Saiba quais são as principais novidades do mercado de proteção veicular

A pandemia do novo coronavírus trouxe consequências importantes em diversos âmbitos sociais. No mercado de proteção veicular, a situação não foi diferente. Porém, o resultado final foi positivo, visto que algumas mudanças estratégicas possibilitaram a modernização de serviços e o crescimento de associações e empresas voltadas para a área.

“Com o início do isolamento social, o setor passou a investir intensamente em tecnologia. Essa atitude dinamizou a interação das organizações com os seus associados ou clientes e ainda impulsionou o desenvolvimento de ferramentas e plataformas que facilitaram a contratação, acompanhamento e execução da proteção veicular em tempos de pandemia”, afirma o empresário e diretor da Associação de Proteção Veicular Bem Protege, Gleidson Soares.

O empresário explica que tais mudanças foram essenciais para a superação das barreiras físicas impostas pelo isolamento social, e ainda ofereceram maior comodidade e praticidade para que seus associados pudessem usufruir de seus benefícios sem sair de suas residenciais.

“Agora, todos os procedimentos necessários para a contratação dos serviços de proteção veicular podem ser feitos de casa. A partir de fotos e um acompanhamento online, conseguimos realizar a vistoria e inspeção do veículo. Após a assinatura do contrato, o associado, por meio de um aplicativo, pode participar e ficar a par do andamento de todos os processos relacionados a proteção de seus veículos”, ressalta.

Segundo Gleidson, a disseminação do uso da tecnologia no mercado de proteção veicular proporcionou não só uma maior segurança e controle aos contratantes, como também simplificou métodos e abriu portas para a criação de novos serviços e benefícios. “A interação por meio de aplicativos, site e outros dispositivos e ambientes virtuais, permitiu que a comunicação e contato com os nossos associados se tornassem mais rápidos, assertivos e eficazes. Mesmo com os custos gerados pelo investimento em tecnologia, os resultados da adoção de práticas mais modernas e atuais se mostram ainda maiores”, aponta.

Deixe uma resposta