Sine de Caucaia oferece 515 vagas de trabalho

Posted on Updated on

A Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Empreendedorismo (Setem) de Caucaia (CE), por meio do Sine Municipal, está oferecendo 515 oportunidades de mercado.

Há vagas em ocupações de armador de ferragens da construção civil, carpinteiro de obras, marceneiro, montador de estruturas metálicas, motorista de ônibus urbano, pintor de obras e soldador. Cada área tem disponível 50 vagas.

As demais oportunidades são em: analista de desenvolvimento de sistemas, atendente de balcão, atendente de telemarketing, auxiliar administrativo, auxiliar de serviços jurídicos, caseiro, chefe de cozinha, comprador, consultor de vendas, copeiro, cortador, cozinheiro geral, encanador, gerente de marketing, gerente de supermercado e gesseiro.

E ainda: mecânico de manutenção de caminhão a diesel, mecânico de manutenção e instalação, mecânico de refrigeração, operador de guindaste (fixo), operador de pá carregadeira, pedreiro, recepcionista atendente, supervisor administrativo, sushiman, técnico de impressora (matricial), vendedor pracista e vendedor porta a porta.

Todas as vagas requerem experiência com comprovação.

Ibovespa bate recorde

Posted on Updated on

O principal índice de desempenho das ações negociadas na B3, antiga BM&F Bovespa, o “Ibovespa”, voltou a bater mais um recorde. O indicador encerrou o dia de ontem (23.1) aos 96.558 pontos, 1,53% superior ao fechamento de ontem. O recorde anterior do índice era 96.096 pontos, atingido na última sexta-feira (18).

Entre as ações que fazem parte do Ibovespa, as que mais valorizaram hoje foram Kroton (7,33%), Engie Brasil (5,42%), e Sid Nacional (5,41%). As que mais perderam valor foram Ambev (-2,05), Cielo (-1,83%) e Usiminas (-0,41%). As ações mais negociadas foram as da Petrobras, que tiveram alta de 1,19%, e as do Itaú Unibanco (0,67%).

O dólar comercial fechou o dia em queda de 1,11%, cotado a R$ 3,76. O Euro também desvalorizou e chegou a R$ 4,28, queda de 1,09%.

Sisu registra até 500 mil acessos simultâneos

Posted on Updated on

No segundo dia de inscrição, nessa quarta-feira (23), o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) chegou a registrar, segundo o Ministério da Educação (MEC), 500 mil acessos simultâneos. O número superou o máximo de acessos ao mesmo tempo no primeiro dia, que foi 350 mil. 

Devido ao volume de acessos, o sistema registrou lentidão, de acordo com a pasta. Nas redes sociais, desde terça-feira (22), estudantes reclamam da dificuldade de acessar a página. Eles dizem ainda que o sistema cai antes de confirmar a inscrição. 

Até as 20h dessa quarta-feira, 911.309 candidatos haviam concluído a inscrição. A recomendação da área técnica do MEC é que o estudante com dificuldade de acesso atualize a página de inscrição antes de preencher os dados.

As inscrições podem ser feitas até amanhã (25), na página do Sisu. Ao todo, serão ofertadas 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação.

Os estudantes poderão consultar a nota de corte para o curso que desejam, atualizada às 7h, 12h, 17h30, 20h e 0h. Na sexta-feira, não haverá a divulgação a 0h.  

Segundo o MEC, a nota de corte é uma estimativa com base nos candidatos inscritos até o momento. Embora não seja uma garantia da vaga, é possível usar a informação para orientar a escolha.

Durante o período de inscrição no Sisu, o candidato pode consultar, em seu boletim, a classificação parcial na opção de curso escolhido. A classificação parcial é calculada a partir das notas dos candidatos inscritos na mesma opção. Trata-se, assim como a nota de corte, de uma referência e não de um garantia de vaga.

Nesse período, o candidato pode modificar a opção de curso quantas vezes quiser. Será considerada no processo seletivo a última opção confirmada pelo estudante.

Na hora da inscrição, os estudantes podem escolher até duas opções de curso, em ordem de preferência. A principal novidade deste ano é que os estudantes que forem selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, aqueles que eram selecionados na segunda opção podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

O resultado será divulgado no dia 28 de janeiro. A matrícula dos selecionados deve ser feita de 30 de janeiro a 4 de fevereiro.

