BBM anuncia a aquisição da Translovato, atinge patamar de R$ 1 bilhão e inicia estudo para oferta de ações

Posted on Updated on

A BBM Logística, um dos maiores operadores logísticos do modal rodoviário do Mercosul, anuncia a aquisição da Translovato – empresa que atua com destaque no segmento de carga fracionada, atendendo mais de 2.700 mil clientes, com 17 pontos de presença no Brasil e faturamento anual estimado de aproximadamente R$ 400 milhões em 2019.

Com essa transação, o faturamento anual da BBM atinge a marca de R$ 1 bilhão, triplicando sua receita desde 2017, ano do aporte do Fundo Stratus e da largada do plano ambicioso de crescimento. A aquisição reforça a nova meta de chegar a R$ 2 bilhões de faturamento até 2022 – o dobro da meta divulgada anteriormente.

A aquisição da Translovato fortalece a atuação da BBM no segmento de transporte de cargas fracionadas reforçando sua posição como uma das principais empresas do setor de logística no Mercosul, com soluções que abrangem toda a cadeia logística, desde o transporte para abastecimento de fábricas (Inbound) até o transporte de produtos acabados (Outbound).

A estratégia de consolidação é parte importante do plano de crescimento da BBM. A Translovato é a segunda aquisição relevante nos últimos dois anos. Em 2018, a companhia adquiriu a Transeich e atualmente tem outras transações em andamento. 

O mercado de logística fatura mais de R$ 140 bilhões por ano, sendo muito fragmentado e com forte tendência de consolidação. As empresas querem movimentar suas mercadorias com alto nível de serviço, eficiência de custos, parceiros com capacidade de investimentos e financeiramente saudáveis, com ofertas de soluções inovadoras, customizadas e intensivas em tecnologia.

“Em um mercado de R$ 140 bilhões, nenhum player tem mais de 4% de participação. Temos muito espaço para crescer dada a relevância do modal rodoviário para o Brasil”, afirma André Prado, diretor-presidente da Companhia. “Com crescimento orgânico combinado com aquisições cuidadosamente selecionadas e foco nas soluções completas para o cliente, podemos  dobrar de tamanho a cada três ou cinco anos durante alguns ciclos consecutivos”, completou André.

“O setor de transporte tem espaço para várias empresas de grande porte e o mercado de capitais certamente vai apoiar os operadores com maior potencial. A BBM já possui registro de capital aberto e funciona de acordo com as melhores práticas das empresas do nosso mercado. As aquisições futuras poderão ser financiadas com emissão de ações e já estamos fazendo estudos nesse sentido”, indica Marco Modesti – Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da empresa. 

Deixe uma resposta