda nos preços dos chocolates (-8,0%), do azeite de oliva (-3,8%) e dos pescados (+0,2%), conforme mostra o IPCA-15, deverá estimular o crescimento das vendas. Por outro lado, os aumentos dos preços dos combustíveis (+7,7%) e das passagens rodoviárias intermunicipais (+6,7%) deverão atingir aqueles que pretendem se deslocar durante a Semana Santa. As projeções da CNC se baseiam nos aspectos sazonais das vendas, levando-se ainda em consideração as tendências de evolução dos níveis de ocupação e renda e, principalmente, as variações dos preços de produtos relacionados com essa data.

Contratação e efetivação

Ainda segundo estimativas da CNC, no varejo, o aumento das vendas deverá gerar cerca de 10,6 mil postos de trabalho temporário – número ligeiramente superior às 10,5 mil vagas geradas na Páscoa passada. Os maiores demandantes de trabalho temporário deverão ser os hiper, super e minimercados, respondendo por aproximadamente 62% do total de vagas oferecidas. O salário médio de admissão no varejo deverá ser de aproximadamente R$ 1.220, o que representará um avanço de 4,5% em relação àquele percebido na Páscoa de 2017.

Multas bancarão recomposição ambiental

Posted on Updated on

O dinheiro recolhido pela União por meio das multas ambientais aplicadas nas áreas da bacias dos rios São Francisco e Parnaíba. será destinado para políticas do setor. Mas a conversão não desobriga o autuado do dever de reparar danos decorrentes das infrações resultantes da multa. A decisão é do governo federal.

O uso desses recursos será definido em projetos ambientais selecionados via Chamamento Público. O objetivo, de acordo com o governo, é recuperar áreas degradadas e aumentar a disponibilidade hídrica, com geração de emprego e renda.

O Chamamento Público abrange projetos potenciais em 195 municípios na Bacia do São Francisco e em 213 municípios na Bacia do Parnaíba. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), nas 10 sub-bacias do São Francisco abrangidas há potencial para aplicação de mais de R$ 2,5 bilhões em multas convertidas.

Seminário trata em Fortaleza de políticas inovadoras

Posted on Updated on

A Prefeitura de Fortaleza promove de hoje a sábado (22 a 24 de março), no Centro de Eventos do Ceará, o 2° Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades. Participarão gestores de Fortaleza e de outras capitais do Nordeste.

Entre os convidados estão Connie Chung, mestre em Planejamento Urbano pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), que integrou a operação que resultou no High Line Park, em Nova York; Robert Cevero, Professor Ph.D da Universidade da Califórnia, em Berkeley, que atua na área de Planejamento de Transportes Sustentáveis; e do engenheiro israelense Omer Gleser, que trabalhou na organização da segurança dos Jogos Olímpicos Rio-2016, Londres-2012, Atenas-2004 e Barcelona-1992.

Além do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), e do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), também deverão estar presentes os prefeitos de Recife (PE), Geraldo Júlio, de Niterói (RJ), Rodrigo Neves, e de Loja, no Equador, José Castillo; a secretária de Planejamento Urbano de Uberlândia; representantes e especialistas do Banco Mundial, do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), dentre outros participantes.

O Seminário organizado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Relações Internacionais e Federativas, será o primeiro evento a ser realizado pela Prefeitura de Fortaleza vinculado aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Mulheres: força em imagens

Posted on Updated on

Post extraído do Blog do jornalista Roberto Maciel, do jornal Diário do Nordeste, de Fortaleza (CE):

Quem chega à Assembleia Legislativa do Ceará por esses dias de março se depara com uma recepção feminina. E pra lá de interessante.

É a exposição “Mulheres Cearenses”, do fotógrafo e sociólogo Marcos Vieira.

A mostra foi organizada pelo Memorial Deputado Pontes Neto, setor da própria Assembleia, e fica instalada até o próximo dia 28.

Conexão Arce

Posted on Updated on

Do Blog do jornalista Roberto Maciel, no portal Diário do Nordeste:

A Agência Reguladora do Ceará (Arce) também lançou um aplicativo para celulares para chamar de seu.

A finalidade, avisa a Arce, é agilizar as possibilidades de comunicações entre o público e o órgão. O app se chama ConectArce e por enquanto está disponível para telefones que usam o sistema Android.

Agora, quem utiliza serviços como os de água e energia elétrica – ou seja, todos os cidadãos – pode enviar para a Arce denúncias ou sugestões ou pedir informações de forma descomplicada: pelo celular.

Salvador seleciona empresa para consultoria ao Prodetur

Posted on Updated on

A Prefeitura de Salvador vai selecionar e contratar empresa para prestar serviços de consultoria para o apoio técnico ao gerenciamento do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo Salvador (Prodetur). O principal objetivo do Prodetur é o de fomentar o turismo e a geração de emprego e renda, inclusive com ações de infraestrutura. O programa está vinculado à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, e a contratada atuará em trabalhos de escritório e de campo, compreendendo assessoramento à Unidade de Coordenação do Programa por 50 meses.

A UCP é uma instância de nível de coordenação, gestão e apoio administrativo, que tem por finalidade exercer a interlocução com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) – organismo internacional responsável por metade do financiamento contratado para o Prodetur – e com os órgãos e entidades participantes da iniciativa. As manifestações de interesse deverão ser entregues na forma escrita até o dia 5 de abril. Pode ser pessoalmente, na Comissão Especial de Licitações Prodetur/Salvador – situada na Rua Humberto de Campos, 251, Graça, das 9h às 17h-, ou via e-mail, através do qual também podem ser obtidas mais informações: celprodetur@salvador.ba.gov.br.

A empresa ou instituição selecionada deverá prestar serviços como programação e acompanhamento da execução físico-financeira dos contratos, incluindo a supervisão das licitações efetuadas com os recursos do empréstimo com o BID; criação, implementação e operacionalização de um plano de monitoramento para a avaliação do programa; além de acompanhamento da obtenção das licenças prévias, de instalação e operação das obras do Prodetur Salvador.