Dicas de como otimizar a obra e economizar tempo de dinheiro

Posted on Updated on

As palavras “rápido” e “reforma” não costumam ser atreladas com muita frequência. Porém, mesmo com o entendimento do senso comum de que obras são um convite a imprevistos e atrasos, é mais que possível repaginar um imóvel sem dores de cabeça.  

A arquiteta Rafaella Brasileiro é especialista nesse tipo de reforma e garante que o segredo está no gerenciamento da obra, um dos principais pilares para entregar resultados com um bom custo-benefício e que atenda aos desejos de quem deseja reformar. Confira os pontos destacados pela profissional:

Evitar demolição

Demolir uma parede e integrar ambientes não é tão simples como parece, por isso, quem deseja uma reforma rápida e sem imprevistos deve evitar intervenções desse tipo. “Alterar a disposição dos cômodos abre margem para situações inesperadas, como encontrar uma tubulação no meio do caminho ou ter que refazer o nivelamento do piso”, aponta Rafaella.  

Manter os pontos hidráulicos

Outro ponto é evitar mexer em tubulações e encanamentos. Isso evita gastos com remendos de parede e acabamentos para mascarar a mudança. “Trocar um vaso sanitário de lugar, por exemplo, implica em um enorme desconforto, principalmente em apartamento, pois há o risco de quebrar o forro do vizinho ou encontrar algo que possa atrasar a obra. Ou seja, melhor evitar”, aponta.  

Sendo assim, a dica dada pela arquiteta é evitar mudanças bruscas e caso queira muito trocar o tipo da torneira ou do vaso, o recomendado é optar sempre pela mesma tipologia. “Se a torneira é de parede, troque por outra de parede. Se é de bancada, mantenha a de bancada. Assim, você evita quebradeiras e mexer nos pontos de água”, elucida.

Quadro elétrico

Em obras rápidas, mexer no quadro elétrico não deve ser uma opção — a não ser quando há riscos de segurança. “Esse tipo de intervenção só é necessário quando há instalação de novos aparelhos como o ar condicionado, que demanda uma carga de energia maior, por exemplo”.  

Abuse de cores e textura

Acabamentos diferenciados, pinturas e aplicação de texturas devem ser muito exploradas em reformas curtas. “Essas soluções conseguem repaginar o ambiente sem muita dor de cabeça, pois são aplicadas sobre um acabamento pré-existente e não demandam muitas adequações”, garante Rafaella.  

Caso queria mudar um revestimento, adesivos que são aplicados sob o antigo são uma ótima opção. No caso dos pisos, prefira os porcelanatos líquidos, que evitam problemas com nivelamento e asseguram que a troca seja rápida e eficiente, atesta a arquiteta.  

Contrate um profissional

Apesar da crença de que arquitetos, engenheiros e designers encarecem a obra, a realidade é justamente o contrário. Rafaella Brasileiro aponta que o papel desses profissionais é otimizar a obra, evitando gastos desnecessários e mostrando opções mais vantajosas para que a obra ande mais rápido e sem imprevistos.

Adornos

Cortinas, vasos de planta, almofadas novas. Segundo a arquiteta, adicionar esses elementos renova a atmosfera da casa e dá uma nova cara ao ambiente. Outro ponto é reaproveitar móveis — ao reformá-los, além de economia, há otimização de recursos e sustentabilidade.

Deixe uma resposta