Do dia 28 de janeiro ao dia 4 de fevereiro, os estudantes que não foram selecionados na chamada regular, em nenhuma das opções, podem manifestar o interesse em participar da lista de espera. Esses alunos serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

BNB amplia 16% as contratações de crédito com produtores rurais

Posted on Updated on

Os mini e pequenos produtores rurais fecharam 2018 com crescimento de 16% no volume de contratações com o Banco do Nordeste. Ao todo, foi aplicado R$ 1,3 bilhão para o segmento em 2018, valor superior ao montante de R$ 1,1 bilhão financiado em 2017. Os recursos são oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Mais de seis mil contratos foram formalizados no período. O crédito contemplou empreendimentos rurais de pequeno porte, em todos os estados do Nordeste, norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Ao todo, 53% das contratações foram destinadas a propriedades localizadas na região do Semiárido.

Entre as operações realizadas, o custeio representou 52% do valor total contratado, atendendo aos setores agrícola e pecuário. Os financiamentos incluíram itens como compra de vacinas, plantio, aquisição de ração, pagamento de mão de obra, entre outros.

Já as operações de investimento e comercialização responderam por 48% do montante aplicado. O crédito de longo prazo é utilizado na ampliação da produção e comercialização, compra de máquinas e equipamentos, reposição de peças e serviços de manutenção, expansão, modernização ou realocação de empreendimentos do seu agronegócio.

Banco do Brasil e Maranhão articulam ampliação de investimentos na agricultura

Posted on Updated on

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) recebeu, no Palácio dos Leões, o superintendente do Banco do Brasil no Maranhão, Alison Aguiar. Na visita, foi discutida a ampliação dos investimentos em agricultura no estado, como linhas de crédito que atendam, principalmente, os pequenos produtores.

“O Governo do Maranhão tem um programa de apoio aos pequenos produtores que está totalmente alinhado com o programa do Banco do Brasil. O objetivo é que a gente possa subsidiar e apoiar os agricultores familiares do estado, para que possam desenvolver suas propriedades, fortalecer a economia local e gerar emprego”, disse Alison Aguiar.

Em parceria com o Governo do Maranhão, o Banco do Brasil, também, pretende ampliar o Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf ), que fornece crédito aos agricultores familiares. Segundo Aguiar, o banco está trabalhando para identificar novas cadeias produtivas que podem receber fomento, principalmente, em regiões mais carentes, como a Baixada Maranhense e o Baixo Parnaíba.

“Queremos estar mais próximos de cadeias produtivas de pesca, mandioca e frutas. O projeto que temos pretende identificar em cada região qual a produção essencial para fomentar justamente a cultura local”, garantiu Alison Aguiar.

Atualmente, o Pronaf possui operações no Maranhão na ordem de R$ 674 milhões, beneficiando mais de 15 mil famílias e atendendo projetos nas cadeias produtivas de carne, couro, leite, arroz e aquicultura.

Confiança do empresário da indústria mantém tendência de alta

Posted on Updated on

O Índice de Confiança do Empresário Industrial cearense (ICEI), elaborado pelo Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), marcou no mês de janeiro 63,2 pontos, seguindo a tendência de alta. Essa pontuação foi 2,6 pontos maior que no mês anterior e representa o sexto mês seguido acima dos 50 pontos. Os números revelam que o ICEI continua acima de sua média histórica, que é de 56,6 pontos.

No Brasil, o ICEI atingiu 64,7 pontos em janeiro, também indicando alta confiança do empresariado nacional. Tal marca é 0,9 ponto acima de dezembro, quando o Índice alcançou 63,8 pontos.

Com essa pontuação, o Índice se mantém bem acima da média histórica de 54,7 pontos. O mês de janeiro de 2019 também representa o quarto mês seguido de crescimento do ICEI no Brasil.

Mais uma vez, é a Indústria da Transformção quem puxa o resultado no Ceará, atingindo 64,3 pontos nesse mês – maior resultado desde fevereiro de 2013. A pontuação de janeiro foi 2,7 pontos maior que no mês passado e segue muito acima da sua média histórica, de 52,7 pontos.

O Índice de Confiança da Indústria da Construção cearense segue acima dos 50 pontos, alcançando 58,4 pontos em janeiro, crescimento de 1 ponto em relação ao mês anterior. Com isso, a Indústria da Construção do estado prossegue acima da sua média histórica de 53,4 pontos.

A continuidade dos resultados acima da média histórica sugere uma efetiva melhora no cenário econômico local. Por outro lado, o cenário segue menos favorável para a Indústria da Construção em comparação aos demais setores.

