Lei Geral de Proteção de Dados faz com que empresas invistam em consultorias e treinamentos

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) deve entrar em vigor dentro dos próximos dias depois que o Senado Federal aprovou o texto da MP retirando o artigo que tratava de tal postergação. As empresas estão tendo que se adaptar para se adequar. O Grupo Nexxera, principal gateway de transações financeiras e mercantis do país, já vem trabalhando nessa adequação desde agosto de 2019 e para isso lançou um Comitê Multidisciplinar. 

Desde o início da criação do comitê, a Nexxera conta com uma consultoria jurídica e foram desenvolvidas desde novas políticas de privacidade até ações de treinamento para seus colaboradores. Além disso foram revisados os seguintes tópicos: Mapeamento e definição de medidas para Dados; Definição de DPO e estrutura de Governança; Procedimentos de Gestão de Crise/Atendimento; Políticas de privacidade e proteção de dados; Acordo de Proteção de Dados – Fornecedores; Ajustes no sistema de telefonia e cadastro de visitantes; Tratamento de Dados Cadastrais e Acordo de Proteção de Dados – Colaboradores.

“Tem sido um projeto muito denso, importante e de grande impacto para nossas atividades. Somos uma empresa prestadora de serviço que é reconhecida pelo zelo com a segurança de dados e eles são a nossa maior preocupação” revela Thomas Ranzi, Coordenador de Segurança da Informação do Grupo Nexxera. 

O Comitê de Proteção de Dados (Data Protection Officer), conta com o Thomas Ranzi, o Gerente Jurídico Guilherme Heusi e a Diretora de Marketing Viviane Goulart, a escolha desses nomes foi feito para que a Nexxera não tenha apenas uma pessoa respondendo como DPO e sim três pessoas com diferentes frentes dentro da empresa para conduzir todas as demandas que possam surgir. 

Deixe uma resposta