Nota da Associação Paulista de Medicina: “Luiz Henrique Mandetta, amor à vida, à ciência e à ética”

Posted on Updated on

Mandetta diz que 'não abandona paciente' e afasta possibilidade de ...

Sob constantes, cada vez mais pesados, constrangedores e flagrantemente ilegais e ameaçadores ataques do presidente Jair Bolsonaro, de aliados dele, como os filhos e alguns deputados da base, e de orientadores, como o auto-intitulado “filósofo” Olavo de Carvalho, o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta recebeu apoio em nota da Associação Paulista de Medicina – uma das mais expressivas e respeitadas entidades de profissionais de saúde do País.

Veja:

A Associação Paulista de Medicina (APM) vem expressar o apoio dos médicos de São Paulo ao nosso ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pelo brilhante trabalho desenvolvido no combate ao COVID-19.

Luiz Henrique Mandetta há muito é referência entre nós, os médicos, reconhecido por sua capacidade técnica e postura ética.

Emociona vê-lo incansável, respondendo com serenidade a este imenso desafio: a mais grave crise em saúde enfrentada pela humanidade no século XXI.

Em suas ações nosso ministro tem feito prevalecer, fidelidade ao juramento hipocrático, colocando vidas sempre em primeiro lugar.

Incansável, sempre com firmeza, equilíbrio e sensatez, Mandetta tem dado inequívocas demonstrações de compromisso com a saúde dos brasileiros e com o futuro do Brasil.

Tenha-nos sempre ao vosso lado, caro Ministro Luiz Henrique Mandetta.

*** ***

A nota, como se percebe, não faz menção à hostilidade de Bolsonaro nem à sobrecarga de fake news que atingem a imagem de Mandetta. O Ministro é agredido por mensagens com notícias falsas diariamente, muitas das quais atribuídas ao “gabinete do ódio” que funcionaria dentro do Palácio do Planalto, sob a chefia de um filho do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro.

E isso é curioso, uma vez que foi justamente o assédio insidioso que se comete contra o ministro (Olavo de Carvalho o chamou de “Ministro Punhetta”, demonstrando o baixo nível com que trata aqueles que, pela competência e pelos bons resultados que oferecem à sociedade, lhes parecem perigosos) que motivou o texto.

Enfim, mesmo que tenha adotado uma posição digna, a APM abriu mão de se destacar pela firmeza e pela coragem.

Deixe uma resposta