A Coluna do Roberto Maciel (11.04): Quase não há diferença entre Sinop e Brasília

Posted on Updated on

Há duas situações emblemáticas no País nesta semana que, segundo a tradição cristã, é santa. Terrivelmente emblemáticas. A primeira foi registrada na cidade de Sinop, no Mato Grosso, a 458 quilômetros de Cuiabá. São cenas asquerosas. As imagens mostram um homem dentro de um carro atraindo outro com uma cédula de R$ 20,00. Após rápida conversa, ele oferece mais dinheiro e, quando o outro se aproxima, desfere-lhe um potente e sonoro tapa no rosto. Os personagens foram identificados como Adonias Correia de Santana, o agressor – um empresário e político da região -, e Anderson Luís da Silva Zahn – um morador de rua e dependente químico -, a vítima. A outra foi protagonizada em Brasília, na Sexta-Feira da Paixão, por Jair Bolsonaro. Em mais uma turnê para questionar as regras de isolamento social devidas por quem se previne contra o letal coronavírus, o presidente saiu em Brasília com um séquito de seguranças, entrou em padaria e em hospital, limpou o nariz com a mão e em seguida cumprimentou uma senhora idosa que o saudava. No primeiro caso, o ex-jogador de futebol Juninho Pernambucano se prontificou a bancar apoio jurídico e social para Anderson Zahn. No segundo, o procurador geral da República, Augusto Aras, a quem cabe tomar satisfação em nome do povo e cobrar pelo menos compostura do ocupante do Palácio do Planalto, calado está e calado deve permanecer. Caladinho!

Assim como
O que as cenas têm de semelhantes? Muitos pontos: 1) Mãos foram usadas para agredir e para cumprimentar; 2) O PSL foi o partido ao qual os personagens eram filiados; 3) Relações de poder, com noções distorcidas e claramente abusivas, explicam os episódios; 4) Foram rapidamente distribuídas por intermédio de redes sociais na Internet.

Nada anjos
A propósito, sobre mãos e secreções, vale citar versos do poeta paraibano Augusto dos Anjos (1884-1914):

O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.

Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!

Indicação O agressor, que era tesoureiro do PSL numa cidade próxima a Sinop, foi expulso do partido. Questionado pela Imprensa local, xingou novamente a vítima de “vagabundo” e disse que cometeria o ataque mais uma vez.

É nóis, Queiroz!”
Nos cálculos do deputado estadual Queiroz Filho (PDT), há em Fortaleza mais de “5.100 taxistas, 1.500 mototaxistas e 7.800 motoristas de aplicativos” afetados pela crise do coronavírus. Não é conta política, como muitas que há por aí. Queiroz diz que são “pais e mães de famílias que tiveram seus ganhos reduzidos de maneira drástica”.

Prato…
O deputado encaminhou à Prefeitura ofício requerendo medidas de atenção às categorias. A gestão de Roberto Cláudio (PDT), de quem Queiroz Filho foi chefe de Gabinete, já anunciou a distribuição de cestas básicas aos trabalhadores e a suspensão da cobrança de taxas.

…Do dia
O prefeito de Aracati, Bismarck Maia (PTB), determinou às escolas municipais a manutenção da merenda aos alunos, mesmo com a suspensão das aulas presenciais. Faz sentido: nutrição é a forma mais eficiente de se combater doenças.

Na medida A Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal enviou ofício à Prefeitura de Fortaleza para que se adotem providências a respeito da situação das Casas Lar I e II, que abrigam 13 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. A cobrança teve base em denúncia remetida pela Defensoria Pública do Ceará ao Legislativo no último dia 30.

Outro endereço
A presidenta da Comissão, vereadora Larissa Gaspar (PT), destaca que a tarefa de atender demandas assim cabe ao Executivo não à Câmara Municipal. Ou seja, a Defensoria enviou a reclamação para o destinatário errado.

Dê um alô
Você pode fazer contato com o Portal InvestNE. Utilize o e-mail portalinvestne@gmail.com ou o número de WhatsApp +55 85 9638 5129.

Deixe uma resposta