A conquista de um investidor

Artigo de Bruno Milaré, cofundador da Fretadão, startup de gestão e compartilhamento de fretados por aplicativo:

Resultado de imagem para investimento

Eu, assim como meus sócios, sempre encarei com muita cautela o assunto aporte. Tinha em mente que esse investimento deveria ser buscado apenas se fosse para potencializar o nosso negócio. Nada contra outras motivações. Era apenas uma questão de estratégia mesmo. Dessa forma, antes de cogitar ir em busca desse apoio financeiro, entendia que era preciso garantir a estrutura, solidez e sustentabilidade da operação.

O aporte de R$ 2 milhões chegou em 2018, e foi fundamental para atravessarmos com êxito surpreendente este ano difícil para todo o mundo. Os recursos vieram da Domo Invest, uma das principais gestoras de Venture Capital no Brasil, após um processo que eu comparo ao de um romance à moda antiga. A gente se conheceu, teve um primeiro contato, uma empresa quis mais informações sobre a outra e, após sucessivas e produtivas conversas, concretizamos a parceria.

É claro que todo esse processo não foi simples. Envolveu estratégia, estudo, conhecimento e uma boa dose de dedicação e bom senso. Um passo a passo que vou compartilhar com você investidor que também deseja trilhar esse caminho:

1. Defina a melhor hora para iniciar a busca

Cada negócio tem suas especificidades e estratégias. No Fretadão, só decidimos nos abrir para a busca de investidores quando tivemos certeza de que o negócio estava financeiramente saudável, gerando mais receitas do que despesas. Caminhávamos bem com seis pessoas na equipe e claro potencial para crescimento.

2. Envolva-se no ecossistema de empreendedorismo

Como não tínhamos conhecimento sobre os caminhos do investimento, começamos a marcar presença nos principais eventos do ecossistema de empreendedorismo. Era uma forma de sermos vistos, enquanto tínhamos acesso a informações sobre quem estava disposto a investir, quais eram os negócios mais atrativos e detalhes dos combinados desse universo. Nesse processo, não perdemos a oportunidade de nos inteirarmos sobre a linguagem bastante específica desse mercado.

3. Amplie o conhecimento sobre o negócio

Sou da área de desenvolvimento de tecnologia. Essa sempre foi a minha habilidade dominante. Mas, para mostrar todos os potenciais do Fretadão para os investidores, eu precisei ampliar e aprofundar a minha visão sobre a área administrativo financeira da empresa. Tudo com dados analíticos, métricas e KPIs que mostrassem a solidez, a real evolução do negócio e os potenciais da companhia.

4. Participe de processos de aceleração 

Algo que nos ajudou muito a entendermos se estávamos preparados ou não para ir em busca de um aporte foi a participação em processos de aceleração, que colocou meus sócios e eu em contato com mentores de várias áreas. Participamos do InovAtiva Brasil, do Governo Federal, e do Startup SP, promovido pelo Sebrae de São Paulo.

5. Mapeie as oportunidades

Estávamos em um processo de identificar os fundos existentes, entender no que eles estavam dispostos a investir e enviar uma apresentação. Por estarmos conectados ao ecossistema, chegamos até a Domo Invest. Entramos no site, enviamos um e-mail e as conversas começaram. 

6. Demonstre real interesse na parceria

No total, foram 6 meses de análises e negociações entre o primeiro contato e a sinalização do investimento. Após as primeiras conversas, acertamos de enviar nosso relatório financeiro para eles a cada três meses. Depois, essa entrega virou mensal. Os contatos eram frequentes com envolvimento total das duas partes. Nessa fase, acredito que seja fundamental que a empresa que deseja receber o aporte se mostre disponível, com agilidade no envio das informações solicitadas, oferta de dados completos e antecipação de mensagens sobre eventuais dúvidas que possam surgir.

7. Use o recurso financeiro com consciência e planejamento

Com a conquista do aporte, inicia-se um novo desafio: fazer o negócio acontecer com uma estrutura mais robusta. É imprescindível honrar a aposta feita pelo investidor. Antes da chegada da Domo Invest, nosso trabalho era mais artesanal. No plantão de atendimento, por exemplo, eu me revezava com meus sócios dia e noite. Hoje, temos um departamento de suporte ao cliente e de monitoração do itinerário totalmente estruturado, além das áreas administrativa, comercial e de marketing. 

Envolver-se no ramo do empreendedorismo é aceitar viver um novo desafio a cada dia. No fundo, é isso o que move tanto meus sócios quanto eu. Hoje, nos enche de orgulho saber que o crescimento do Fretadão, que estava programado para seis anos, aconteceu em apenas um. Graças ao aporte da Domo, registramos crescimento de equipe, de cinco para 58 profissionais, de passageiros, de 400 para mais de 10 mil, e de faturamento, com incremento de mais de 600%.

Se você tem uma boa ideia, não deixe que ela desapareça ou deixe de atingir todo o seu potencial por falta de recursos financeiros. Reúna fatos, dados e argumentos sólidos e vá em busca de formas de se mostrar para o mundo. Afinal, como dizem por aí, “quem não é visto, não é lembrado”.

Deixe uma resposta