Home office produtivo: sete dicas para obter sucesso no trabalho em casa

Artigo de Thaísa Passos, gerente de marketing global da S.I.N. Implant System:

Home Office: 18 Dicas Para Você Trabalhar Melhor De Casa

O novo coronavírus impactou não apenas a economia e os negócios, mas também a forma de trabalhar. Desde o início da pandemia, empresas tiveram que agir rapidamente e a rotina teve que ser adaptada ao trabalho remoto. E ficou provado que o modelo veio para ficar! Algumas organizações, inclusive, já decretaram o home office como permanente, ou como parte de um esquema híbrido, que mescla o online com a jornada presencial.

Os desafios são evidentes. Isso porque as pessoas que até pouco tempo trabalhavam em escritórios e começaram a operar de suas casas estão sujeitas à indisciplina. Cuidados com os filhos, visitas de familiares, amigos, reforma no apartamento do vizinho, TV ligada e redes sociais são apenas algumas das distrações mais comuns. Com isso, cumprir metas e prazos pode se tornar mais difícil. Mas não é nem um pouco impossível. Como seres humanos, temos uma incrível capacidade de adaptação, sem falar da resiliência.

Virar a chave para o sucesso do home office significa desenvolver habilidades de autogestão. Vale destacar, contudo, que a base do autogerenciamento está em estimular suas competências mais humanas. Assim, você permanece em um mood positivo e proativo e evita a rotina repetitiva, grande vilã de quem trabalha sozinho. Separei algumas dicas valiosas para ajudar neste processo. Veja a seguir:

  • Estabeleça seu escritório. Veja bem: trabalhar em casa não tem nada a ver com “trabalhar em qualquer lugar da casa”. É importante ter um cantinho dedicado para isso. Ainda que seja apenas um jogo de mesa com cadeira, isso precisa ser designado. Além de minimizar distrações, ter os materiais de trabalho sempre no mesmo lugar ajuda a otimizar o tempo. Ambientes como o quarto e o sofá não são indicados, pois não oferecem as condições adequadas para a concentração nas tarefas. E não esqueça de levar em conta a postura correta, para evitar dores nos pés, coluna e problemas visuais. Algumas dicas de ergonomia: ajuste a cadeira em uma altura que permita que seus pés fiquem apoiados no chão e o monitor de modo que seus olhos possam ver toda a tela sem necessitar de movimentos bruscos da cabeça.
  • Defina tempos de pausa. Longos períodos na frente do computador prejudicam a saúde e impactam negativamente a produtividade. Intervalos regulares são necessários. Nesse quesito, o home office é uma maravilha: você pode tirar um cochilo reparador de vinte minutos na hora do almoço ou aproveitar para se exercitar. Existem aplicativos que ajudam a lembrar dessas pausas: faça uso deles! Assim você contribuirá para sua integridade física e mental.
  • Tenha uma lista de tarefas. No ambiente empresarial, a interação com os colegas ajuda a lembrar constantemente sobre as atividades que precisam ser realizadas. Já ao trabalhar sozinho em casa, juntamente com os passatempos domésticos, há um risco maior de esquecimento. Com uma lista diária de tarefas, a organização se torna eficiente e é mais fácil visualizar as prioridades.
  • Esteja conectado. Em tempos de isolamento social, a empatia deve ser ainda mais valorizada. A comunicação proativa e o fluxo de informações amenizam a sensação de trabalho isolado e distância dos colegas. É preciso criar conexões – essa é a chave para que a rotina em home office fique mais interessante. Que tal uma chamada de vídeo para mostrar seu espaço de trabalho para os colegas? Happy hours e cafés virtuais também ajudam na socialização. A união fará a força e a equipe ficará mais produtiva!
  • Cuide da alimentação. Pode ser muito tentador comer bobagens quando você está tendo um dia difícil no trabalho e sua cozinha está a apenas alguns segundos de distância…ou ainda, beliscar a toda hora…por isso, o ideal é ter à mão snacks saudáveis e nutritivos, que vão ajudar a otimizar a rotina.
  • Respeite sua jornada de trabalho. “Confundir” o que é horário de trabalho com o tempo destinado ao lazer é um problema comum no novo modelo. Lembre-se: home office precisa ter horário para começar e encerrar. Assim como a jornada profissional deve ser cumprida, é igualmente importante respeitar o tempo que você reservou para si mesmo.
  • Dê o melhor de si. Se uma tarefa lhe foi atribuída e você não está indo bem, pense no que pode fazer para entregar resultados melhores. Há alguém com quem poderia trocar ideias? Algum app para facilitar a atividade? Lembre-se: no home office, você precisa praticar a habilidade de ser seu próprio gestor e levar ainda mais a sério o comprometimento diariamente.

Deixe uma resposta