Governo do Ceará entrega 4 mil armas e amplia indenização em quatro vezes para garantir operações policiais diárias

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), entregou na manhã desta sexta-feira (23) o último lote com 3.893 pistolas para a Polícia Militar. Com essas, já são 11.559 pistolas entregues aos policiais desde o ano de 2018, somando R$ 20.262.475,00 de investimento. A entrega ocorreu no Comando do Batalhão Especializado de Choque, inaugurado já na gestão de Camilo Santana. “Quando assumi o Governo do Estado assumi também o compromisso de que ainda em meu governo todo policial militar teria uma arma individual para seu trabalho diário. É um absurdo uma arma ser dividida durante o trabalho”, disse o governador.

Em 2017, o Governo do Ceará autorizou que fosse feita a primeira licitação internacional de armas de fogo. A vencedora foi a empresa SIG Sauer, que forneceu para as Polícias Militar e Civil pistolas do modelo P-320, nos calibres 9mm e ponto 40. Os equipamentos foram submetidos a severos testes de resistência e durabilidade para aceitação. “O Ceará é hoje o primeiro estado do Brasil a fazer aquisição internacional de armas para a polícia. A arma que é usada pelo Exército americano, uma das melhores que possam existir para o trabalho do policial. Com esse lote garantimos que todo policial no Ceará tenha uma arma individual para fazer o seu trabalho diário”.
Camilo Santana ressaltou que o Estado tem honrado o compromisso de garantir aos policiais tudo aquilo o que for necessário para o trabalho, fornecendo equipamentos modernos, concretizando promoções e ampliando ganhos. Um desses benefícios destacados pelo chefe do Executivo estadual foi a ampliação em quatro vezes da Indenização por Reforço ao Serviço Operacional (Irso), as horas extras dos policiais.

“Trabalho de policial é uma das funções mais árduas e difíceis, porque coloca a vida dele em risco para defender o povo cearense. Portanto, sempre terá o nosso reconhecimento. Autorizei recentemente o aumento da Irso, para que possamos reforçar as equipes de trabalho da polícia, tanto Militar quanto Civil. Quero a polícia nas ruas para combater o crime no Estado do Ceará”, apontou Camilo Santana. Também foi anunciado pelo governador a aquisição de novo fardamento para a Polícia Militar. “Estamos licitando mais esse investimento importante para a tropa”, adiantou.
ValorizaçãoO secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron, agradeceu pela valorização e investimento feito na área estratégica que é a segurança para o Ceará. “Aqui temos mais um ato concreto. A Polícia Militar cearense passa a ter uma pistola para cada integrante. Estamos falando de um armamento de ponta, usado pelo Exército americano e pelas principais polícias do mundo. Temos o que há de melhor”, afirmou Caron, também destacando que a missão mais difícil é a do policial. “Homens e mulheres que estão nas ruas diariamente combatendo o crime. Esse aumento em quatro vezes dos valores destinados à Irso nos proporcionará ganho operacional imenso com a intensificação das operações preventivas e ostensivas em Fortaleza e todo o Interior do Estado”.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Márcio Oliveira, classificou o sentimento da tropa como de gratidão por mais um compromisso cumprido, possibilitando a cada militar uma arma, não apenas durante o exercício de sua atividade. “Isso serve como um vetor a mais de segurança para o militar. É um marco. Mais do que o desejo é uma realização importante e uma necessidade do policial militar portar sua arma 24 horas”.

Deixe uma resposta