Com o crescimento do setor, franquias de beleza podem ser opções para quem pretende empreender

O mercado de beleza no Brasil vem ganhando força e apresenta crescimento sólido. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) indicam que o setor obteve receita de R$ 35,276 bilhões em 2020, o que representa crescimento de 3,1% em relação a 2019.

O aumento deve-se ao efeito batom, que aponta que são nos períodos mais difíceis que as lojas vendem mais cosméticos e os salões captam mais clientes. Isso ocorre, pois, as pessoas querem cuidar da autoestima e se sentir melhor em momentos de crise.  Isto traz uma expectativa boa para as redes de franquias desse segmento este ano, como é o caso da Espaço Make.

Fundada durante a pandemia pela empresária Kelly Nogueira, a rede é especializada na comercialização de itens de beleza e foi inaugurada após a reabertura dos Shoppings da Cidade de São Paulo. Hoje a rede conta com 6 unidades em funcionamento e 10 unidades comercializadas que estão prestes a serem inauguradas.

“Com a atual situação do mundo, onde todos estão estressados e com medo dessa doença, uma distração prazerosa para mente é comprando itens e produtos que encham nossos olhos. E por conta da atual crise que o país se encontra devido a pandemia, decidi fundar a Espaço Make. Aqui contamos com diversos produtos direcionados para a beleza à preço popular, afinal, esse é um momento onde não podemos gastar muito. Ou seja, ficar bela gastando pouco é a nova tendência”, comenta.

Kelly Nogueira começou a sua carreira empresarial em 2015, quando fundou a Espaço Nails, rede de franquias especializada na estética das unhas, o que começou com um quiosque no Shopping Metrô Itaquera na Zona Leste de São Paulo e hoje é um sucesso enorme que conta com cerca de 20 unidades em diversos Shoppings da capital.

A empresária, viu no segmento de beleza uma oportunidade de crescer e se destacar, e trabalha com empresas bem-conceituadas no mercado, o que garante uma grande gama de clientes que prezam um serviço de qualidade e acabou se tornando um de seus principais diferenciais.

Para quem deseja se tornar um franqueado, a Espaço Nails dispõe do modelo de negócio Loja que possui um investimento inicial de R$ 159,9 mil. Já a Espaço Make possui o modelo de negócio quiosque que tem o investimento inicial de R$ 79.900 e os prazos de retorno de ambas as redes costuma variar entre 12 e 18 meses.

Já a Fast Escova, idealizada por Michelle Whady e Márcia Queiróz, iniciou suas atividades em 2018, atuando no segmento de saúde, bem-estar e beleza e seu conceito é o fast, com serviços personalizados para a mulher moderna, valorizando seu tempo.

Suas clientes podem fazer nas lojas escovas (sua especialidade), makes e diferentes estilos de tranças, sem precisar de hora marcada, preço fixo e justo e ficando prontas até 40 minutos. Além disso, a rede possui uma linha própria de produtos desenvolvidos por especialistas, todos com foco nos cuidados dentro e fora de casa e também tratamentos como a Ledterapia.

No início deste ano, a empresa completou dois anos de estrada e alcançou o número de 100 unidades comercializadas pelo território nacional e a expectativa é que até o final do segundo semestre cheguem a 150 lojas. Para quem deseja se tornar um franqueado, a Fast Escova dispõe do modelo de negócio Loja que possui um investimento inicial de R$ 200 mil.

Saber aproveitar o tempo, este é um valor da Michelle, que se tornou conceito da Fast Escova e foi de encontro ao que oferecemos para as mulheres do Brasil todo na Fast Escova. “O tempo e de fato nosso bem mais precioso e é isso que queremos proporcionar a nossas clientes”, comenta a empresária.

Deixe uma resposta