Leia o estudo completo AQUI.

Gestão de Fortaleza busca R$ 700 milhões em recursos

Posted on Updated on

Fortaleza (CE) trabalha para captar, ainda neste semestre, recursos de R$ 700 milhões para investimentos em obras de infraestrutura, urbanização e educação, oriundos de dois empréstimos internacionais.

O assunto foi tema de reunião entre o prefeito Roberto Cláudio e o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, nesta quarta-feira (23/01), na sede Ministerio da Fazenda, em Brasília. Os dois empréstimos serão objeto de análise por parte de técnicos da STN.

“Tivemos do secretário Mansueto e sua equipe uma excelente acolhida aos pleitos de Fortaleza e deveremos ter um acompanhamento bastante eficaz por parte da equipe da Prefeitura para garantirmos que toda a documentação seja entregue e possamos efetivar a captação desses dois empréstimos que permitirão obras importantes para a nossa Capital”, afirmou o prefeito Roberto Cláudio, que estava acompanhado do secretário de Governo da Prefeitura de Fortaleza, Samuel Dias.

Maranhão analisa fomento contra pobreza rural

Posted on Updated on

Para combater a pobreza na zona rural, o Governo do Maranhão, por meio de parceria com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrário (Fida), pretende investir cerca de U$ 40 milhões de dólares da produção de pequenos agricultores. Para discutir o assunto, o governador Flávio Dino recebeu Claus Reiner, diretor do Fida no Brasil.

“O Fida está financiando projetos no nordeste do Brasil, sempre com enfoque muito grande na redução da pobreza rural. Queremos inserir atividades no Maranhão na carteira do FIDA e percebemos muito interesse do Governo do Estado em participar”, disse Claus Reiner.

Reiner explica que o investimento, que também envolve o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), já foi aprovado. “O projeto está desenhado e recebeu parecer positivo do Governo Federal e do Fida. Pretendemos avançar com esse projeto neste ano, para atender a população no Maranhão com esses tipos de financiamento”, afirmou.

Para o secretário de Agricultura Familiar, Júlio César Mendonça, o investimento irá impulsionar a produção familiar no Maranhão. A secretaria projeta que o aporte irá beneficiar 100 mil pequenos agricultores em 87 municípios maranhenses.

“É uma importante política de combate à pobreza, para a diminuição das desigualdades sociais em nosso estado. Pela primeira vez o Maranhão trabalha em uma parceria direta com o Fida, que já atende os demais estados do nordeste. Queremos fomentar a agricultura e gerar renda e oportunidade nos municípios”, assegurou Júlio Mendonça.

Ceará tem saldo positivo superior a 23 mil empregos

Posted on Updated on

O ano de 2018 foi concluído pelo Ceará com saldo positivo de 23.081 empregos celetistas, equivalentes à elevação de 2,05% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do ano anterior. O resultado destaca-se por ser o segundo melhor da Região Nordeste e o oitavo do país.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (23), pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. O desempenho do Ceará foi proveniente da expansão do emprego nos setores de serviços (16.269 postos), indústria de transformação (3.872 postos) e comércio (2.489 postos).

Para o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), Gilvan Mendes, “2018 foi um ano de retomada da economia cearense, o que possibilitou a abertura de novos postos de trabalho com carteira assinada em diferentes setores”.

Neste contexto, dentre os subsetores, destacam-se comércio e administração de imóveis, valores mobiliários e serviços técnicos (5.491), serviços de alojamento, alimentação, reparação, manutenção e redação (4.863), serviços médicos, odontológicos e veterinários (4.152) e indústria de calçados (3.191).

OAB-CE empossa novos presidentes de comissões

Posted on Updated on

A Ordem dos Advogados do Brasil, seção Ceará, realiza hoje (23.1) solenidade de posse dos presidentes de Comissões e da diretoria e membros do Tribunal de Defesa de Prerrogativas (TDP). O evento acontece às 18h, no Auditório do Conselho Seccional da sede da Ordem, na Av. Washington Soares, 800.

Das 33 comissões que serão empossadas, 18 terão mulheres à frente. O presidente da OAB-CE, Erinaldo Dantas, defende a liderança feminina no comando das comissões. “Faremos história: teremos mais mulheres que homens assumindo as comissões nesta primeira posse. Ao lado da querida vice-presidente Ana Vládia, estamos buscando manter essa proporção para as demais posses! Queremos pluralidade e esta é uma ação afirmativa da nossa gestão”, destacou.