A Coluna do Roberto Maciel (terça, 08.09): Instrumentos de vossa arte

Já dá para voltar aos palcos

Um barzinho...um violão - Notícias - Portal das Missões

Está autorizada a volta das atividades presenciais de músicos e humoristas no Ceará. Há aí não apenas o caráter do lazer e da cultura, mas o da economia. E, de forma muito destacada, o da saúde e o do respeito à vida. Desde ontem, as apresentações estão liberadas em municípios que se encontram na fase 4 do Plano de Retomada da Economia. Mantém-se uma série de protocolos sanitários definidos no decreto assinado pelo governador Camilo Santana (PT), o que tem sido uma praxe cautelosa. Somam-se, então, duas boas notícias para quem faz cultura. Primeiro, o reinício propriamente dito das movimentações profissionais – que estavam estagnadas desde março, num prejuízo ainda não estimado para artistas, produtores, técnicos, roadies e outros trabalhadores que prestam serviços numa cadeia produtiva das mais articuladas e necessárias. Depois, a assinatura pelo governador da sanção dos dispositivos que regulamentam em âmbito estadual a Lei Aldir Blanc – um conjunto de medidas que, para o Ceará prevê investimentos superiores a R$ 138 milhões no segmento cultural.

gaita | Britannica Escola

Em cifras
O Governo do Estado calcula que a Lei Aldir Blanc beneficiará diretamente 16 mil pessoas que trabalham com cultura no Ceará. Entre os editais, serão 736 projetos culturais apoiados e 2,5 mil pessoas atendidas em ações de formação. O dinheiro se divide entre R$ 71 milhões para o Estado e R$ 67 milhões para os municípios.

Lacunas
A medida pode até ajudar os profissionais a retomar carreiras, mas o certo é que persistem demandas intensas, largas e profundas a serem adotadas entre as políticas culturais do Ceará. A integração entre medidas do Estado e dos municípios é um dos pontos que exige costuras mais firmes.

Local
Há também novidade na Prefeitura de Fortaleza. É que o prefeito Roberto Cláudio (PDT) sancionou igualmente o projeto de lei que regulamenta a distribuição de recursos da Lei Aldir Blanc na cidade. Há aproximadamente R$ 17,8 milhões serão investidos no meio local.

Soma
A lei que regulamenta os recursos da Aldir Blanc foi aprovada no Legislativo de Fortaleza na última quarta-feira (02/09), incluindo editais expedidos pela Secretaria da Cultura de Fortaleza. Os documentos definem as disposições necessárias e detalham os procedimentos de inscrição, as comissões analisadoras específicas, os recursos administrativos cabíveis e os devidos prazos. O secretário Gilvan Paiva (foto abaixo) assumiu pessoalmente a tarefa de defender o texto no Paço e na Câmara.

Entrevista: Gilvan Paiva assume Secretaria da Cultura de Fortaleza -  Vermelho

Mais do mesmo
Não se espante com pirotecnias pré-eleitorais que possam conter a marca de “medida contra a corrupção”. É que ano de urna é danado para bizarrices do gênero. Com essa, apresentada em João Pessoa (PB) pelo vereador Leo Bezerra (Cidadania). Ele pôs para tramitar projeto de indicação que cria a “Política Municipal de Prevenção da Corrupção”.

Falta isso
O que o vereador não sabe, nem ninguém avisou a ele, é que já existe uma série de dispositivos rigorosos no Brasil que tratam justamente do combate a corrupção – coisas como “rachadinhas”, por exemplo, e como “funcionários fantasmas”. O que falta mesmo é rigor na aplicação dessas leis.

Tech
Leva as assinaturas da deputada Augusta Brito (PCdoB) e do deputado Queiroz Filho (PDT) projeto que estabelece que computadores, tablets, celulares e demais materiais ou equipamentos de informática apreendidos pelos órgãos públicos, autarquias e fundações estaduais deverão ser destinados a escolas públicas estaduais ou municipais no Ceará.

Disparidade

Os melhores tablets de 2019 (Black Friday)

Conforme Augusta, mesmo havendo programas comprometidos com a criação de laboratórios de informática em escolas da rede pública, muitos alunos ainda convivem com equipamentos ultrapassados ou sequer têm acesso a tal tecnologia. Enquanto escolas particulares avançam em novas práticas pedagógicas com o uso de computadores, celulares e tablets na sala de aula, o desafio nas públicas continua a ser relacionado com infraestrutura.

Exclusão
Fala da deputada: “Estando a sociedade em um momento no qual a falta de acesso às novas tecnologias significa também a exclusão social, computadores e equipamentos de informática apreendidos pelas delegacias de polícia do Estado teriam um melhor aproveitamento caso fossem primeiramente revertidas para a área da educação”.

Base
E sabe de um dado interessante? É que a proposta se baseia em experiência bem sucedida de estudantes da Faculdade de Tecnologia de São Paulo, que, por intermédio do Diretório Central, articularam a apresentação de um pedido às autoridades das instâncias jurídicas de doação de aparelhos apreendidos em investigações das polícias Civil e Militar, desde que não tivessem mais serventia para os processos criminais.

No YouTube
Eu e a jornalista Eveline Frota inauguramos um canal na plataforma Youtube, denominado Coluna da Hora. Estamos postando lá vídeos com análises, entrevistas e variedades. A estreia, que está no ar, contém entrevista com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). O segundo episódio, também disponível, foi com a jornalista cearense Caroline Ribeiro, hoje baseada em Lisboa (Portugal) O endereço, para você se inscrever e acionar a sinetinha de notificações, é esse.

Ao vivo
E sempre às terças e quintas-feiras estamos em lives no Instagram. Mantivemos nesse projeto a marca “Coluna da Hora” – em referência a um ponto histórico do Centro de Fortaleza, ao fato de começarmos pontualmente às 17 horas e, por último, ao tempo de uma hora exata que tem o nosso encontro com os internautas. Pode-se acessar e participar das lives da Coluna da Hora por meio dos perfis @evefrota ou @robertoamaciel. Hoje tem, por sinal.

Dê um alô
Faça contato a gente. O Portal InvestNE usa o e-mail portalinvestne@gmail.com. O número de WhatsApp é +55 85 99855 9789.

Deixe uma resposta