#Coronavírus: empresas devem agir como cidadãos conscientes, pede Instituto

Posted on Updated on

Resultado de imagem para coronavírus

Com o avanço do coronavírus no país, muitas empresas estão na dúvida sobre como reagir em relação a seus fornecedores e funcionários. O Instituto Capitalismo Consciente Brasil (ICCB), que incentiva, ajuda e inspira empresários e empreendedores a aplicar os princípios do capitalismo consciente em suas organizações, recomenda que as empresas e os líderes não entrem em pânico. Em São Paulo, por exemplo, o número de casos subiu de 65 para 164 em três dias

“Não se desesperem, não multipliquem notícias falsas (fake news) e não demitam ninguém como primeira atitude… Nesse momento de dificuldades e incertezas geradas pela pandemia do Covid-19, também conhecido como coronavírus, devemos todos ser, acima de tudo, Cidadãos Conscientes. Cada um cuidando de si para que juntos consigamos cuidar de todos”, explica Hugo Bethlem, presidente do conselho do ICCB.

Ainda segundo Bethlem, quem agir de forma consciente sairá mais forte desse período instável. “Façam acordos com seus stakeholders. Com todos cedendo um pouco poderemos dar suporte e continuidade aos nossos negócios e aos negócios de nossos parceiros.  Nós não sabemos a extensão e longevidade desta crise, mas temos certeza de uma coisa: vai passar! Vamos aproveitar a dor para buscarmos curar no amor”, conclui.

Deixe uma resposta