Pesquisa de juros: taxas caem em agosto; frente à Selic queda foi de 2%

Taxa de juros real: entenda o é essa taxa e como ela atua na economia

De acordo com a Pesquisa de Juros da Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), as taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser reduzidas em agosto de 2020. Para Miguel Ribeiro de Oliveira, diretor executivo responsável pelo estudo, isto está acontecendo por causa de uma série de fatores. Ele cita alguns:

* Redução da Taxa Básica de Juros (Selic) promovida pelo Banco Central em sua última reunião do Copom;

* Expectativa de novas reduções da Selic frente a um cenário de inflação baixa e recessão econômica;

* Redução dos depósitos compulsórios promovida pelo BC;

* Operações de crédito com juros baixos e aportes do governo para pagamento das folhas das empresas pequenas e médias;

* Renegociação de dívidas com juros menores;

* Redução de juros para não agravar ainda mais o quadro de inadimplência e solvência das empresas e pessoas físicas.

Para os próximos meses, a expectativa, na visão de Oliveira, ainda é de aumento, porque há possibilidade da piora do cenário econômico, o que deve impactar em maior risco de crédito e da elevação da inadimplência. Mas, sempre vale lembrar que o BC pode amenizar estas altas com a redução de impostos, compulsórios e reduções da Selic.

Confira a pesquisa da ANEFAC na íntegra, clique aqui.

Pessoa Física

Todas as linhas de crédito tiveram suas taxas de juros reduzidas no mês.

A taxa de juros média geral para pessoa física apresentou uma redução de  0,03  ponto percentual no mês (0,65 ponto percentual no ano) correspondente a uma redução de 0,53% no mês (0,70% em doze meses) passando a mesma de 5,62% ao mês (92,73% ao ano) em julho de 2020 para 5,59% ao mês (92,08% ao ano) em agosto de 2020 sendo esta a menor taxa de juros desde novembro de 2013.

Pessoa Jurídica

Todas as linhas de crédito pesquisadas tiveram suas taxas de juros reduzidas no mês.

A taxa de juros média geral para pessoa jurídica apresentou uma redução  de 0,04 ponto percentual no mês (0,66 ponto percentual no ano) correspondente a uma redução de 1,35% no mês (1,57% em doze meses) passando a mesma de 2,97% ao mês (42,08% ao ano) em julho de 2020 para 2,93% ao mês (41,42% ao ano) em agosto de 2020, sendo esta a menor taxa de juros da série histórica.

Taxa de juros x Selic

Considerando todas as elevações e reduções da taxa básica de juros (Selic) promovidas pelo Banco Central desde março de 2013, tivemos neste período (março de 2013 a agosto de 2020) uma redução da Selic de 5,50 pontos percentuais (redução de 72,41%) de 7,25% ao ano em abril de 2013 para 2,00% ao ano em agosto de 2020.

Neste período a taxa de juros média para pessoa física apresentou uma elevação de 4,11 pontos percentuais (elevação de 4,67%) de 87,97% ao ano em março de 2013 para 92,08% ao ano em agosto de 2020.

Nas operações de crédito para pessoa jurídica houve uma redução de 2,16 ponto percentual (redução de 4,96%) de 43,58% ao ano em março de 2013 para 41,42% ao ano em agosto de 2020.

Sobre a Anefac:

Criada há mais de 52 anos, a Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) reúne executivos e demais profissionais nas áreas financeira, administrativa e contábil para o intercâmbio de ideias, inovações e o compartilhamento das melhores práticas de mercado no Brasil. Tem como missão principal a promoção de um fórum dinâmico e permanente para gestores de negócios. Com sua extensa lista de eventos ao longo do ano, a entidade atende a uma das mais significativas demandas dos profissionais: a atualização para o novo cenário corporativo, muito mais veloz e competitivo. Por meio de sua diretoria e associados, a Anefac coloca em pauta os principais assuntos que movimentam os mercados de finanças, administração e contabilidade, antecipando as mudanças que movem o ambiente empresarial.  Produz e distribui conhecimento, também se articulando com importantes entidades do setor.

Deixe uma resposta