Professor da Universidade Regional do Cariri, no Ceará, é considerado um dos mais influentes do mundo por publicação científica

O professor da Universidade Regional do Cariri (Urca) Henrique Douglas Melo Coutinho, do Departamento de Química Biológica, foi listado como um dos 160 mil pesquisadores mais influentes do mundo e está entre os 2% principais pesquisadores da área de Química Medicinal e Biomolecular. Esse resultado foi divulgado após análise de 7 milhões de pesquisadores listados em bases de dados como a Web of Science e Scopus, pelo artigo open access publicado na Plos Biology (Updated science-wide author databases of standardized citation indicators; clique aqui para ler).

Publicações

Publicado anualmente, o banco de dados atualizado de cientistas traz dois rankings: um apresentando o impacto do pesquisador ao longo da carreira e outro para um único ano (2019). O Professor Henrique Dougas está nas duas listas, divulgadas em outubro, figurando na lista dos 3% mais influentes do mundo ao longo da carreira e entre os 2% mais influentes do mundo em 2019.

De acordo com o estudo, as métricas de citação são amplamente utilizadas e foi criado um banco de dados disponível ao público de quase 160 mil cientistas de ponta, que fornece informações padronizadas sobre citações, índice h, índice hm ajustado de coautoria, citações de artigos em diferentes posições de autoria e um indicador composto. Dados separados são mostrados para impacto ao longo da carreira e ano único.

“São fornecidas métricas com e sem autocitações e proporção de citações para artigos citados. Os cientistas são classificados em 22 campos científicos e 176 subcampos. Os percentis específicos de campo e subcampo também são fornecidos para todos os cientistas que publicaram pelo menos cinco artigos. Os dados ao longo da carreira são atualizados até o final de 2019”, explica o artigo da Plos Biology.

Deixe uma resposta