Em temporada de programas de trainee e estágio, ADP dá dicas para entrevistas online

Apesar do momento conturbado gerado pela pandemia, as empresas continuam em busca de talentos que possam agregar diferenciais capazes de trazer novos olhares e propostas para seus negócios. E, dentro do cenário atual, a tendência é que procedimentos que demandam a presença física das pessoas, como uma entrevista de emprego, continuem a ser realizados de forma remota. E, diante dessa realidade, é muito importante que os jovens estejam preparados e tranquilos para o momento das entrevistas, sabendo que todo o processo ganhou maior dinamismo e, também, proximidade com os recrutadores para um feedback mais rápido e assertivo. Para isso, a gerente sênior de Recursos Humanos da companhia ADP, Ana Carolina Oliveira, dá algumas dicas aos candidatos. 

O primeiro ponto destacado pela executiva é a tranquilidade, necessária tanto para falar com a empresa quanto para o ambiente ao redor. “Apesar das inseguranças e receios que uma avaliação pode causar, é importante que os jovens mantenham a calma e, neste contexto, o ambiente colabora muito. O lugar precisa ser silencioso, ventilado e sem distrações”, comenta Ana Carolina. 

Em uma entrevista on-line, garantir que todos os equipamentos e computadores estejam em funcionamento, bem como certificar-se de uma boa conexão com a internet, são de fundamental importância. A executiva destaca que ”a tecnologia, neste momento, passa a ser uma grande aliada para que o candidato consiga, sem preocupações adicionais, passar suas ideias e trazer um pouco mais de seu histórico e objetivos. E, embora os equipamentos falem mais alto neste momento, é muito importante papel e caneta em mãos, tanto para as anotações de direcionamentos passados pelo recrutador, quanto para não deixar que as boas ideias ou assuntos importantes se percam no transcorrer da conversa”.

Durante a entrevista, os recrutadores costumam fazer perguntas relacionadas a trabalhos anteriores e projetos desenvolvidos, conhecimentos técnicos, autoconhecimento, liderança, relacionamento interpessoal, méritos e objetivos profissionais e perfil, a fim de detectar os pontos fortes e os que ainda necessitam de aprimoramento. “Antes da entrevista, prepare uma lista com os principais tópicos relacionados a estes assuntos. O tempo de conversa com um candidato pode variar de uma empresa para outra, mas é importante que o candidato mostre objetividade e segurança, destacando o que é realmente relevante para a vaga almejada”, explica Ana Carolina, que acrescenta a necessidade de se estudar a companhia para qual está se candidatando, conhecer sua missão e, principalmente seus valores, de forma que o candidato sinta-se confortável para tecer comentários e mostrar identidade com o negócio. 

“Anuais ou semestrais, dependendo da empresa e da área demandante, os programas de estágio e trainee são, muitas vezes, um caminho importante e valioso para quem busca uma oportunidade de trabalhar em grandes companhias. É um começo profissional extremamente rico, pois agrega conhecimento, treinamento, acompanhamento e coaching que são fundamentais para o desenvolvimento dos futuros líderes”, finaliza a gerente sênior de Recursos Humanos da ADP. 

Deixe uma resposta