Startup cria plataforma de sorteios 100% filantrópicos

A startup Buy Pop acaba de lançar a plataforma eletrônica Rifas Pop, primeiro site de sorteios filantrópicos com repasse de 100% da arrecadação para organizações sem fins lucrativos, visando auxiliar na assistência à comunidade. Todos os sorteios são devidamente homologados e destinados a entidades que comprovadamente aplicam seus recursos em prol do desenvolvimento social.

“Acreditamos que o desenvolvimento social se faz com a participação da sociedade como um todo, especificamente da classe empresária, contribuindo com sua estrutura e conhecimento para um mundo melhor e mais justo. Por isso, disponibilizamos de forma prática e segura a possibilidade de sorteios de grande porte, utilizando o método das tradicionais rifas. Ao comprar um bilhete na plataforma eletrônica, o contribuinte ajuda dezenas de instituições beneficentes e ainda concorre a sorteios de prêmios incríveis”, conta Rafael Roni, CEO da Buy Pop. 

Diferente de outras modalidades de rifas, que proporcionam aos realizadores lucros incomensuráveis, sem qualquer contraprestação ao Estado, a Rifas Pop busca única e exclusivamente alavancar fundos, repassando de forma integral aos parceiros todas as contribuições depositadas na plataforma para que possam aplicar os recursos no desenvolvimento social, beneficiando milhares de famílias carentes. “Quem comprar as rifas contribuirá com um pequeno valor e ainda poderá concorrer a uma casa própria, um carro ou até mesmo uma viagem para conhecer o mundo”, aponta.

Para participar da Rifas Pop e ajudar instituições com fins filantrópicos é fácil. Basta acessar o site www.rifaspop.com.br, escolher o prêmio desejado, verificar o destinatário da doação e escolher um ou mais números entre mil opções. “Quando a quantidade total de números for esgotada, o comprador receberá um e-mail com a data do sorteio, realizado via Loteria Federal”, complementa Rafael Roni. 

Para mais informações, acesse o site www.rifaspop.com.br ou ligue para (41) 3088 8899. 

Deixe uma resposta