Entrevista online para uma vaga de emprego, e agora? Cinco dicas para os candidatos terem melhor desempenho

Atualmente, quem busca por trabalho deve também pensar em como se portar diante do novo método de recrutamento adotado por muitas corporações durante a pandemia do novo coronavírus: entrevista online. Os candidatos precisam se preparar para impressionar e convencer os profissionais de RH mesmo à distância. Por isso, Rogério Bragherolli, especialista e referência em empregabilidade no Brasil, listou cinco dicas fundamentais para se sair bem durante o processo seletivo virtual. São elas:  

Internet eficiente: certifique-se de que possui uma boa linha de internet ou busque por um local que proporcione este serviço durante a entrevista. O mínimo de eficiência tecnológica será fundamental para o candidato não perder a conexão com facilidade no meio da entrevista e ser prejudicado diante do recrutador. Então, uma linha de internet com boa conexão, imagem de qualidade e som apropriado são fundamentais. 

Estude e conheça as plataformas online disponíveis para entrevista: é necessário que se tenha o mínimo de conhecimento sobre softwares de imagem e som. Hoje, existem vários no mercado, como Skype, Teams, Google Meet, Zoom, entre outros. Ao agendar a entrevista e o recrutador indicar qual plataforma será utilizada, o candidato precisa entender como funciona. O ideal é baixar o software antes e fazer um teste de som e vídeo com alguém, para evitar surpresas negativas durante a entrevista. 

Ambiente apropriado: é importante estabelecer um local que seja silencioso, e alinhar com as pessoas que moram na mesma casa ou compartilham do ambiente onde será realizada a entrevista para que elas não interfiram quando estiver online com a empresa. As interrupções certamente prejudicarão o desempenho durante a conversa com o recrutador. 

Arrume-se: não é porque a entrevista acontece online que o candidato não precisa estar “aparentemente” preparado. Uma camisa ou vestido, por exemplo, apropriados para esse tipo de reunião são pré-requisitos imprescindíveis mesmo na entrevista virtual. Aqui, vale o bom senso e as regrinhas básicas de etiqueta: cabelo arrumado, barba feita, tudo como se fosse um encontro presencial.  

Nada de atenção paralela: não é permitido de jeito nenhum ficar olhando para o celular, se distrair com aplicativos ou outras interferências como alguma pessoa que esteja ao seu lado. Não esqueça, se trata de uma entrevista de emprego, e o candidato precisa focar no entrevistador. 

Bragherolli ressalta que, independentemente de ser virtual, o candidato precisa ter em mente que está sendo avaliado. “Estar atento a esses cuidados certamente fará diferença na seleção pela empresa e decisão”, lembra.  

Deixe uma resposta