Redes privadas 5G suportam transformação digital corporativa

Com a onda de transformação digital, as companhias estão evoluindo rapidamente para se manter à frente das mudanças em seus setores de atuação. A 5G Americas, a associação setorial e a voz da 5G e LTE para as Américas, anunciou hoje a divulgação de um relatório chamado Tecnologias 5G em Redes Privadas, o que destaca o crescente papel das redes privadas na era 5G e as novas oportunidades empresariais que esse crescimento representa através da conectividade integrada, comunicações confiáveis e serviços otimizados.

As tecnologias 5G oferecem mais velocidade e largura de banda, menor latência, privacidade e outros benefícios que fomentam o desenvolvimento de novos aplicativos embasados nas tecnologias comprovadas das atuais redes privadas LTE. O relatório mostra porque as redes privadas 5G são apropriadas para vários grupos de aplicativos e apresenta arquiteturas específicas para a construção de vários tipos dessa espécie de rede. O relatório também analisa como os diferentes tipos de frequência (licenciada, não licenciada e compartilhada) podem ser usados para construir redes privadas.

Chris Pearson, Presidente da 5G Americas, disse, “A 5G continua propondo releases sucessivos dos padrões 3GPP acrescentando novos casos de uso e recursos para as redes privadas. Um exemplo seria o fatiamento de rede, que permite a criação rápida, segura e confiável de redes privadas 5G que podem, por sua vez, ser otimizadas para atender às necessidades de diferentes usuários e serviços dentro da mesma rede”.

relatório da 5G Americas foi produzido por uma equipe liderada pela Commscope e a Intel Coroporation e aborda os seguintes aspectos das redes privadas 5G:

  • Os requisitos e características de casos de uso para obter os maiores benefícios
  • O contexto emergente dos cenários de uso interno e externo, baseado em diferentes frequências e outros fatores
  • Uma visão geral dos modelos de implementação e os recursos e detalhes técnicos da arquitetura de rede
  • Os recursos tecnológicos da frequência compartilhada dos Citizens Broadband Radio Services (CBRS) 3,5 GHz
  • Aspectos de segurança corporativa e as tecnologias que suportam as redes privadas
  • Valor e modelagem econômico de redes privadas

Matt Melester, Vice-Presidente Sênior, Gabinete do CTO da CommScope, disse: “A inovação está criando uma visão inicial de como as redes privadas devem operar na era 5G. A liberação de todo tipo de frequência em praticamente todos os setores está criando muito valor para a 5G privada e comercial no espaço corporativo”.

O relatório Tecnologias 5G em Redes Privadas está disponível gratuitamente no site da 5G Americas. Um post no blog por Chris Pearson e slides de apresentação também estão disponíveis no site da 5G Americas.

Deixe uma resposta