Marketplace auxilia fornecedores a alavancar vendas no mercado B2B

O avanço da transformação digital promoveu mudanças em todos os setores, principalmente na forma como as empresas realizam negócios – com a pandemia, esse fenômeno foi acelerado e quem não acompanhar provavelmente será prejudicado. No caso do mercado B2B, os marketplaces trouxeram a mais alta tecnologia disponível para potencializar o comércio entre empresas e facilitar o processo de digitalização.

As plataformas de e-commerce B2B que contam com um marketplace disponibilizam aos compradores uma ampla comunidade de empresas fornecedoras de diferentes portes e segmentos. Desta forma, as empresas podem inserir em seus processos de compras novas fontes de fornecimento e, com isso, conquistar importantes resultados e aumentar suas parcerias de negócios. 

Por sua vez, o fornecedor com presença digital consegue pesquisar oportunidades e responder cotações públicas disponibilizadas pelos compradores. Se ele não tivesse a chance de participar de uma comunidade online, talvez, não fosse tão fácil conquistar grande visibilidade, nem mesmo se investisse para criar sua própria loja virtual.

“As empresas que optam por fazer parte de um marketplace não se preocupam em investir em infraestrutura e manutenção. Apenas contratam um plano, que varia de acordo com o grau de visibilidade, ou pagam por transação na plataforma”, destaca Fabrizio Tassitano, diretor de produtos do Mercado Eletrônico. 

A exposição em um canal digital é a maneira mais efetiva para conquistar novos clientes.O marketplace funciona como uma vitrine que aumenta as chances de um cliente encontrar empresas, e conhecer novos produtos e serviços. É importante que o fornecedor mantenha seu cadastro e palavras-chave sempre atualizados para ser facilmente encontrado na busca.

“Ao se colocar em um espaço digital, os fornecedores entram em contato com organizações que jamais teriam acesso. É uma ótima oportunidade de aumentar o portfólio de clientes, conquistar novas vendas, reduzir custos e realizar transações com transparência e segurança”, explica Fabrizio.

Isso cria uma rede de melhores negócios em todos os segmentos e portes, permitindo que um pequeno fornecedor consiga vender para grandes empresas, ao mesmo tempo em que os grandes descobrem oportunidades nunca exploradas.

Segundo Fabrizio, o espaço para quem quiser aproveitar as oportunidades da expansão existe, mas é preciso pensar estrategicamente em ações digitais que gerem volume e conversões, e contribuam ainda mais para o crescimento das vendas e compras online.

Deixe uma resposta