Evento discute como ecossistemas de inovação estão se preparando para aumentar a competitividade

O projeto Teias da Inovação MCTI segue hoje com sua agenda de eventos gratuitos on-line (quarta-feira, 9.9), a partir das 16h. Desta vez, pautado pelo tema “Organização, funcionamento e replanejamento dos ecossistemas brasileiros de inovação para competitividade global”, o programa abre espaço para o debate sobre o presente e futuro das operações e das organizações dos ecossistemas nacionais de inovação. A conversa irá abranger a necessidade de uma reformulação para uma nova realidade de mundo, tanto em termos de estrutura, comportamento, expectativa da sociedade e um novo cenário de competitividade global. O evento tem abrangência nacional, ou seja, qualquer pessoa interessada pode se inscrever pelo site: www.teiasdainovacao.com.br.

Entre os palestrantes estão Rafael Lucchesi (foto), economista, que desde 2011 é diretor de Educação e Tecnologia da Confederação Nacional da Indústria, acumulando, também, o cargo de diretor-geral do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e de diretor-superintendente do Serviço Social da Indústria; Daniel Moczydlower, formado em Engenharia Química e desde 2010 também atuando como membro do Conselho Consultivo do PMI/Rio de Janeiro e CEO e Head de inovações da Embraer Sistemas; e Andrea Soares, diretora de Marketing e Inovação da Oxiteno, com experiência na Indústria Química e expertise em Derivados de EO.

O mediador será Roberto dos Reis Alvarez, Diretor Executivo da Global Federation of Competitiveness Councils, organização multi-stakeholder sediada em Washington, DC (EUA) e representada em 30 países. Ele também é senior fellow no Global Policy Institute da Queen Mary University London e possui doutorado em Engenharia de Produção pela COPPE/UFRJ. Foi treinado em Qualidade e Produtividade pelo Japan Productivity Center (Tóquio, Japão) e cursou o Graduate Studies Program da Singularity University, no Centro de Pesquisa Ames da NASA, em Mountain View (Califórnia, EUA).

Paulo César Rezende de Carvalho Alvim, secretário Nacional de Empreendedorismo e Inovação do MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações), participa do evento: “O programa promove uma aproximação entre o MCTI e as cidades brasileiras de médio porte, com grande potencial de se tornarem ecossistemas locais de inovação. Vamos aproveitar para divulgar programas e instrumentos de apoio à inovação e ao empreendedorismo inovador. Nosso foco é sempre auxiliar para que esses polos sejam pensados e implementados de forma sustentável”, afirma.

O Teias da Inovação é iniciativa do MCTI em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico, Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações e Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras). Realizado em diferentes cidades do Brasil e agora também em âmbito nacional, o projeto tem como público-alvo startups, incubadores, empresários, empreendedores, estudantes, pesquisadores, cientistas, educadores e governos locais. Entre os temas abordados estão: transformação digital, empreendedorismo, tendências de futuro, novos modelos de negócios e pesquisa e desenvolvimento.

“A interação entre pessoas e organizações é um fator importante para incentivar inovação e novos negócios. Os debates trazem a experiência de grandes profissionais, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento do ecossistema de inovação”, conta Alberto Paradisi, pesquisador principal e coordenador do projeto.

Deixe uma resposta